Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.521, de 31/01/2012

  Diagnóstico dos Resíduos Sólidos de Mineração no Brasil, artigo de Antonio Silvio Hendges DNOCS X Convivência com o Semiárido, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) A Vale, os miseráveis e a mídia, artigo de Rogério Almeida 'Cultura' do dinheiro, artigo de Bruno Peron Loureiro A PERCEPÇÃO DOS ATORES ENVOLVIDOS NA INCINERAÇÃO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE – MG, artigo de Marcos Paulo Gomes Mol e Lisete

Diagnóstico dos Resíduos Sólidos de Mineração no Brasil, artigo de Antonio Silvio Hendges

  [EcoDebate] O Plano Nacional de Resíduos Sólidos disponível no site do Ministério do Meio Ambiente (www.mma.gov.br) faz um diagnóstico da situação dos resíduos de mineração no Brasil. Este setor é essencial à economia do país com 4,2% do Produto Interno Bruto – PIB, 20% das exportações e 20% da mão de obra industrial com 1 milhão de empregos diretos. São gerados dois tipos principais de resíduos: a) estéreis são os

DNOCS X Convivência com o Semiárido, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  [EcoDebate] O DNOCS (Departamento Nacional de Obras contra a Seca) foi criado em 1909, ainda como IOCS (Inspetoria de Obras Contra a Seca), depois como IFOCS (Inspetoria Federal de Obras Contra a Seca). Durante décadas foi considerado como a maior empreiteira da América Latina. A concepção do Departamento era equivocada em si mesma, isto é, combater a seca. Claro, nenhum país do mundo criou algum departamento para combater a neve, ou

A Vale, os miseráveis e a mídia, artigo de Rogério Almeida

Fiquei chafurdando na rede a procura de alguma matéria especial sobre o premio “Oscar da Vergonha” conferido a empresa Vale, no derradeiro dia 27, em Davos pela Publics Eye Awards, prêmio organizado anualmente pelas organizações internacionais Greenpeace, da e Declaração de Berna. A edição de domingo é considerada o filé mignon dos diários. Não encontrei nada nos grandes jornais, e menos ainda nos impressos locais. Fiz o mesmo com as revistas,

‘Cultura’ do dinheiro, artigo de Bruno Peron Loureiro

  [EcoDebate] Bendita a época em que o dinheiro deixará de ser um artifício de deturpações, ganâncias e vaidades, resgatará a finalidade de sua criação, e voltará a ser unicamente facilitador de trocas de valores, cujo procedimento era feito pelo escambo (troca de bens ou serviços). Haverá um tempo em que migrantes não sairão em busca de trabalho, uma vez que seus lugares de origem saciarão a demanda, o dinheiro não será

A PERCEPÇÃO DOS ATORES ENVOLVIDOS NA INCINERAÇÃO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE – MG, artigo de Marcos Paulo Gomes Mol e Lisete Celina Lange

Marcos Paulo Gomes Mol (1) Engenheiro Ambiental pela Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP. Mestre em Saneamento e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Coordenador do Serviço de Gestão Ambiental da Fundação Ezequiel Dias – FUNED. Lisete Celina Lange Graduada em Química pela Universidade Federal do Paraná, mestrado e doutorado na Inglaterra - University of London - em Tecnologia Ambiental. É professora associada do Departamento de

Mudanças Climáticas: Secas intensas no leste da África poderão ser mais frequentes

  [Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Padrões de chuva, ao longo do leste da África, mudaram de uma maneira que faz com que secas severas tornem-se uma tentência provável. A região, que já é atormentada pela pobreza extrema, experimentou sua pior seca em 60 anos, no período 2010/2011. A seca do ano passado ocorreu porque a estação chuvosa foi insuficiente. Nós já sabemos que o 'gatilho' para o fracasso do "chuvas de curta

Coordenador estima que até 50 mil pessoas exerçam atividades em condições análogas à escravidão no Brasil

  O coordenador da Campanha Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, vinculado ao Ministério Público do Trabalho, frei Xavier Plassat, estima que, no país, haja de 20 a 50 mil pessoas exercendo atividades em condições análogas à escravidão. “Na verdade, libertar escravos não basta para acabar com o problema, mas o Brasil está mostrando uma boa capacidade em atacar a questão, por meio de um grupo móvel de fiscalização bem eficiente. Mas

MPF/MG denuncia produtor de café de Alpinópolis por trabalho escravo

  O fazendeiro já fazia parte da lista suja de trabalho escravo do Ministério do Trabalho e Emprego, em virtude de ocorrência anterior O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o proprietário da Fazenda Ponte Alta, E.S.V, e seu empregado J.D.L.S pelos crimes de trabalho escravo e aliciamento de trabalhadores. Durante uma fiscalização efetuada por equipe do Ministério do Trabalho e Polícia Federal na propriedade situada na zona rural do Município de Alpinópolis, sudoeste

Nenhum projeto sobre Pagamento por Serviços Ambientais no Congresso tem amparo constitucional, diz estudo

  O Pagamento por Serviços Ambientais, tema defendido em 2011 pelos senadores durante os debates do projeto de lei do novo Código Florestal, precisa ser definido pelo Executivo, como prevê a Constituição Federal. Estudo feito pelo analista legislativo do Senado, Marcus Peixoto, mostra que nenhum dos 13 projetos que tramitam no Congresso tem amparo constitucional. “Em resumo, o Parlamento não pode apresentar proposições legislativas sobre planos e programas, posto que são ações

