Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.555, de 22/03/2012

  Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, artigo de Roberto Naime Governo lançará três programas para cumprir Plano Nacional de Resíduos Sólidos MPF denuncia criminalmente Chevron e Transocean por desastre ambiental na Bacia de Campos Apesar de instabilidade geológica, especialistas dizem que houve falha em exploração no Campo de Frade Consultor ambiental diz que Chevron já devia estar fora da exploração do pré-sal 31/03, Hora do Planeta 2012: apague suas luzes para

Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] A palavra gestão engloba uma semântica que significa conjunto de processos e entendimentos para atingir determinado objetivo. Significa gerir, gerenciar e administrar. Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é a maneira de conceber, sistematizar, implementar e manter os sistemas de administração de resíduos sólidos. Para cada situação é necessário identificar as características dos resíduos e as peculiaridades da cultura local, par implantar e implementar ações adequadas e compatíveis com a situação. Os

Governo lançará três programas para cumprir Plano Nacional de Resíduos Sólidos

  O governo vai lançar nas próximas semanas um programa para tratamento de resíduos sólidos baseado em três eixos: Brasil sem Lixão, Recicla Brasil e Pró-Catador. A informação foi repassada pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e as ações do programa estão estruturadas no sentido de cumprir as determinações do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, aprovado em 2010. O primeiro eixo terá ações conjuntas entre estados, municípios e o governo

MPF denuncia criminalmente Chevron e Transocean por desastre ambiental na Bacia de Campos

  Presidente da Chevron no Brasil está entre os 17 denunciados e pode pegar 31 anos de prisão O Ministério Público Federal (MPF) denunciou as empresas Chevron, Transocean e mais 17 pessoas por crime ambiental e dano ao patrimônio público em virtude do vazamento de petróleo cru no Campo de Frade, da Bacia de Campos, em novembro de 2011. O presidente da Chevron no Brasil, George Buck, e mais três funcionários da

Apesar de instabilidade geológica, especialistas dizem que houve falha em exploração no Campo de Frade

  A nova mancha de óleo detectada pela Marinha na última sexta-feira (16), em uma área operada pela petrolífera Chevron no Campo de Frade, na Bacia de Campos, levanta em especialistas a suspeita de que novos vazamentos podem surgir no local. O primeiro ocorreu na mesma região, em novembro do ano passado. Na avaliação do professor Moacyr Duarte, do Grupo de Análise de Risco da Coordenação de Pós-Graduação de Engenharia da Universidade

Consultor ambiental diz que Chevron já devia estar fora da exploração do pré-sal

  A exploração de petróleo no Brasil preocupa pelos vários acidentes com vazamentos que vem poluindo o meio ambiente. Recentemente, um novo acidente demonstrou que a exploração não está sendo feita em condições ideais de preservação. Em entrevista a Beth Begonha, o professor e consultor ambiental, Júlio César Leitão, denunciou que as autoridades brasileiras no assunto estão fazendo vista grossa para a incapacidade da Chevron em explorar o pré-sal. Audio-reportagem com apresentação

31/03, Hora do Planeta 2012: apague suas luzes para mostrar que você se importa

  © WWF-Brasil   Está chegando a hora de se unir a milhões de pessoas no mundo para mostrar sua preocupação com o meio ambiente. Março é o mês da Hora do Planeta, o movimento global promovido pela Rede WWF em que a população de países do mundo inteiro apaga as luzes em um ato simbólico contra o aquecimento global e os problemas ambientais que a humanidade enfrenta. Pelo quarto ano consecutivo, o WWF-Brasil

Pantanal: Pousadas irregulares põem em risco a maior planície alagável do mundo

  Serra do Amolar - Pantanal (MS). (foto: Ascom MPF/MS) MPF/MS ajuíza série de ações para retirada de imóveis de áreas de preservação - Resíduos sanitários jogados no rio. Líquidos de caixas de gordura despejados nas águas do Pantanal. Depósitos de combustíveis em áreas alagáveis. Embarcações de grande porte encalhadas em área de preservação permanente. Como reflexo: problemas de saúde, destruição de matas ciliares, agravamento do assoreamento de rios, corixos e lagoas

Manejo adequado da irrigação favorece a produtividade e a economia de água e energia

  Nesta quinta-feira( 22), comemora-se o Dia Mundial da Água, um recurso fundamental para a vida no planeta e, consequentemente, para a atividade agrícola. Por isso, cabe delinear a importância do manejo adequado da irrigação para a economia de água. A quantidade correta de água e o momento exato da irrigação são pontos-chave em um manejo adequado que, além de favorecer a economia de água e energia, pode assegurar um melhor desempenho

A centralidade da água na disputa global por recursos estratégicos, artigo de Mônica Bruckman

  [ALAI] Duas visões contrapostas estão em choque na disputa global pela água. A primeira, baseada na lógica da mercantilização deste recurso, que pretende convertê-lo em uma commodity, sujeita a uma política de preços cada vez mais dominada pelo processo de financeirização e o chamado “mercado de futuro”. Esta visão encontra no Conselho Mundial da Água, composto por representantes das principais empresas privadas de água que dominam 75% do mercado mundial,

Comissão da Câmara aprova PEC que transfere para o Congresso a decisão sobre demarcações de terras indígenas

  Em uma sessão tumultuada, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou ontem (21) o parecer do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), favorável à admissibilidade da proposta de emenda à Constituição (PEC) que transfere da União para o Congresso Nacional a prerrogativa de aprovar e ratificar a demarcação de terras indígenas. Em tramitação no Congresso há 12 anos, a PEC 215, de autoria do deputado Almir Sá (PPB-RR), inclui entre

Complexo do Açu e a exportação de commodities: ‘Continuaremos vivendo como se nunca tivéssemos saído do século XVI’. Entrevista com Marcos Pedlowski

  “Enquanto acreditarmos nessa versão falaciosa de desenvolvimento, em que os mais pobres são sacrificados em nome de uma futura distribuição do bolo que nunca chega, nunca seremos realmente um país moderno e desenvolvido”, alerta o geógrafo. Confira a entrevista. A maior obra portuária das Américas, o Complexo Portuário-Industrial de Açu – CPIA, será construída no V Distrito de São João da Barra, RJ, porque a região “tem uma excelente posição geográfica

Top