Índice da edição de 05/11/2008

Movimento ambientalista: quem representa quem? artigo de Telma Delgado Monteiro Mineração de urânio em Caetité/BA: os custos socioambientais da energia nuclear, artigo de Zoraide Vilasboas Relatório denuncia injustiças sociais e ambientais no São Francisco (primeira parte) Povo Guarani, um grande Povo! Resistência e luta pela demarcação de suas terras, artigo de Roberto Antonio Liebgott A pegada ecológica brasileira. Entrevista especial com Lucas Gonçalves Pereira Artigo revisa estudos de duas décadas sobre exposições a mercúrio na

Movimento ambientalista: quem representa quem? artigo de Telma Delgado Monteiro

[Environmental movement: who is who? article by Telma Delgado Monteiro] Imagem: SXC Quem são, na verdade, aqueles que nos representam? Cansei de ver nomes citados nessas lamentáveis controvérsias. Nós elegemos para os conselhos as organizações ou as pessoas? Quem são elas, as organizações e as pessoas? Qual o critério usado para indicar os que vão nos representar numa plenária do CONAMA ou do CNRH? São endógenos? Tenho acompanhado vários embates em diversas listas

Mineração de urânio em Caetité/BA: os custos socioambientais da energia nuclear, artigo de Zoraide Vilasboas

[Mining of uranium in Caetité / BA: social and environmental costs of nuclear power, article by ZoraideVilasboas] Usina de Beneficiamento de Urânio - Caetité. Foto: Indústrias Nucleares do Brasil (INB) É preocupante a situação das populações dos municípios de Caetité (46.192 habitantes) e Lagoa Real (13.795 habitantes), localizados a mais de 750 km de Salvador, capital da Bahia, que vivem sob a influência do único complexo mínero-industrial de extração e beneficiamento de

Relatório denuncia injustiças sociais e ambientais no São Francisco (primeira parte)

[Report denouncing social and environmental injustice in São Francisco river, part 1] 'ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO' NA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO: O TRAÇADO DE CONFLITOS E INJUSTIÇAS SOCIAIS E AMBIENTAIS Relatório - Denúncia São Francisco Vivo - Terra e Água, Rio e Povo Articulação Popular pela Revitalização do São Francisco Sobradinho 16 de outubro de 2008 Introdução Em Sobradinho (BA), nos dias 18 e 19 de outubro de 2008, Dom Luiz Cappio e o povo do São

Povo Guarani, um grande Povo! Resistência e luta pela demarcação de suas terras, artigo de Roberto Antonio Liebgott

[Guarani people, a great people! Resistance and struggle for the demarcation of their land, article by Roberto Antonio Liebgott] Nesta breve reflexão pretendo apresentar algumas das dificuldades, expectativas e reivindicações de comunidades do Povo Guarani que vivem no Rio Grande do Sul, de modo especial na região metropolitana de Porto Alegre. E a questão principal relaciona-se à luta pela terra, considerando que estas comunidades estão submetidas a uma vida de privações

A pegada ecológica brasileira. Entrevista especial com Lucas Gonçalves Pereira

[The brazilian footprint. Special interview with Lucas Pereira Goncalves] Imagem representando a 'pegada ecológica' Para pensarmos a forma como o meio ambiente está se denegrindo, é preciso atentarmos para a forma como estamos consumindo os recursos naturais. Deixamos, portanto, “pegadas” nos espaços que nos apropriamos e quanto mais exploramos a Terra, mais marcas deixamos na natureza. Desta forma, funciona a Pegada Ecológica, uma estimativa que mostra até que ponto a nossa forma

Artigo revisa estudos de duas décadas sobre exposições a mercúrio na Amazônia

[Human mercury exposure and adverse health effects in the Amazon: a review] Mortandade de peixes causada por despejo de mercúrio em rio Em artigo publicado em suplemento da revista Cadernos de Saúde Pública da Fiocruz, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e do Centro Interdisciplinar de Pesquisas sobre Biologia, Saúde, Sociedade e Meio Ambiente de Montreal, no Canadá, examinaram questões sobre exposição humana ao mercúrio e seus efeitos adversos à saúde

Lições a tirar da crise econômica internacional, artigo de Ivo Lesbaupin

[Lessons to be learned from the international economic crisis, article by Ivo Lesbaupin] Imagem: Stockxpert Por mais de 30 anos nos fizeram crer que um outro modelo de desenvolvimento ao neoliberal era impossível de ser realizado, que não havia alternativas à economia de mercado. Falavam que o Estado estava falido, que não tinha recursos para a saúde pública, para a educação pública, para as aposentadorias, para gerar emprego. De repente, este Estado

Um projeto que muda a matriz energética na Amazônia, artigo do Eng.Agr. Gert Roland Fischer

[A project that changes the energy matrix in the Amazon, article by Eng.Agr. Gert Roland Fischer] O projeto altera a matriz energética da Amazônia. Com a utilização de matéria prima florestal disponível em todas as partes da fronteira agrícola produz-se um novo insumo: Energia elétrica. Os sub-produtos dessa matriz entre outros são: carvão, alcatrão e ácidos pirolenhosos. A energia elétrica gerada pela queima de lixo orgânico ou biomassa em caldeiras

Estudo da FGV mostra que o Brasil terá 100% de saneamento básico só em 20 anos

[Study of FGV shows that Brazil will have 100% of basic sanitation only in 20 years] Com o atual ritmo de investimentos do país em saneamento básico, de R$ 10 bilhões por ano, o Brasil precisará de, ao menos, 20 anos para conseguir universalizar o serviço à toda a população. A conclusão está na terceira etapa da pesquisa Impactos Sociais de Investimentos em Saneamento, divulgada ontem (4) em São Paulo, realizada pelo

(agricultura orgânica) Tecnologia agrícola: saúde ou doença? artigo de Gilberto Dupas

[organic agriculture - agricultural technology: health or disease? article by of Gilberto Dupas] Podemos sonhar com uma agricultura orgânica que gere mais saúde que doenças, produzindo comida de boa qualidade? [Folha de S.Paulo] A ALIMENTAÇÃO humana, contaminada de agrotóxicos e pesticidas e alterada em sua natureza intrínseca pelo processamento radical, está sendo acusada por especialistas de ter sido transformada em uma máquina de fabricar doentes e gerar verdadeiras epidemias contemporâneas, como cânceres

Vazios urbanos: Proteger territórios ainda não ocupados é um dos desafios para a gestão do território com visão de futuro, artigo de Aldo Paviani

Imagem de satélite da Floresta da Tijuca, RJ. [Correio Braziliense] Ao estudar o ambiente rural, especialistas analisam o uso da terra e as reservas de proteção ambiental - as matas ciliares, os rios e a fauna necessários à sustentabilidade. Importa considerar as vulnerabilidades do ambiente em que se cultiva a terra e partir para a sustentabilidade. Há preocupação com o bioma amazônico e os cerrados. Ambos são vistos como territórios de

Top