Poluição do ar aumenta casos de emergência por doenças cardíacas e pulmonares

  Poluição do ar aumenta casos de emergência por doenças cardíacas e pulmonares A poluição do ar é uma grande ameaça à saúde em todo o mundo Novas pesquisas do CHHS descobriram que a exposição a certos poluentes do ar está ligada ao aumento das consultas do departamento de emergência (DE) para doenças respiratórias e cardiovasculares. Por Jiaxi Zhang*     A Dra. Jenna Krall liderou a pesquisa com colegas da Emory University, do Georgia Institute of

Pesquisa documenta os efeitos rápidos das mudanças climáticas nas plantas e seus ecossistemas

  Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu que as mudanças climáticas estão alterando drasticamente as comunidades de plantas terrestres e seus ecossistemas, em um ritmo tão rápido que ter uma linha de base estável para realizar experimentos está se tornando cada vez mais difícil.     Villanova University* Em um artigo intitulado “Ambient changes exceed treatment effects on plant species abundance in global change experiments”, publicado recentemente na revista Global Change Biology , o autor

Podemos limitar o aquecimento global a 1,5 ° C?

  Os esforços para combater o aquecimento global e as alterações climáticas tendem a concentrar-se nas mudanças do lado da oferta, como a mudança para energias renováveis ou mais limpas. Lund University* Em uma edição especial na revista Energy Efficiency, que segue o Special Report on Global Warming of 1.5 degrees C do IPCC, os pesquisadores argumentam que as abordagens de demanda podem desempenhar um papel crucial, dado o objetivo de aspiração delineado

Aquecimento Global: Estresse térmico reduzirá a produtividade no trabalho

  Aquecimento Global: Estresse térmico reduzirá a produtividade no trabalho O estresse térmico afeta a saúde dos trabalhadores e reduz a produtividade do trabalho, alterando o ambiente de trabalho ambiental, levando a perdas econômicas. Institute of Atmospheric Physics, Chinese Academy of Sciences* Quantificar o impacto do estresse térmico na produtividade do trabalho continua sendo um problema para a pesquisa científica e a formulação de políticas. Nos últimos anos, pesquisas baseadas em estudos de ciências sociais

Estudo revela que a disponibilidade de nitrogênio para as plantas está diminuindo com o aquecimento do clima

  Disponibilidade de nitrogênio - A maioria dos ecossistemas terrestres, como florestas e terras que não foram tratadas com fertilizantes, estão se tornando mais oligotróficos University of Maryland Center for Environmental Science*     Pesquisadores descobriram que as mudanças globais, incluindo o aquecimento das temperaturas e aumento dos níveis de dióxido de carbono na atmosfera, estão causando uma diminuição na disponibilidade de um nutriente fundamental para as plantas terrestres. Isso pode afetar a capacidade das

Quantificar os impactos evolutivos dos humanos na biosfera é mais difícil do que parece

  Nova pesquisa levanta problemas metodológicos na avaliação dos impactos do homem na evolução McGill University*     Os distúrbios humanos no ambiente estão provocando mudanças evolutivas em animais e plantas? Um novo estudo conduzido por pesquisadores da McGill descobriu que, em média, os distúrbios humanos não parecem acelerar o processo de seleção natural. Embora a descoberta possa parecer reconfortante, esse padrão inesperado pode refletir o número limitado de espécies para as quais há dados

Nível global do mar pode subir 15 metros em 2300, diz estudo

  Caracterizar o que é conhecido e o que é incerto é fundamental para o gerenciamento do risco costeiro Por Todd Bates**, Rutgers, The State University of New Jersey     A média global do nível do mar pode subir cerca de 2,5 metros até 2100 e 15 metros até 2300 se as emissões de gases do efeito estufa continuarem altas e a humanidade se mostrar inerte, de acordo com uma revisão das projeções feitas

Emissões de carbono de incêndios florestais na Amazônia são até 4 vezes piores do que se estimava

  As perdas de carbono causadas pelos incêndios florestais de El Niño de 2015 e 2016 poderiam ser até quatro vezes maiores do que se pensava, de acordo com um estudo de 6,5 milhões de hectares de floresta na Amazônia brasileira.     Lancaster University* Nova pesquisa, publicada em uma edição especial da revista Philosophical Transactions da Royal Society B , revelou que as consequências dos incêndios florestais de 2015 e 2016 na Amazônia resultaram

O aquecimento global aumenta o potencial devastador dos incêndios florestais na Europa Mediterrânea

  Cientistas da Universidade de Barcelona conduziram um estudo que mostra que o aquecimento global aumentará a extensão de áreas queimadas por incêndios florestais na Europa Mediterrânea. Universitat de Barcelona* Um estudo internacional publicado na revista Nature Communications , dirigido por pesquisadores da Universidade de Barcelona (UB), mostra que o aquecimento antropogênico aumentará a extensão da área queimada por incêndios na Europa Mediterrânea, e que esse crescimento pode ser reduzido se o O

Área afetada pela elevação do nível do mar no Havaí pode ser o dobro do previsto

  Universidade do Havaí em Manoa * Por incluir modelos de processos físicos dinâmicos, tais como erosão e arrebentação das ondas, uma equipe de pesquisadores da Universidade do Havaí em Manoa e o Departamento de Terra e Recursos Naturais determinaram que as áreas de terra do Havaí vulneráveis a futuras elevações do nível do mar podem ser o dobro do que havia sido anteriormente estimado. O estudo foi publicado em 27 de

