Índice da edição de 16/12/2009

COP15: Educação Ambiental, Mudanças de Comportamento e o novo Acordo Climático, artigo de Valdir Lamim-Guedes Cabanagem, a maior revolta popular do país agora é game Companhia Siderúrgica do Atlântico: Audiência pública recolhe queixas sobre obras da maior siderúrgica da América Latina Pesquisa da Embrapa sugere que recuperação de pastos pode ter influência em 76% da redução de gases no Brasil Estudo do Ipea demonstra que disseminação de estabelecimentos públicos de educação e cultura ainda

COP15: Educação Ambiental, Mudanças de Comportamento e o novo Acordo Climático, artigo de Valdir Lamim-Guedes

[EcoDebate] A Educação Ambiental (EA), tendo por base a alfabetização ecológica, conforme colocada por Fritjof Caprai como a assimilação de princípios ecológicos para o entendimento dos problemas ambientais e soluções destes, é uma das principais ferramentas para a sustentabilidade planetária. Além da EA, o desenvolvimento e adoção de novas tecnologias menos impactantes, com a redução das emissões de poluentes e uma menor extração de recursos naturais, aliada a uma nova

Cabanagem, a maior revolta popular do país agora é game

Memorial Cabanagem (Belém - PA) Projeto de Oscar Niemeyer. Foto: Jefferson A. Capobianco, Flickr [Por Luan Ribeiro, para o EcoDebate] A Cabanagem foi a única revolta em que os negros, índios e mestiços se uniram contra a elite política e tomaram o poder no Pará. Uma das causas da revolta foi a extrema pobreza das populações ribeirinhas e a ausência política à qual a província sofreu após a independência do

Companhia Siderúrgica do Atlântico: Audiência pública recolhe queixas sobre obras da maior siderúrgica da América Latina

No terceiro ano de obras para sua instalação, a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), na Baía de Sepetiba, a cerca de 80 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, é alvo de fiscalizações de integrantes dos legislativos municipal, estadual e federal. “É um empreendimento que merece atenção do Ministério do Meio Ambiente, do Ministério do Trabalho, da Secretaria de Direitos Humanos, da Comissão de Direitos Humanos da Câmara e da Polícia

Pesquisa da Embrapa sugere que recuperação de pastos pode ter influência em 76% da redução de gases no Brasil

Pasto degradado, em foto de arquivo Pesquisa da Embrapa mostra que é possível evitar desmatamento recuperando terrenos degradados Além de gerar baixo desempenho econômico para o pecuarista, as pastagens degradadas se tornaram elemento-chave em um mundo preocupado com as mudanças climáticas. A recuperação delas e a integração lavoura-pecuária (ILP) - duas tecnologias disponíveis que contribuem para a resolução do problema - vão, juntas, responder por cerca de 12% do compromisso voluntário do

Estudo do Ipea demonstra que disseminação de estabelecimentos públicos de educação e cultura ainda é insuficiente

Estudo "Presença do Estado no Brasil: Federação, Suas Unidades e Municipalidades". Municípios com ausência de estabelecimentos de internação SUS. Foto: Divulgação Ipea. Para acessar o gráfico no seu tamanho original clique aqui. Mapeamento da presença do Estado revela carências - O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apresentou nesta terça-feira (15), em São Paulo, o estudo "Presença do Estado no Brasil: Federação, suas Unidades e Municipalidades". Com base em dados de

MPF ajuíza ação para garantir direitos do povo indígena anacé ameaçado pelo Complexo Industrial e Portuário do Pecém, CE

Procuradores da República pedem a suspensão de desapropriações em terras ocupadas por comunidade indígena O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) ajuizou ação civil pública para garantir os direitos do povo indígena anacé, ameaçado de ser removido de suas terras tradicionais devido à instalação de empreendimentos do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Na ação, o MPF/CE pede que a Justiça Federal determine que o governo do Ceará se abstenha

Construções irregulares serão demolidas nos Lençois Maranhenses

Lençois Maranhenses. Foto PGR As edificações foram erguidas em área de preservação permanente A pedido do Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), a Justiça Federal mandou demolir nove construções irregulares às margens do rio Preguiças e na praia do Caburé, no município de Barreirinhas (MA); foi constatado que o local, onde foram erguidas as edificações, é área de preservação ambiental permanente (APP), situada na região da zona de amortecimento do Parque Nacional

Doenças decorrentes de enchente começam a proliferar em núcleo habitacional de São Paulo

Homem tenta cruzar ponto de alagamento próximo à Ponte do Piqueri, na zona norte. Nível da água atingia cintura. Foto Hélvio Romero/AE As doenças decorrentes da enchente começaram a proliferar no Jardim Pantanal, zona leste de São Paulo, segundo o coordenador Movimento de Urbanização e Legalização do Pantanal (Mulp), Marcio Zeni. A área está alagada desde o temporal da semana passada e a sujeira do Rio Tietê, somada ao esgoto que

1a Confecom: Controle social da mídia opõe empresários e movimentos sociais

A construção de um novo pacto para a comunicação no Brasil, como defendeu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu discurso durante a abertura da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), pode estar ameaçada por causa da ausência de grande parte das empresas de comunicação. Apenas duas entidades empresariais - a Associação Brasileira de Radiodifusores (Abra), que representa a Rede TV! e a Rede Bandeirantes; e a Associação Brasileira

1a Confecom: A mídia não quer discutir seu papel, diz secretário de Audiovisual

Brasília - O secretário de Audiovisual do Ministério da Cultura, Silvio Da-Rin, participa do segundo dia de debates da Conferência de Comunicação. Foto de Elza Fiúza/ABr A comunicação não é privada, mas sim social e, ao confundir seu papel, muitos detentores de concessões – principalmente de canais de TV – têm se recusado a discutir a comunicação no Brasil. Isso, segundo o secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Sílvio Da-Rin,

COP 15: Nova investida de países ricos gera retrocesso na negociação do clima

Novo documento, supostamente produzido por um grupo de países ricos, teve impacto negativo nas negociações para garantir a assinatura de um acordo para combater o aquecimento global. Esta é a segunda vez que um esboço de acordo atribuído principalmente à Dinarmarca aparece em meio às negociações desde o início da conferência, em 7 de dezembro. O documento foi vazado para negociadores africanos na manhã de segunda-feira (14) e se transformou no

Top