Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.601, de 28/05/2012

  Clima e Vaidade, artigo de Efraim Rodrigues O despejo da Ocupação Eliana Silva, BH/MG: A Ruptura de um Sistema 'Democrático', artigo de Elcio Pacheco De volta à mão visível: os desafios da Segunda Cúpula da Terra no Rio de Janeiro (Rio+20), artigo Ignacy Sachs DEM irá à Justiça contra nova MP sobre Código Florestal Com vetos ao novo Código Florestal, Planalto compra nova briga com Congresso 'Os vetos ao código

Clima e Vaidade, artigo de Efraim Rodrigues

  [EcoDebate] Certo professor universitário afirma na TV que o efeito estufa não existe. Pouparei você de dizer quantos milhares de pesquisadores pensam diferente porque seria um argumento tão rasteiro quanto os dele. Ciência não se faz com voto ou opinião mas com fatos. E os fatos são tantos que posso me dar ao luxo de escolher os mais fotogênicos e intuitivos. Escolha uma montanha gelada, qualquer uma entre as muitas com

O despejo da Ocupação Eliana Silva, BH/MG: A Ruptura de um Sistema ‘Democrático’, artigo de Elcio Pacheco

  A RUPTURA DE UM SISTEMA “DEMOCRÁTICO”. Por Elcio Pacheco1 Ao povo brasileiro. [EcoDebate] Em Minas Gerais e Belo Horizonte ocorreu uma fratura séria e grave na espinha dorsal do Estado de Direito Democrático. Coluna esta que sustenta todas as estruturas institucionais brasileiras, pelo menos deveria ser assim. Explico. Em 21 se abril de 2012, por desespero e por motivo de ausência de políticas públicas destinadas a atender a demanda por moradia em

De volta à mão visível: os desafios da Segunda Cúpula da Terra no Rio de Janeiro (Rio+20), artigo Ignacy Sachs

  Em junho de 2012, o Rio de Janeiro sediará, pela segunda vez em vinte anos, a Cúpula da Terra das Nações Unidas, uma homenagem ao papel de liderança exercido pelo Brasil na busca de estratégias de desenvolvimenmento socialmente includentes1 e ambientalmente saudáveis, tanto em âmbito nacional como em global. O Brasil e a Índia são dois possíveis "Abre-alas" do bloco de países emergentes, fadado a desempenhar papel cada vez mais

DEM irá à Justiça contra nova MP sobre Código Florestal

  O vice-líder do DEM Ronaldo Caiado (GO) informou que o seu partido vai apresentar mandado de segurança contra a decisão, anunciada nesta sexta-feira (25) pelo Executivo, de enviar uma medida provisória ao Congresso para legislar sobre os pontos que serão vetados pela presidente Dilma Rousseff no novo Código Florestal. Conforme argumentou Caiado, o inciso IV do artigo 62 da Constituição brasileira proíbe a edição de MPs sobre matéria “já disciplinada em

Com vetos ao novo Código Florestal, Planalto compra nova briga com Congresso

  Ao divulgar as diretrizes do que deseja para o novo Código Florestal brasileiro nesta sexta-feira, o Palácio do Planalto faz média com o setor ambiental light a quatro semanas da Rio+20 e estende mais uma vez a corda com um Congresso Nacional com quem tem tido uma relação de repetidos embates, ao propor profundas modificações no texto final da Câmara. A presidente Dilma Rousseff esteve a um passo do veto total,

‘Os vetos ao código (florestal) retiraram o pior do pior’, diz o professor Thomas Lewinsohn

  No último dia 21, o professor Thomas Lewinsohn, presidente da Associação Brasileira de Ciência Ecológica e Conservação e professor do Departamento de Biologia Animal da Universidade de Campinas (Unicamp), encaminhou à presidente Dilma Rousseff um apelo contundente pela preservação do capital natural do Brasil. “Poucas decisões serão tão difíceis de serem retificadas futuramente, caso necessário, como as que concernem a legislação ambiental. Deliberações sobre a economia, educação, saúde ou outras demandas

‘Caminho do Esgoto de Juazeiro’ questiona a execução do Projeto de Revitalização do Rio São Francisco

  "Na trilha das baronesas: o Caminho do Esgoto de Juazeiro-BA". Esse é o título do curta-documentário apresentado na tarde de sexta, 25/5, durante a Miniplenária de Transposição/Revitalização do III Encontro Popular da Bacia do Rio São Francisco, que aconteceu até domingo em Januária, interior de Minas Gerais. Os 12 minutos do vídeo, resultado de uma pesquisa realizada pela Articulação Popular São Francisco Vivo em parceria com estudantes universitárias de Juazeiro/Petrolina, põe

Crianças e adolescentes até 14 anos são os mais expostos a esgoto e lixo nas cidades

  Crianças e adolescentes até 14 anos vivem em áreas urbanas com os piores índices de infraestrutura em torno dos domicílios. É o que mostra pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada no dia 25/5. Segundo a publicação, elaborada com base no Censo 2010, essa faixa etária é a que mais está em contato com esgoto a céu aberto (15%) e lixo (sem coleta, 9,1%). Portanto, exposta a

Rio+Leaks: veja nova versão do documento que será negociado na Rio+20 oficial, não divulgado pela ONU

  A Cúpula dos Povos divulga em primeira mão a mais recente versão do documento que servirá de base para as discussões na Rio+20 oficial (o ‘rascunho zero’), distribuída apenas para os grupos negociadores das Nações Unidas – Estados-membros, organizações intergovernamentais e Major Groups. No espírito Wikileaks, esta divulgação de um documento mantido fora do alcance do público pela ONU é apenas a primeira da série que chamamos de Rio+Leaks. As Nações Unidas

Disputa por terras entre Forças Armadas e quilombolas será tema da Cúpula dos Povos da Rio+20

  Para dar visibilidade a violações de direitos de comunidades quilombolas em conflito com as Forças Armadas, o tema será levado à Cúpula dos Povos, evento da sociedade civil paralelo à Rio+20, em junho. A disputa nasce da ocupação tradicional de áreas de interesse militar na Bahia, no Rio de Janeiro e Maranhão. De acordo com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o impasse é um entrave para emissão

MST: ‘Soberania alimentar é a solução para os problemas discutidos na Rio+20’

  [Por José Coutinho Júnior, da Página do MST] A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, mais conhecida como Rio+20, irá reunir chefes de Estado e representantes de vários países para debater soluções para a crise ambiental que vivemos. Em contraste com a ECO 92, conferência realizada em 1992, que debateu o mesmo tema com maior respaldo da sociedade civil, a Rio+20 apresenta a supremacia dos interesses das empresas transnacionais e

Top