Painel sobre Sustentabilidade Global da ONU afirma que futuro precisa ser baseado em custos reais para as pessoas e o meio ambiente

  Agora mais do que nunca, os líderes precisam se concentrar no que mais importa – a resiliência de longo prazo das pessoas e do planeta. É o que afirma o o Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global, que apresentou hoje (30/1) seu relatório ao Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon, em Adis Abeba (Etiópia). O Painel é composto por 22 membros e foi criado pelo Secretário-Geral em agosto de 2010 para

Benefício da natação é comprovado para o tratamento e controle da asma infantil

  O trabalho “Avaliação espirométrica e da hiperresponsividade brônquica de crianças e adolescentes com asma” apresentado pelos pesquisadores do Centro de Investigação em Pediatria (CIPED) da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, ficou entre os finalistas do VI Prêmio Saúde 2011, promovido pela revista SAÚDE! É Vital da Editora Abril. O grupo, liderado pelo professor José Dirceu Ribeiro, foi destaque na categoria Saúde da Criança. O estudo foi apresentado

Salvar vidas ou o capital? artigo de Frei Betto

  [Correio Braziliense] O melhor papai-noel do mundo mereceram 523 instituições financeiras europeias quatro dias antes do Natal: 489 bilhões de euros (o equivalente a R$ 1,23 trilhão), emprestados pelo BCE (Banco Central Europeu) a juros de 1% ao ano. Curiosa a lógica que rege o sistema capitalista: nunca há recursos para salvar vidas, erradicar a fome, reduzir a degradação ambiental, produzir medicamentos e distribuí-los gratuitamente. Em se tratando da saúde dos

Especialistas da ONU afirmam que uso dos recursos naturais da Terra já está se excedendo

  ONU diz que é preciso adotar nova economia para salvar o planeta - Painel de especialistas divulgou nesta segunda relatório sobre o tema. Documento pretende ser ferramenta de trabalho na Rio+20, em junho. Do Globo Natureza, com agências internacionais* Um grupo especialistas e políticos de alto nível formado pela Organização das Nações Unidas (ONU) ressaltou nesta segunda-feira (30) a urgência de adotar novas vias de desenvolvimento para salvar o mundo de

Economia ‘verde’ busca avanço na Rio+20

  Meta é diminuir impacto de produção e locomoção: agricultura, transportes, energia, lixo, indústria e água são estratégicos Um dos temas eleitos pela ONU para a Rio+20 é a economia verde, conceito que designa um modelo de desenvolvimento baseado em baixa queima de carbono, eficiência no uso dos recursos e inclusão social. Grosso modo, a ideia é “esverdear” a economia, estudando soluções de investimento nos setores verdes - e em outros originalmente

Presidente acena com vetos ao Código Florestal

  Ao aproximar-se de movimentos sociais durante o Fórum Social Mundial Temático, que terminou ontem (29), a presidente Dilma Rousseff garantiu que o novo Código Florestal, em tramitação na Câmara, "não será o texto dos sonhos dos ruralistas". Em reunião com 80 entidades da sociedade civil, na semana passada, a presidente sinalizou que vai barrar propostas que aumentem o desmatamento, caso sejam aprovadas pelo Congresso. O aceno de Dilma foi bem recebido por

Fatores ambientais podem estar por trás do aumento dos casos de alergia alimentar

  Especialistas observam crescimento na procura por médicos e tratamentos; sem atendimento correto, reações alérgicas podem levar à morte De repente, uma porção de petiscos saborosos se transforma em uma cadeia de reações indesejadas. O corpo fica coberto de manchas avermelhadas e o ar, mais difícil de respirar. Os olhos e a boca incham. É o corpo criando sintomas para denunciar uma reação alérgica a algum alimento - ainda que isso nunca

Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.520, de 30/01/2012

  Do Fórum Social de Porto Alegre à Cúpula dos Povos no Rio (Rio+20), artigo de Esther Vivas Os porquinhos vão à praia em todo o Brasil, artigo de Eloy F. Casagrande Jr. Educação contra a economia verde, por Raquel Júnia Destaques do Fórum Social Temático (FST) Trigo perderá produtividade em um mundo mais quente Movimentos sociais fazem balanço do FST e preparam mobilizações para Rio+20 No Dia de Combate ao

Do Fórum Social de Porto Alegre à Cúpula dos Povos no Rio (Rio+20), artigo de Esther Vivas

  [EcoDebate] Os debates, seminários, grupos de trabalho, atos culturais... continuam no Fórum Social Temático: Crise capitalista, justiça social e ambiental que nestes dias têm lugar em Porto Alegre (Brasil). Um dos temas centrais, abordado em múltiplas atividades, é como enfrentar a crise ecológica e climática global, combater o capitalismo verde e acordar propostas de ação e mobilização que permitam a coordenação das lutas. De olho na Cúpula dos Povos pela Justiça

Os porquinhos vão à praia em todo o Brasil, artigo de Eloy F. Casagrande Jr.

  Lixo na praia de Copacabana, RJ, ao final de um domingo de verão. [EcoDebate] Era uma vez três porquinhos...que se multiplicaram em foram a praia! O título do último artigo de dezembro de 2011 publicado na coluna da jornalista Ruth de Aquino, da revista Época, define bem nossa relação com o lixo: “Os porquinhos vão à praia”. A jornalista se mostrava indignada com a situação das praias do Leblon e Ipanema,

Top