Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.209, de 29/10/2010

Saiba Mais: Recuperação de lixões, artigo de Roberto Naime Trem bala: insustentável ambientalmente, artigo de Tomás Togni Tarqüinio Gestão do Valor, a análise do valor implementada na gestão da organização, artigo de Flavio Oliveira Captação de Recursos: a construção de parcerias, artigo de Gilberto Barros Lima Na reciclagem de alumínio a coleta de latinhas rende apenas R$ 32 por mês a catadores 25 e 26 de novembro: Congresso em Recife (PE) discute uso e efeitos

Saiba Mais: Recuperação de lixões, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] Nas grandes cidades do país, as questões da destinação final de resíduos sólidos tem sido resolvida com grandes aterros sanitários. Estas obras em geral, estão em condições de engenharia adequadas. Pode ser questionada a falta de mecanismos eficientes de coleta seletiva e reciclagem, com geração de renda para as camadas mais necessitadas da população e a implantação de uma contabilidade ambiental que preserve os recursos naturais, mas os cuidados

Trem bala: insustentável ambientalmente, artigo de Tomás Togni Tarqüinio

[EcoDebate] Se fosse possível realizar um estudo prospectivo do trem bala à luz da crise ecológica em curso, provavelmente o resultado não seria alentador. A construção de uma linha férrea para Trens de Alta Velocidade (TAV) ligando o Rio de Janeiro a São Paulo, com uma extensão até Campinas, não responde a dois grandes desafios ambientais: o primeiro diz respeito ao esgotamento de recursos naturais não renováveis, no caso o

Gestão do Valor, a análise do valor implementada na gestão da organização, artigo de Flavio Oliveira

[EcoDebate]Apesar dos esforços de todas as organizações do mundo na busca de técnicas de produção capazes de extrair o seu melhor desempenho durante a operação, muitas vezes essas organizações falham nessa incessante empreitada. Essa falha se deve, em muitos casos, à falta de método de que os profissionais associados a esses empreendimentos padecem, uma vez que os mesmos são freqüentemente acossados por prazos curtos, orçamentos minguados e pressões de diversas

Captação de Recursos: a construção de parcerias, artigo de Gilberto Barros Lima

[EcoDebate] O mundo prossegue mudando freneticamente trazendo inúmeros avanços tecnológicos, descobertas e invenções. Embora a disseminação do conhecimento proporcione ao mundo a inovação de tantos outros segmentos através da informação, consequentemente muitas questões influenciam no cotidiano político, econômico e social. Nesse contexto globalizado, a captação de recursos assume a relevante missão e a grande responsabilidade de construir parcerias sustentáveis através de relacionamentos éticos entre organizações e empresas engajadas na Responsabilidade Social

Na reciclagem de alumínio a coleta de latinhas rende apenas R$ 32 por mês a catadores

Coleta de latinhas rende R$ 32 por mês a catadores do país – A reciclagem de latas de alumínio injetou R$ 1,3 bilhão na economia nacional no ano passado. Para os catadores do material, entretanto, a coleta do produto rendeu, na média, R$ 382 durante todo o ano, ou seja, pouco menos que R$ 32 por mês. Este valor não leva em consideração a coleta de outros materiais. Seu cálculo é

25 e 26 de novembro: Congresso em Recife (PE) discute uso e efeitos dos agrotóxicos

Promovida nos dias 25 e 26 de novembro, atividade gratuita e aberta ao público reunirá operadores do direito, acadêmicos e a sociedade para debater os impactos dos defensivos agrícolas sobre o meio ambiente e a saúde de trabalhadores e consumidores Com o objetivo de discutir e combater os problemas que os agrotóxicos causam à saúde do trabalhador, ao consumidor e ao meio ambiente, a Escola Superior do Ministério Público da União

Amapá: pecuaristas devem retirar animais da reserva biológica do Lago Piratuba

Com a intermediação do Ministério Público Federal, ICMBio e pecuaristas assinam acordo para retirar bois e búfalos da reserva biológica do Lago Piratuba O Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) assinaram ontem, 27 de outubro, termo de ajustamento de conduta (TAC) com pecuaristas do entorno da reserva biológica do Lago Piratuba. O TAC quer garantir a proteção da área com o

Ministério Público Federal questiona assentamento de famílias atingidas pela Hidrelétrica de Jirau

O Ministério Público Federal (MPF) em Rondônia e o Ministério Público do estado entraram na Justiça com mais uma ação civil pública contra a Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira. Eles questionam o consórcio responsável pela obra e os governos federal, estadual e municipal por irregularidades no reassentamento de famílias que serão atingidas pela barragem da usina. A hidrelétrica vai inundar o distrito de Mutum Paraná, a 136 quilômetros da

Assentados em Corumbá estão sem água desde o começo do mês. Dinheiro do BID não foi aplicado

MPF/MS recomenda utilização de recursos para obras de abastecimento de água em assentamentos O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) recomendou a imediata regularização do abastecimento de água no assentamento Tamarineiro II-Sul, em Corumbá (MS), fronteira de Mato Grosso do Sul com a Bolívia. O MPF quer que os assentados recebam, emergencialmente, água de caminhões-pipa. A recomendação foi encaminhada à Prefeitura de Corumbá, Instituto Nacional de Colonização e Reforma

Embargadas 139 obras na construção civil no litoral catarinense por falta de segurança aos trabalhadores

Cento e trinta e nove obras da construção civil, nas principais cidades do litoral norte catarinense e da Grande Florianópolis, foram embargadas no mês de outubro por falta de segurança aos trabalhadores (confira no quadro). Outros 41 canteiros de obras foram interditados. Este o saldo, em Santa Catarina, da etapa deste ano do Programa Nacional de Combate às Irregularidades Trabalhistas na Indústria da Construção Civil realizado pelo Ministério Público do

Anvisa pretende reduzir a contaminação de alimentos por substâncias químicas

Anvisa propõe diminuir o uso de substâncias químicas em alimentos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pretende reduzir a contaminação de alimentos por substâncias químicas. A Consulta Pública nº 101, publicada nesta quinta-feira (27/10), revisa os limites atuais de substâncias como chumbo, cádmio, mercúrio e arsênio nos alimentos. Estas substâncias são capazes de contaminar rebanhos, peixes, plantas e a própria água potável, atingindo a população por meio da cadeia alimentar. Os

Top