Índice da edição de 19/02/2009

ONU alerta para a necessidade de uma nova economia verde Nota da CPT sobre fechamento da Escola Itinerante do MST, no acampamento Oziel Alves Conflito no Sertão da Bahia: Solidariedade com as comunidades de Areia Grande BNDES aprova financiamento de R$ 7,2 bilhões para usina no rio Madeira Adubação verde ajuda agricultores do Polo de Orgânicos de Pernambuco Usar menos os automóveis e substituir a frota por veículos híbridos ajudaria a reduzir os níveis de

ONU alerta para a necessidade de uma nova economia verde

[Henrique Cortez, do EcoDebate] Um novo relatório da ONU ['The environmental food crisis: Environments role in averting future food crises'] foca na busca de soluções globais em matéria ambiental, financeira e alimentar através do conceito de uma economia verde. O relatório destaca que mais da metade dos alimentos produzidos globalmente são 'perdidos' ou descartados, como resultado da ineficiência e do desperdício na cadeia produtiva. 10136

Nota da CPT sobre fechamento da Escola Itinerante do MST, no acampamento Oziel Alves

Terrorismo cultural no Rio Grande do Sul: fechamento de escolas em Acampamentos A Coordenação Nacional da CPT vem a público manifestar sua inconformidade e indignação contra a determinação do Ministério Público Estadual e do Governo do Rio Grande do Sul de fechamento da Escola Itinerante do MST, no acampamento Oziel Alves, município de Sarandi, que atendia 130 crianças. A medida nefasta, a primeira entre outras que se seguirão, é um verdadeiro

Conflito no Sertão da Bahia: Solidariedade com as comunidades de Areia Grande

A ONG Alemã Rettet den Regenwald (www.salveaselva.org) se solidariza com as comunidades de Fundo de Pasto de Areia Grande, em Casa Nova, no sertão da Bahia e contra a grilagem e o abuso das terras para a produção de biodiesel. Numa carta à imprensa alemã, a ONG informou sobre a luta das comunidades de Areia Grande contra a grilagem das suas terras e contra projetos de biocombustíveis e também sobre o

BNDES aprova financiamento de R$ 7,2 bilhões para usina no rio Madeira

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social aprovou hoje a maior operação de sua história para um projeto individual. A Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, receberá financiamento de R$ 7,2 bilhões Um financiamento de R$ 7,2 bilhões para a construção da Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, foi aprovado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O anúncio foi feito ontem (18)

Adubação verde ajuda agricultores do Polo de Orgânicos de Pernambuco

Plantação orgânica, no Polo de Orgânicos de Pernambuco Sem agrotóxicos, agricultores recebem orientações para fortalecerem suas plantações A adubação verde, prática milenar pouco explorada nas plantações devido a concorrência das grandes empresas que produzem agrotóxicos, é uma das alternativas utilizadas no Polo de Orgânicos de Pernambuco. Desde o ano passado o Ministério de Agricultura e Pecuária (MAPA) disponibiliza para os agricultores cadastrados no projeto, sementes de espécies como Crotalária, Mucuna Preta, Feijão

Usar menos os automóveis e substituir a frota por veículos híbridos ajudaria a reduzir os níveis de CO2 em 2050 para os de 2000, aponta estudo

A adoção de veículos híbridos combinada com o “crescimento inteligente” pode reduzir significativamente os níveis de emissão de dióxido de carbono, aponta um estudo feito na Universidade de Tecnologia da Geórgia (Georgia Tech), nos Estados Unidos. Por crescimento inteligente os autores apontam cenários em que, por exemplo, os habitantes de uma cidade não precisem gastar tanto tempo – e combustível – no trânsito para se deslocar de casa para o trabalho.

‘A poluição que a criação intensiva de gado causa na água e no ar é muito mais importante do que o aumento do efeito estufa’. Entrevista especial com Luiz Antônio Martinelli

O pesquisador Luiz Antônio Martinelli, em entrevista concedida por telefone ao sítio do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, afirma que para a sociedade brasileira a transformação de certas regiões da floresta amazônica em pastagens não é benéfica. Entretanto, considera, esse sistema não tem como ficar intocado. Segundo ele, “acontecem perdas em vários sentidos quando se retira uma floresta para em seu lugar colocar uma pastagem. A primeira das perdas é

Governador de Rondônia exonera o comandante do Batalhão Militar Ambiental e proíbe a polícia ambiental de lavrar novos autos de infração

Um ataque à fiscalização ambiental - Dez dias depois de uma operação que apreendeu 11 mil metros cúbicos de madeira ilegal em Rondônia, o governador Ivo Cassol exonerou o comandante do Batalhão Militar Ambiental, Josenildo Nascimento. Cassol não parou por aí. Também editou um decreto que simplesmente proíbe a polícia ambiental de lavrar novos autos de infração. Organizações de proteção do meio ambiente acusam o governador de estar se vingando

ONU diz que o desmatamento na Amazônia provocou a extinção de 26 espécies de animais e plantas até 2006 e ameaça outras 644

Desmatamento chega a área equivalente a da Venezuela O desmatamento da Amazônia provocou a extinção de 26 espécies de animais e plantas até 2006, segundo um relatório divulgado nesta quarta-feira pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). No mesmo período, outras 644 espécies entraram na lista de animais e plantas ameaçados de extinção. Das 26 espécies extintas, dez estão na parte brasileira da floresta amazônica. Entre as espécies ameaçadas

Pesquisa conclui que o desmatamento já reduz as chuvas na Amazônia

Desmate faz nuvem 'seca' proliferar na Amazônia - Um estudo que monitorou os tipos de nuvens que cobrem a floresta amazônica mostra que o desmatamento parece estar causando tanto alterações na terra quanto no céu. Usando imagens de satélites e dados obtidos por balões meteorológicos, cientistas brasileiros e norte-americanos comprovaram a teoria de que a derrubada de árvores favorece a formação de nuvens "rasas", em contraposição a nuvens "profundas", mais

Estudo do INPE mostra 19,4% da área devastada da Amazônia em regeneração

A expectativa de vida dessas novas florestas, porém, é curta - cerca de cinco anos, até serem derrubadas novamente 20% da área devastada da Amazônia tem floresta em fase de regeneração - Dados preliminares de estudo inédito do Inpe/Embrapa apontam o que ocorre nos 700 mil km2 já desmatados Pela primeira vez desde que começou a monitorar o desmatamento da Amazônia, em 1988, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) vai "tirar

Top