Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.350, de 27/05/2011

O Princípio Responsabilidade de Hahs Jonas e Consumo Consciente, artigo de Roberto Naime e Haide Maria Hupffer Breves comentários sobre Economia Ecológica, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira A rebelião d@s indignad@s. Notas desde a Praça Tahir de Barcelona, por Josep Maria Antentas e Esther Vivas PA: Ato reuniu mais de 5 mil pessoas em protesto de movimentos sociais em razão da execução de casal de extrativistas Atlas dos Remanescentes

O Princípio Responsabilidade de Hahs Jonas e Consumo Consciente, artigo de Roberto Naime e Haide Maria Hupfer

[EcoDebate] A civilização é um caminho sem volta para a humanidade. Poderia se discutir longamente a caminhada da humanidade desde o inicío da epopéia civilizatória até os contratualistas que começam com o exemplo mais evidenciado de Thomas Hobbes no seu “Leviatã” e praticamente não mais terminam. A sociedade moderna está sempre discutindo aprimoramentos contratualísticos e ninguém em sã consciência pensa em alterar esta fase do ciclo civilizatório, senão se pensa apenas

Breves comentários sobre Economia Ecológica, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

[EcoDebate] À medida que o meio ambiente apresenta evidentes sinais de estar enfraquecido em face da agressão patrocinada pela expansão econômica sem freios, abre-se perspectiva de maior inserção dos preceitos que emolduram a Economia Ecológica. Mas, o que significa Economia Ecológica? Economia Ecológica (EE) é uma compreensão de que o sistema econômico “gira” (ou funciona) em torno do mundo biofísico de onde saem matérias-primas e energia. Essencialmente, a (EE) busca nas

A rebelião d@s indignad@s. Notas desde a Praça Tahir de Barcelona, por Josep Maria Antentas e Esther Vivas

[EcoDebate] Já não há duvidas. O vento que eletrizou o mundo árabe nos últimos meses, o espírito dos protestos reiterados na Grécia, das lutas estudantis na Grã Bretanha e Itália, das mobilizações anti-Sarkozy na França... chegou ao Estado Espanhol. Não são estes, pois, dias de busines as usual. As confortáveis rotinas mercantis de nossa "democracia de mercado" e seus rituais eleitorais e midiáticos se viram abruptamente alteradas pela irupção imprevista nas

PA: Ato reuniu mais de 5 mil pessoas em protesto de movimentos sociais em razão da execução de casal de extrativistas

Um protesto que reuniu mais de 5 mil pessoas marcou ontem (26) o enterro dos extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, em Marabá, no Pará. O casal foi executado a tiros na última terça-feira (24), no sudeste do estado. Às 5h, militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e de outras entidades ligadas à luta na área rural bloquearam uma ponte sobre o

Atlas dos Remanescentes Florestais: A Mata Atlântica perdeu 311,95 Km2 de sua cobertura entre 2008 e 2010

A Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgaram nesta quinta-feira (26/5), véspera do Dia Nacional da Mata Atlântica, dados do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica com a situação de 16 dos 17 estados, entre 2008 e 2010. Minas Gerais, Bahia, Santa Catarina e Paraná foram os que mais desmataram no período. Da área total do bioma Mata

MPF e MP/RO movem ação civil pública para combater queimadas

Ibama, ICMBio, governo de Rondônia e os 52 municípios devem atuar para evitar queimadas Os Ministérios Públicos Federal e do Estado de Rondônia ingressaram com uma ação civil pública com o intuito de evitar as queimadas neste ano. O pedido à Justiça Federal é para obrigar o Instituo Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes (ICMBio) a monitorem e fiscalizem as queimadas

Maioria das obras preparatórias à Belo Monte ainda não foi realizada

Relatório do consórcio responsável pela usina mostra que sequer saiu do papel grande parte das providências exigidas pelo Ibama; MPF/PA recomenda à comissão de licenciamento do Ibama que licença não seja expedida sem o cumprimento dessas providências A maioria das obras obrigatórias para reduzir impactos sociais e ambientais decorrentes da construção da hidrelétrica de Belo Monte não está finalizada ou sequer saiu do papel, aponta relatório

MPF faz novo alerta para que Ibama não licencie Belo Monte enquanto condicionantes não forem cumpridas

O Ministério Público Federal no Pará (MPF-PA) voltou a alertar o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para que não emita a licença de instalação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), até que o consórcio responsável pela obra cumpra as condicionantes para reduzir os impactos sociais e ambientais da construção. Os procuradores tomaram como base um relatório do próprio consórcio, Norte

Esclarecimento sobre recomendações do MPF sobre licenciamento de Belo Monte

A recomendação é um instrumento previsto em lei usado pelo MPF para alertar autoridades públicas e particulares sobre irregularidades detectadas 1. Belo Monte é um projeto que apresenta inconsistências técnicas desde antes dos Estudos de Impactos Ambientais e que vai consumir mais de R$ 30 bilhões de dinheiro público, com gravíssimos problemas sociais, ambientais e financeiros apontados por cientistas e pelos atingidos. Nesse cenário, é normal que a atuação do MPF

RO: Laudos constatam enorme degradação causada por mineradoras no Parque Nacional Mapinguari

O Ministério Público Federal em Rondônia (MPF/RO) recomendou a suspensão imediata de pesquisa e lavra de minerais dentro e no entorno do Parque Nacional Mapinguari, antigas estações ecológicas Mujica Nava e Três Irmãos. A recomendação é para que o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) suspenda as autorizações emitidas para a Mineração Xacriabá e Cooperativa dos Garimpeiros de Mutum Paraná (Coogampa). A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sedam) também deve suspender

MPF/MG investiga presença de substâncias cancerígenas em esmaltes

Associação ProTeste encontrou, em esmaltes de cor branca, níveis acima dos admitidos na Comunidade Europeia O Ministério Público Federal em Minas Gerais (MPF/MG) instaurou inquérito civil público para investigar denúncia sobre a presença de substâncias cancerígenas em esmaltes de cor branca comercializados no Brasil. Segundo a Associação de Consumidores Pro Teste, os esmaltes contêm, em sua fórmula, as substâncias Toluene e Furfural, bem como dibutyl phtalat e 2-Nitroluene, em níveis acima dos

Top