Índice da edição nº 2.931, 2018 [de 28/02/2018]

    Homens pioneiros do feminismo e da luta pela equidade de gênero, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Crises hídricas: A corda arrebenta para todos, artigo de Maurício Dziedzic Estudo indica que energias solar e eólica poderiam atender 80% da demanda de eletricidade dos EUA Revisão de estudos revela que árvores de florestas tropicais úmidas estão morrendo mais rápido Código Florestal no STF: achismos não têm espaço em conclusões científicas (carta

Homens pioneiros do feminismo e da luta pela equidade de gênero, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Tudo o que os homens escreveram sobre as mulheres deve ser suspeito, pois eles são, a um tempo, juiz e parte” François Poullain de la Barre (1647-1725) Ou nenhum indivíduo da espécie humana tem verdadeiros direitos, ou todos têm os mesmos; e aquele que vota contra os direitos do outro, seja qual for a sua religião, cor ou sexo, desde logo abjurou o seu próprio. Marquês de Condorcet (1743-1794) “O grau de

Crises hídricas: A corda arrebenta para todos, artigo de Maurício Dziedzic

    [EcoDebate] Ao pensar na África, geralmente formamos imagens com exuberância de recursos naturais. Falta de água nos remeteria aos desertos daquele continente, especialmente o Saara, no Norte. No Sul, ficam os desertos do Kalahari e da Namíbia. De resto, não se imaginaria escassez hídrica. Todavia, no extremo sul, a Cidade do Cabo, capital legislativa da África do Sul, está vivendo uma das piores crises hídricas urbanas que se tem notícia

Estudo indica que energias solar e eólica poderiam atender 80% da demanda de eletricidade dos EUA

    UNIVERSITY OF CALIFORNIA - IRVINE* Os Estados Unidos poderiam satisfazer com confiança cerca de 80% de sua demanda de eletricidade com geração de energia solar e eólica, de acordo com cientistas da Universidade da Califórnia, Irvine; o Instituto de Tecnologia da Califórnia; e a Carnegie Institution for Science. No entanto, atender a 100 por cento da demanda de eletricidade com energia solar e eólica precisaria armazenar várias semanas de energia elétrica para

Revisão de estudos revela que árvores de florestas tropicais úmidas estão morrendo mais rápido

    Por Cristina Amorim, do IPAM Como se o desmatamento já não fosse suficientemente ruim, uma série de outras ameaças mata num ritmo cada vez mais intenso as árvores da Amazônia e de outras florestas tropicais úmidas da Terra. Uma revisão de artigos científicos feita por especialistas no tema, incluindo o pesquisador brasileiro Paulo Brando, do IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), indica que a taxa de mortalidade dessas árvores mostra sinais

Código Florestal no STF: achismos não têm espaço em conclusões científicas (carta do GT do Código Florestal da SBPC e ABC)

    Jornal da Ciência / SBPC, Edição 5844 Em carta, o GT do Código Florestal da SBPC e ABC classifica como esdrúxula a declaração do ministro Gilmar Mendes, que, em seu voto no julgamento das Adins no STF, declarou que as posições da comunidade científica contrárias à redução de APPs não passavam de “mero achismo”. Corte decide hoje sobre as quatro Ações de Inconstitucionalidade O Grupo de Trabalho do Código Florestal (GTCF), instituído

ONU defende soluções para problemas hídricos baseadas na natureza

  Lembrado anualmente pela ONU em 22 de março, o Dia Mundial da Água teve como tema, em 2018, o uso de soluções baseadas no meio ambiente para resolver problemas hídricos. Essas estratégias focam na gestão de vegetações, solos, mangues, pântanos, rios e lagos, que podem ser utilizados por suas capacidades naturais para o armazenamento e limpeza da água. Lembrado anualmente pela ONU em 22 de março, o Dia Mundial da Água

Estudos mostram que a amamentação reduz o risco de diabetes e de hipertensão

    Sabemos há muito tempo que a amamentação acarreta em muitos benefícios tanto para mães, como para bebês.  No entanto, as evidências anteriores mostraram apenas efeitos fracos sobre doenças crônicas em mulheres Em um estudo (1) nacional de longo prazo, publicado no JAMA Internal Medicine, o aleitamento materno, por seis meses ou mais, reduziu o risco de desenvolver diabetes tipo 2 quase que pela metade para as mulheres, ao longo de seus

Índice da edição nº 2.930, 2018 [de 27/02/2018]

    Agroecologia urbana, artigo de Roberto Naime Exército: das favelas de Canudos para as favelas do Rio, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Ibama pode embargar atividades da mineradora Hydro Alunorte, por vazamento de resíduos em Barcarena (PA) Agroecologia e capacidade de uso das terras tem relação direta Como perceber se uma criança está sofrendo bullying   [CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à

Agroecologia urbana, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] SOUZA-OLIVEIRA e PEREZ JR (2015) avaliaram as possibilidades de realização da agroecologia urbana. Os resultados obtidos demonstram que é possível obter produtos ainda que em espaços reduzidos em áreas urbanas. A experiência mostrou a eficácia tanto no modelo agroflorestal quanto na horta em espiral. O estabelecimento da Agroecologia como protagonista de novo paradigma, tem despertado um público preocupado com as questões ambientais e também grupos que buscam a interação entre