As perdas econômicas causadas pela seca na China podem dobrar, com o aquecimento global

  As perdas econômicas causadas pela seca na China podem dobrar, se a temperatura global subir 1,5°C para 2,0°C acima dos níveis pré-industriais, com o aumento da intensidade da seca e da expansão de áreas áridas na China. E o que indica um novo estudo de avaliação econômica realizado por cientistas chineses.     O estudo, baseado em 30 anos de estatísticas de perda de 31 províncias e cidades ,desde 1986, identifica a intensidade,

Manguezais da Amazônia armazenam duas vezes mais carbono por hectare que a floresta tropical da região

  Os cientistas determinaram, pela primeira vez que, os mangues costeiros da Amazônia, crescentemente desmatados para pastos de gado e produção de de camarões, armazenam significativamente mais carbono por hectare do que a famosa floresta tropical da região. Por Chris Branam*     O estudo de longo prazo, publicado recentemente na revista Biology Letters, fornece uma melhor compreensão de como o desmatamento de manguezais contribui para o efeito estufa, uma das principais causas do aquecimento

Acidificação do oceano pode reduzir a pesca de vieiras

  Acidificação do oceano pode reduzir a pesca de vieiras Todos os anos, os pescadores colhem mais de US $ 500 milhões em vieiras do Atlântico, a partir das águas da costa leste dos Estados Unidos. Um novo modelo criado por cientistas da Instituição Oceanográfica Woods Hole (WHOI), no entanto, prevê que essas pescarias possam estar potencialmente em perigo. À medida que os níveis de dióxido de carbono aumentam na atmosfera da Terra,

Descongelamento do permafrost pode liberar mais CO2 do que se pensava anteriormente, sugere estudo

  Descongelamento do permafrost pode liberar mais CO2 do que se pensava anteriormente, sugere estudo Novas pesquisas de ecologistas da University of Alberta mostram que o intemperismo de minerais pode ser um contribuinte significativo para a mudança climática do Ártico.     Por Katie Willis, University of Alberta* A quantidade de dióxido de carbono liberado pelo derretimento do permafrost pode ser maior do que se pensava por causa de um processo chamado de intemperismo mineral, de

Metas climáticas do acordo de Paris podem ser superadas antes do esperado

    International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA)* Um novo estudo, pela primeira vez, considerou de forma abrangente a liberação de carbono do permafrost ao estimar os orçamentos de emissão para as metas climáticas. Os resultados mostram que o mundo pode estar mais perto de exceder o orçamento para a meta de longo prazo do acordo climático de Paris do que se pensava anteriormente. Os orçamentos de emissões representam o limite superior das

Em opressão de classe, pesquisa militante! artigo de Gilvander Moreira

Em opressão de classe, pesquisa militante! Por Gilvander Moreira1 Não podemos confundir pesquisa participante com pesquisa-ação. Há distinção entre elas. “Existem diversos tipos de pesquisa participante e diversos tipos de pesquisa-ação. Uma clara distinção é necessária. A pesquisa-ação é uma forma de pesquisa participante, mas nem todas as pesquisas participantes são pesquisa-ação. [...] A pesquisa-ação não é apenas uma pesquisa participante, é um tipo de pesquisa centrada na questão do agir” (THIOLLENT,

Mudar para uma dieta saudável não é apenas bom para nós, mas também poupa muita água doce

  Mudar para uma dieta saudável não é apenas bom para nós, mas também poupa muita água doce Pegada hídrica de diferentes dietas dentro de entidades geográficas subnacionais europeias Mudar para uma dieta saudável não é apenas bom para nós, mas também poupa muita água doce preciosa, de acordo com um estudo do CCI publicado na Nature Sustainability. The Joint Research Centre (JRC)* Em comparação com as dietas existentes, a água necessária para produzir nossos

Degelo do permafrost aumenta as emissões de gases estufa dos rios da Sibéria

  Degelo do permafrost aumenta as emissões de gases estufa dos rios da Sibéria Solos de permafrost armazenam grandes quantidades de carbono congelado e desempenham um papel importante na regulação do clima da Terra. Em um estudo publicado na Nature Geoscience, pesquisadores da Umeå University, Suécia, em colaboração com uma equipe internacional, agora mostram que as emissões de gases do efeito estufa do rio estão aumentando em áreas onde o permafrost siberiano está

Turbinas eólicas poderiam cobrir 40% do consumo atual de eletricidade na Alemanha

    Turbinas eólicas poderiam cobrir 40% do consumo atual de eletricidade na Alemanha A energia eólica é um pilar importante na recuperação da política energética da Alemanha. Universität Freiburg* De acordo com o governo alemão, o recurso deve cobrir 65% das necessidades de eletricidade da Alemanha até 2030, juntamente com a energia solar, hidroelétrica e biomassa. Em um estudo recente, o Dr. Christopher Jung e o Dr. Dirk Schindlerda Universidade de Friburgo mostram que

Perdas de safra devido a insetos podem quase dobrar na Europa devido ao clima cada vez mais quente

    University of Colorado Boulder* A produção de trigo, milho e arroz (particularmente em climas do norte) deve cair à medida que os insetos em regiões temperadas prosperam em um clima mais quente, mostrou uma nova pesquisa. O estudo, publicado na revista Science, aumenta os modelos de populações de insetos e suas taxas metabólicas em um mundo mais quente. Projeta um aumento de 50% a 100% nas perdas de safras induzidas por pragas

Top