Captação de Recursos: a construção de parcerias, artigo de Gilberto Barros Lima

[EcoDebate] O mundo prossegue mudando freneticamente trazendo inúmeros avanços tecnológicos, descobertas e invenções. Embora a disseminação do conhecimento proporcione ao mundo a inovação de tantos outros segmentos através da informação, consequentemente muitas questões influenciam no cotidiano político, econômico e social.

Nesse contexto globalizado, a captação de recursos assume a relevante missão e a grande responsabilidade de construir parcerias sustentáveis através de relacionamentos éticos entre organizações e empresas engajadas na Responsabilidade Social (RS).

Ainda nessa mesma linha de consideração, os recursos financeiros disponibilizados pelas empresas estão preenchendo uma lacuna que o Estado tem ignorado cada vez mais no atendimento básico da sociedade.

Desta forma, a captação de recursos tem se tornado uma aplicação viável para a empresa que deseja investir numa causa social, bem como, obter num determinado período, não apenas o retorno desse investimento, mas a conquista e a confiança do consumidor beneficiado pelo seu compromisso com a Responsabilidade Social.

De outro modo, a construção de parcerias sustentáveis também considera que quando se busca a captação de recursos, a organização deve entender o princípio que o doador não é apenas um agente financeiro, mas um parceiro que se preocupa em investir um determinado valor financeiro, disponibilizar um ou mais de seus talentos para o voluntariado, e oferecer inúmeras oportunidades em prol de um grupo carente de tantas outras necessidades.

Evidentemente a captação de recursos é um longo processo que conduz à visibilidade dos recursos empregadas numa determinada causa social, resultando na credibilidade de seus investidores ou doadores para a continuação de novos desafios e futuros projetos.

A captação de recursos está se configurando na vida das empresas como uma atividade benéfica para sua atuação no mercado, bem como, para a sua imagem perante toda a sociedade local e mundial.

Todo recurso captado é como uma pérola valiosa que se traduz em esperança num mundo composto de tantas desigualdades.

Gilberto Barros Lima – Bacharel em Relações Internacionais (IBES-SC), Pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais (ICPG-SC) e Metodologia da Pesquisa e do Ensino Superior (IBES-SC), Captador de Recursos (Fundraiser) do Centro de Recuperação Nova Esperança (CERENE) e Professor Universitário.

EcoDebate, 29/10/2010


Compartilhar

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Top