Exército: das favelas de Canudos para as favelas do Rio, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Favela, poucos sabem, é uma árvore típica da Caatinga. Espécie absolutamente inteligente, adaptada ao clima semiárido, é dotada de muitos espinhos e um poderoso ácido que fazem sua defesa contra os predadores. Quem tocar numa favela, sai queimado. Quando o Exército Brasileiro atacou Canudos, teve três fragorosas derrotas antes da batalha final em 1897. O espaço mais árduo para a conquista final foi o ‘Morro das Favelas” (Alto da Favela),

Ibama pode embargar atividades da mineradora Hydro Alunorte, por vazamento de resíduos em Barcarena (PA)

  ABr O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, determinou ontem (26) que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) adote providências legais e administrativas para interromper os danos ambientais causados pela mineradora norueguesa Hydro Alunorte, responsável pelo vazamento de rejeitos tóxicos no município de Barcarena (PA), na região metropolitana de Belém. Laudo do Instituto Evandro Chagas, do Ministério da Saúde, apresentado na semana passada, comprovou que um

Agroecologia e capacidade de uso das terras tem relação direta

    A partir de uma análise comparativa entre agroecologia e capacidade de uso das terras, verificou-se estreita relação entre eles, como norteadores para o desenvolvimento da agricultura sustentável. Em muitos casos, o uso de uma área não é conduzido de forma compatível com o potencial dos agroecossistemas, resultando em problemas de degradação dos solos e a consequente perda de competitividade do setor agrícola, além da deterioração da qualidade de vida da

Como perceber se uma criança está sofrendo bullying

  Imagem: EBC   Entenda quais os sinais apresentados pelas vítimas de bullying e saiba como agir Todos já passamos em algum momento da vida por uma situação de bullying, mas, não é porque foi no passado que não tenha te afetado até hoje. Sabendo disso, é necessário identificar se uma criança está sofrendo bullying para poder agir e combater esse mal que se espalha pelas escolas. Como identificar que a criança está sofrendo bullying? O primeiro

Índice da edição nº 2.929, 2018 [de 26/02/2018]

    O Brasil desperdiça a riqueza de 26,4 milhões de trabalhadores, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Imprescindível autuar criminalmente os responsáveis pela falta de manutenção em obras públicas, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Usos da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidos, diz especialista Recuperação de mananciais passa por soluções para a falta de moradias nos centros urbanos Pesquisadores explicam papel de vetores da febre amarela Arboviroses: Mudanças climáticas aumentam o risco de

O Brasil desperdiça a riqueza de 26,4 milhões de trabalhadores, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] Os clássicos da economia política nos ensinam que o trabalho é uma indispensável fonte de riqueza das nações. A primeira frase do pioneiro livro de Adam Smith “A Riqueza das Nações”, de 1776, diz: “O trabalho anual de cada nação constitui o fundo que originalmente lhe fornece todos os bens necessários e os confortos materiais que consome anualmente”. Karl Marx (cujo ducentésimo aniversário de nascimento se comemorará em 05/05/2018)

Imprescindível autuar criminalmente os responsáveis pela falta de manutenção em obras públicas, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

    [EcoDebate] O recente acidente ocorrido em Brasília, com o desabamento de um bloco do viaduto do Eixão Sul, trouxe mais uma vez à tona o fantasma da crônica falta de serviços de monitoramento e manutenção que ronda as obras públicas brasileiras aos níveis federal, estadual e municipal, condição que tem sido responsável por centenas de acidentes que chegam ao conhecimento da sociedade e por uma infinidade de disfunções técnicas que,

Usos da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidos, diz especialista

  ABr   Especialista em recursos hídricos e sustentabilidade, a arquiteta e urbanista Marussia Whately coordena desde 2014 a articulação Aliança pelas Águas, iniciativa criada durante a crise de abastecimento de água em São Paulo. A rede reúne mais de 70 organizações da sociedade civil. A especialista participará, entre os dias 18 e 23 de março, em Brasília, do 8º Fórum Mundial da Água, evento organizado pelo Conselho Mundial da Água. Em entrevista à Agência Brasil,

Recuperação de mananciais passa por soluções para a falta de moradias nos centros urbanos

  ABr Com os crescentes riscos à segurança hídrica das metrópoles brasileiras, a preservação e recuperação dos mananciais se torna um tema cada vez mais importante. A discussão envolve outras questões de difícil solução, como a falta de moradias nos centros urbanos. “Não há solução que não passe pelo problema na habitação. Quando a gente fala disso, não é possível se resolver uma coisa sem resolver a outra. Há um déficit gigantesco

Pesquisadores explicam papel de vetores da febre amarela

  Por Maíra Menezes (IOC/Fiocruz) Dados do Ministério da Saúde mostram que o país contabiliza, de julho de 2017 a fevereiro de 2018, 164 mortes por febre amarela, com 545 casos confirmados e 422 em investigação. Até o momento, todas as notificações estão associadas ao ciclo silvestre da doença, afetando pessoas que contraíram o vírus em áreas de mata ou em suas proximidades. Segundo a pasta, os casos de infecção em área

Top