Índice da edição de 22/12/2009

Copenhague, uma equação sem resposta. Um ecocídio? artigo de Carol Salsa BNDES e os seus financiamentos pouco sociais, artigo Mayron Régis COP 15: O fiasco foi falta de edução para a vida, artigo de Américo Canhoto COP 15: O caminho até Copenhague e além, artigo de Priscila Salvino Adiada a discussão do licenciamento da exploração de ferro em Caetité, Bahia 31 trabalhadores submetidos à situação análoga a de trabalho escravo são resgatados no Maranhão Nota de

Copenhague, uma equação sem resposta. Um ecocídio? artigo de Carol Salsa

Polícia dinamarquesa prende mais 200 ativistas em Copenhague, 12/12/2009 [EcoDebate] Deter o caos climático que nos afeta tem sido uma missão impossível para muitos. Burlaram o Protocolo de Kyoto e suas metas. Cento e vinte líderes mundiais acompanhados de suas respectivas comitivas foram incapazes de carimbar suas presenças e, junto a elas, aliar resultados de políticas amigáveis ao meio ambiente, numa das mais importantes Conferências Mundiais do Clima: a COP-15. Líderes

BNDES e os seus financiamentos pouco sociais, artigo Mayron Régis

[EcoDebate] A partir de algumas leituras vou procurar estabelecer alguns comentários a respeito do BNDES. Todos sabem que as principais atividades destruidoras das florestas brasileiras são financiadas pelo BNDES. Agora fica a pergunta de como boa parte desses projetos chega às mãos do banco. Pergunto isso porque viajando pelo interior do Maranhão, região Tocantina e Baixo Parnaiba, aparecem fazendas de gado ou de soja com a placa do banco. 23075

COP 15: O fiasco foi falta de edução para a vida, artigo de Américo Canhoto

TODOS SOMOS RESPONSÁVEIS [EcoDebate] Claro que cada um de nós espectadores enxergamos o evento segundo nossa visão de mundo, medimos o resultado segundo as expectativas que criamos, e, avaliamos os participantes com nossos próprios valores – Será que há uma inteligência de valores conforme as há de emoções, religião, afetividade, política e até sexual? Mas, fiasco: é o termo que melhor define o evento climático deste marcante 2009 (esperemos para ver o

COP 15: O caminho até Copenhague e além, artigo de Priscila Salvino

[EcoDebate] Mudanças Climáticas foi certamente o assunto mais debatido, comentado e criticado na mídia (ao menos aqui na Inglaterra) durante o ano de 2009. Motivo: a COP 15, que foi realizada durante este mês, aqui em Copenhague. A COP 15 fomentou a realização de campanhas internacionais promovidas por organizações de todo o mundo, que ao longo do ano, com suas ações conseguiram manter o assunto na mídia e com isso

Adiada a discussão do licenciamento da exploração de ferro em Caetité, Bahia

[Por Zoraide Vilasboas, para o EcoDebate] Representantes da Comissâo Territoral de Meio Ambiente, que reúne entidades, militantes e lideranças das regiões sul/sudoeste marcaram presença na última reuniâo do Conselho Estatual de Proteçâo ao Meio Ambiente do Estado da Bahia (CEPRAM), em Salvador, na sexta passada (18/12), para acompanhar a discussão do licenciamento do Projeto Pedra de Ferro da BAMIN, que pretende explorar este minério na região de Caetité. Constataram, mais uma vez, que vão ter

31 trabalhadores submetidos à situação análoga a de trabalho escravo são resgatados no Maranhão

Os trabalhadores eram submetidos à situação análoga a de trabalho escravo em fazendas localizadas nos municípios de Governador Archer e Codó. O Grupo Móvel de Combate ao Trabalho Escravo no Estado do Maranhão resgatou trinta e um trabalhadores submetidos à situação análoga a de trabalho escravo em fazendas localizadas nos municípios de Governador Archer e Codó, no Maranhão. Nas duas fazendas, a atividade exercida pelos empregados resgatados era o “roço de

Nota de Pesar: Morre ambientalista e diretor da International Rivers Glenn Switkes

Local: São Paulo - SP Fonte: Amazonia.org.br Link: http://www.amazonia.org.br Glenn Switkes, ambientalista e diretor da International Rivers, morreu na madrugada de hoje (21), à 1h30, no Hospital Samaritano, em São Paulo.  Ele sofria de câncer nos pulmões, em estado terminal. O ambientalista era americano, mas vivia no Brasil, onde era responsável pela campanha na América Latina da organização International Rivers. Ele se uniu à organização em 1994 para facilitar a articulação de uma campanha

Inpe: Projeto de sensoriamento remoto aponta limites entre cerrado e floresta no Mato Grosso

Onde termina a floresta e começa o cerrado? No estado de Mato Grosso, o limite entre os dois biomas observados nas imagens de satélites foram confirmados em campo pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Em novembro, mais de 7.500 quilômetros foram percorridos por pesquisadores da Divisão de Sensoriamento Remoto para verificação do limite cartográfico e espectral, de acordo com a metodologia desenvolvida pelo Projeto Panamazônia II. 23052

