Índice da edição nº 2.807, 2017 [de 08/08/17]

    Intensificação da pecuária na Amazônia pode impactar a cultura dos povos tradicionais locais, artigo de Roberto Naime Aspectos ambientais da cachaça, artigo de Antonio Silvio Hendges Como destruir a diversidade biológica legalmente: Lei 13.465/2017 e PL 8107/2017, artigo de Thiago Lustosa Jucá Governo denuncia desvio de água do São Francisco para plantações na Paraíba; nota e comentário de João Abner Água desviada do São Francisco é mais da metade da usada por 20 cidades

Intensificação da pecuária na Amazônia pode impactar a cultura dos povos tradicionais locais, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A introdução deste tema remete a uma concepção clara do que sejam paisagens e geobiossistemas. A associação dos elementos ambientais presentes e o uso das técnicas de sensoriamento remoto e tratamento digital de imagens de satélite, dentro de um contexto multidisciplinar, permitiu a transferência e o aprimoramento evolutivo de conceitos. Hoje, é disseminada a concepção do conceito de “paisagem” como expressão do agenciamento dinâmico e superficial dos conjuntos territoriais. Tudo

Aspectos ambientais da cachaça, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A cachaça é a bebida destilada mais antiga das Américas, surgiu em algum lugar do litoral brasileiro em um engenho de açúcar de cana entre 1516 e 1532. Os locais mais prováveis do seu “registro de nascimento” é São Vicente/SP, Itamaracá/PE ou Porto Seguro/BA, mas não há certeza sobre sua origem exata. É uma bebida reconhecida mundialmente como de origem brasileira e protegida legalmente em sua padronização, classificação, registro,

Como destruir a diversidade biológica legalmente: Lei 13.465/2017 e PL 8107/2017, artigo de Thiago Lustosa Jucá

  [EcoDebate] Recentemente foi sancionado, pelo Presidente Michel Temer, o Plano Nacional de Regularização Fundiária, que permite, entre outras coisas, a legalização de áreas públicas invadidas na Amazônia, além da retirada de exigências ambientais para a regularização fundiária, daí a referida lei ter sido batizada de “lei da grilagem” (não há nome mais oportuno!). Algumas das consequências desastrosas da referida lei são redução de áreas protegidas, anistia aos proprietários que desmataram

Governo denuncia desvio de água do São Francisco para plantações na Paraíba; nota e comentário de João Abner

    Equipes do Ministério da Integração constataram que agricultores estão desviando as águas do Velho Chico para plantações Equipes técnicas do Ministério da Integração Nacional constataram que agricultores estão desviando as águas do rio São Francisco para plantações ao longo do rio Paraíba, apesar de a região enfrentar a maior estiagem dos últimos 100 anos. Na última semana, a pasta solicitou apoio do Ministério Público do Estado da Paraíba. O pedido é que

Água desviada do São Francisco é mais da metade da usada por 20 cidades da Paraíba

    ABr Em uma fiscalização conjunta, o Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) e o Ministério da Integração Nacional encontraram diversos pontos de captação irregular de água no Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, todos voltados para irrigação de plantações. O desvio representa mais da metade do volume de água usado para abastecer Campina Grande e outras 19 cidades paraibanas, de acordo com o Ministério Público. Membro do

Tragédia de Mariana: Juiz suspende ação criminal contra executivos da mineradora Samarco e suas controladoras

    O juiz federal de Ponte Nova (MG), Jacques de Queiroz Ferreira, suspendeu o processo criminal que acusa 22 pessoas de homicídio por envolvimento no rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, no dia 5 de novembro de 2015. Entre os réus da ação, estão executivos da mineradora Samarco e suas controladoras, a Vale e a BHP Billinton, além de funcionários da empresa de engenharia VogBR. As quatro empresas citadas também são

Desastres relacionados ao clima podem afetar cerca de dois terços dos europeus até o final deste século

  A Europa será duramente atingida por catástrofes climáticas no futuro As catástrofes relacionadas com o clima podem afetar cerca de dois terços da população europeia anualmente até o final deste século. Isto poderia resultar num aumento de 50 vezes nas mortes em comparação com hoje se não forem tomadas medidas, de acordo com um novo estudo do Joint Research Center - o serviço de ciência e conhecimento da Comissão Europeia.     O estudo,

Top