Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.067, de 30/04/2014

    A densidade demográfica e o déficit ambiental na Holanda e em Ruanda, artigo de José Eustáquio Diniz Alves UTI ambiental: a água e a realidade nua e crua, artigo de Osvaldo Ferreira Valente Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Do laboratório para a feira, aqui está o tomate preto 'Não OGM' Mudanças climáticas já são alarmantes, alertam especialistas MS: Comunidade prejudicada por mineradoras vai construir

A densidade demográfica e o déficit ambiental na Holanda e em Ruanda, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Europa tinha uma densidade demográfica maior do que a África. Mas isto mudou no século XXI, pois, em 2010, a África (34 habitantes/km2) ultrapassou a densidade demográfica da Europa (32 hab/km2). Em 2100, na projeção média de fecundidade, a densidade demográfica da África deve passar para (138 hab/km2) contra (28 hab/km2) da Europa, quase 5 vezes maior. A Holanda e Ruanda são dois países representativos destas novas tendências demográficas.

UTI ambiental: a água e a realidade nua e crua, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

    [EcoDebate] Foram nove artigos publicados aqui no EcoDebate, sobre produção de água . Todos ancorados na série UTI ambiental. Acabo de relê-los, na esperança de ter conseguido passar conhecimentos e preocupações acumuladas ao longo de muitos anos de militância na área. Todas as vezes que faço isso (reler artigos que escrevi), fico com a sensação de ainda estar longe de saber divulgar conhecimentos científicos e técnicos. Mas não vou desanimar,

Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  Foto de arquivo   [EcoDebate] Foi prorrogado para 2015 o prazo de entrega dos Planos Municipais de Saneamento Básico. O prazo final era agora em 2014, mas teve que ser prorrogado pelos simples fato que 90% dos municípios não conseguiram elaborar seu plano. O Decreto nº 8.211/2014 altera o artigo 26 do Decreto nº 7.217/2010, que regulamenta a Lei do Saneamento Básico (Lei nº 11.445/2007), prorrogando o prazo para 2015. A prorrogação do

Do laboratório para a feira, aqui está o tomate preto ‘Não OGM’

  Será comercializado o tomate nascido de uma pesquisa universitária: o tomate preto não OGM tem um forte poder antioxidante e faz bem à saúde!     [Por Cristina Curti, para o EcoDebate] PISA - Do laboratório para a feira. O tomate preto com um forte poder antioxidante que ajuda a saúde, foi desenvolvido por um projeto de pesquisa coordenado pela Escola Superior Santa Anna de Pisa, em conjunto com a Universidade de Tuscia

Mudanças climáticas já são alarmantes, alertam especialistas

    Suzana Kahn: para mitigar o aumento da temperatura será preciso uma mudança de comportamento em relação ao consumo. Especialistas alertaram nesta terça-feira (29), na Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas, que as alterações no clima provocam impactos físicos, econômicos e sociais irreversíveis em diversos países. Entre os cenários de futuro apresentados no relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), discutidos na reunião, estão dias e noites mais quentes, ondas de

MS: Comunidade prejudicada por mineradoras vai construir o próprio sistema de abastecimento de água em Corumbá

    Casas, posto de saúde e escola não possuem água encanada. Mineradoras do entorno não oferecem qualquer benefício à comunidade. Abastecimento de água é improvisado na comunidade Representantes da Comunidade Tradicional de Antônio Maria Coelho, em Corumbá, pantanal de Mato Grosso do Sul, anunciaram a intenção de construir por conta própria um sistema de abastecimento de água para as famílias do local. A decisão foi anunciada em reunião no Ministério Público Federal

Reservatórios das hidrelétricas chegam ao fim do período chuvoso com menor nível desde 2001

  Cantareira. Foto BBC/Reuters   O nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste chegou ao fim do período chuvoso menor do que o esperado pelo governo. Nessa segunda-feira (28), o armazenamento estava em 38,16% da capacidade máxima, o menor registrado desde 2001, quando chegou a 32,18%. A expectativa inicial do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) era que o nível de água dos reservatórios desse sistema, responsável pela geração de 70%

Mesmo com reservatórios mais baixos, governo descarta racionamento de energia

  Sistema Cantareira - Sabesp/Divulgação/ABr   Apesar dos baixos níveis de reservatórios das hidrelétricas brasileiras e da economia voluntária feita pelos consumidores, o governo federal continua descartando o racionamento de energia. Ontem (29), o secretário de Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Altino Ventura Filho, disse que o estoque é suficiente para passar pelo período de seca e chegar até as próximas chuvas. Ao chegar na Universidade Federal do Rio de Janeiro

Especialistas defendem ação do governo para evitar desabastecimento de energia

    Com o nível dos principais reservatórios das hidrelétricas abaixo do esperado ao final do período chuvoso, especialistas da área energética defendem que o governo tome uma posição mais firme para diminuir o consumo de energia no país, e assim evitar um desabastecimento no fim do ano. Nessa segunda-feira (28), o armazenamento dos reservatórios do Sudeste e do Centro-Oeste estava em 38,16% da capacidade máxima. De maio até o final de

Nota Pública em repúdio ao acirramento das agressões contra jornalistas no Rio

    É inaceitável e injustificável a violência dirigida contra jornalistas, em qualquer caso. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro repudia as agressões físicas e verbais sofridas por jornalistas nos últimos dias durante o exercício da profissão. A violência têm partido não só de policiais militares e outros agentes públicos, como também creditadas a traficantes de drogas e de indivíduos que participam de manifestações públicas. Jornalistas precisam ser

Especialistas examinam os efeitos dos 21 anos de ditadura na sociedade contemporânea

    Passaram-se cinco décadas, outras tantas se passarão e o golpe de 1964 permanecerá selando nossa realidade. Quem o diz é o saber científico acumulado em anos de artigos, livros publicados e projetos de pesquisa nas melhores instituições de ensino do país. Parte do que somos, do que poderíamos ser e do que jamais seremos está ligada à herança do regime militar no Brasil. De um lado, caminhamos para a sétima eleição

Top