Inpe prevê que Brasil terá o verão mais quente dos últimos anos

O verão brasileiro, que começou ontem (21) às 14h47, terá temperaturas acima das registradas nos últimos anos. Nas regiões Sul e Sudeste, a tendência é que continue a chover na mesma intensidade que vem sendo registrada. A informação é do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTec) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). 23048

Rogério Almeida lança o livro ‘Pororoca pequena: marolinhas sobre a(s) Amazônia(s) de cá’

O Pororoca pequena: marolinhas sobre a(s) Amazônia (s) de cá foi puxado a fórceps, numa peleja desprovida de apoios institucionais, exceto amparos pontuais da rede Fórum Carajás. O terceiro livro de Rogério Almeida reúne 18 trabalhos entre artigos, reportagens e entrevistas produzidos entre 2003 a 2009. Os mesmos estão divididos em quatro seções: a) Estado e os grandes projetos, b) Araguaia-Tocantins- território em disputa, c) Belém- a cidade e

Mudanças lentas, como o derretimento de massas polares, intensificam o aquecimento promovido pelos gases de efeito estufa

Aquecimento amplificado - – Mudanças lentas no cenário terrestre, como o derretimento de massas de gelo, ampliam o aquecimento promovido pela emissão de gases de efeito estufa. A conclusão é de uma pesquisa [High Earth-system climate sensitivity determined from Pliocene carbon dioxide concentrations] publicada neste domingo (20/12) na revista Nature Geoscience, logo após a 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP15). 23042

Diretora do IPCC indica por que as mudanças climáticas deverão ter impacto maior sobre as regiões mais pobres do mundo

Foto: Moises Saman/TheNew York Questão de pobreza – As mudanças climáticas são um fenômeno global, mas seus impactos sobre a saúde humana deverão ser muito maiores nas regiões mais pobres do mundo, de acordo com a norte-americana Kristie Ebi, diretora executiva do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Para a cientista, responsável pelo capítulo sobre saúde humana do quarto relatório do IPCC, o aquecimento global deverá expandir as áreas de alcance

Apesar do fracasso, COP 15 incluiu questão climática na agenda política

Foto: Staff/Reuters/AE Apesar de ter terminado sem estabelecer um acordo, a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP -15) foi importante para inserir o problema do aquecimento global na agenda política brasileira. Segundo o coordenador executivo da campanha Tic Tac Tic Tac, Aron Belinky, a conferência de Copenhague consolidou “uma grande mudança de postura do governo brasileiro” em relação ao tema. Ele ressaltou, no entanto, que o novo posicionamento parece estar

COP 15: ‘Uma ocasião desperdiçada. Esse pacto nasce velho’. Entrevista com Jeremy Rifkin

"Aceitaram esse acordo para evitar o colapso das negociações? Mas o colapso é o que temos na nossa frente: nenhum alvo, nenhum compromisso verdadeiro...". Jeremy Rifkin, o teórico da Terceira Revolução Industrial, do seu escritório em Washington, manteve-se constantemente informado sobre os desenvolvimentos da conferência de Copenhague. Agora, a poucos minutos das conclusões da cúpula, ouve com estupor as motivações que levaram Bruxelas a aceitar um entendimento distante do desejado

Como mudar atitude na agropecuária em um mundo de ameaças, artigo de Carlos R. Spehar

"Maior número de espécies de plantas e animais resulta em melhor aproveitamento dos fatores de produção e da oferta ambiental, diminuindo riscos, baixando custos enquanto se maximizam retornos" Que o Brasil tenha vocação agrícola é inegável. Estaremos, cada vez mais, marcando presença, suprindo a nação e o mundo com alimentos e matérias-primas da agropecuária. Tudo isto a despeito do arroto do boi, pois, como já foi dito, importa mais o saldo

Os equívocos do programa ‘Mais Ambiente’, artigo de Raul Silva Telles do Valle

[ISA] Na última sexta-feira, 11 de dezembro, foi publicado, sem alarde, o Decreto Federal no 7029, que cria o Programa Federal de Apoio à Regularização Ambiental dos Imóveis Rurais – Mais Ambiente. Tal programa, gestado no início para atender exclusivamente à agricultura familiar, foi estendido a todos os imóveis rurais do País, e tem como objetivo criar as condições necessárias para que pudéssemos sair do atual impasse ambiental existente na

A ciência e os perigos do aquecimento global, artigo de Hugh Lacey

"Alguma incerteza caracteriza as análises do IPCC, mas isso não justifica o adiamento de ações decisivas para reduzir as emissões de gases-estufa" [Folha de S.Paulo] O IPCC apresentou provas convincentes de que a temperatura da atmosfera está subindo globalmente, que isso está causando mudanças climáticas com impacto ambiental perturbador e que as concentrações de gases-estufa decorrentes de atividades humanas são um fator principal do aquecimento global. Essas evidências também foram usadas para

Top