Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.298, de 15/03/2011

Fugindo das multidões, artigo de Montserrat Martins Haiti e Japão, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Áreas de Risco, Geologia e Urbanismo, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Senciência nos animais? artigo de Fernanda Tripode Cooperativa de crédito: alternativa aos bancos privados, artigo de Paulo Kliass Mais de 600 pessoas participaram de pescaria-protesto contra Belo Monte no Xingu Catadores do lixão de Gramacho querem que Rio amplie a coleta seletiva de

Fugindo das multidões, artigo de Montserrat Martins

[Ecodebate] Pesquisa da Secretaria da Cultura da Bahia, noticiada na internet, revelou que 77% dos moradores de Salvador fogem do carnaval, não comparecendo a nenhum de seus eventos. Um dado interessante considerando ser aquela uma das regiões mais festivas do nosso país, marcado culturalmente como sendo o “país do carnaval e do futebol”. No sul não deve ser diferente, como já disse o Luís Fernando Veríssimo quando

Haiti e Japão, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

[EcoDebate] A tragédia japonesa – embora ainda longe de ser avaliada em todas as suas dimensões – põe em crise algumas afirmações extremamente arrogantes do mundo da ciência e da técnica, particularmente aquelas postas a serviços de setores poderosos no mundo de hoje. Em primeiro, quando aconteceu o terremoto no Haiti, houve unanimidade em dizer que “se fosse no Japão praticamente não teria conseqüências”. Claro, a tecnologia japonesa evitou o que

Áreas de Risco, Geologia e Urbanismo, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

[EcoDebate] Os graves e recorrentes problemas de ordem geológico-geotécnica que têm vitimado milhares de brasileiros, como processos de erosão/assoreamento/enchentes, acidentes associados a deslizamentos de taludes e encostas, produção maciça de áreas de risco, têm tido sua principal origem na incompatibilidade entre as técnicas de ocupação urbana e as características geológicas e geotécnicas dos terrenos onde são implantadas. Ou são ocupados terrenos que por sua alta instabilidade geológica natural não deveriam nunca

Senciência nos animais? artigo de Fernanda Tripode

[EcoDebate] Inicialmente importante sabermos o que significa “senciência”. Consiste em “a capacidade que um ser possui para sentir dor, medo, angústia, prazer e alegria”, sendo uma palavra que ainda não consta no dicionário formal da língua portuguesa, somente a palavra “senciente”, definido como aquele “que sente”. Ciência e a “Senciência nos animais” A definição de “senciência” nos animais encontra grande “ceticismo” em alguns segmentos do âmbito científico. Para a grande maioria dos

Cooperativa de crédito: alternativa aos bancos privados, artigo de Paulo Kliass

Tanto a existência de uma rede de bancos públicos quanto de um sistema cooperativo de crédito podem atuar no sentido de uma alternativa à forma injusta e exploradora que caracteriza o sistema bancário privado. O que falta é vontade política para enfrentar o poderio da banca privada. [EcoDebate] A história das cooperativas e do movimento cooperativista no Brasil não contribui muito para que se pense de forma efetiva a possibilidade das

Mais de 600 pessoas participaram de pescaria-protesto contra Belo Monte no Xingu

Os cerca de 250 pescadores de Altamira, Vitória do Xingu, Belo Monte, Senador José Porfírio e Porto de Moz que saíram na “Grande Pescaria em Defesa do Xingu e contra Belo Monte” na última sexta, dia 11, retornaram ontem, 14, a Altamira, com cerca de 6 toneladas de peixes (pirarara, pacu, piranha, surubim, tucunaré, cachorra, pescada, curimata, poraquê, etc). A pescaria, que se encerrou neste dia internacional de luta contra

Catadores do lixão de Gramacho querem que Rio amplie a coleta seletiva de lixo

Os catadores do lixão de Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, querem que a prefeitura carioca invista em projetos de conscientização para a separação do lixo reciclável e remunere as cooperativas que coletarem esses materiais nos condomínios da cidade. É da capital fluminense que vem a maior parte do lixo descartada no lixão de Jardim Gramacho. Com o anúncio do fechamento da unidade até o fim do ano, os

DNPM deve declarar nulos todos os títulos minerários concedidos em terras indígenas

Recomendação também pede indeferimento de todos os pedidos de pesquisa mineral ou requerimento de lavra em terras indígenas de todo o país, ainda em trâmite na autarquia O Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR) por meio do procurador Rodrigo Timoteo da Costa e Silva, recomendou ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) que declare nulos todos os títulos minerários concedidos em terras indígenas no território nacional e indefira todos os pedidos

Pesquisa testa coquetel enzimático na produção de biocombustível

O aumento do aproveitamento da cana-de-açúcar na produção de etanol e a utilização de novas matérias-primas na produção de biocombustíveis são os objetivos de pesquisa no Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP. Os estudos são voltados principalmente à produção do chamado “coquetel enzimático”, onde fungos têm sido cultivados para a produção de enzimas que, uma vez injetadas em biomassas específicas, tem o objetivo de torná-las mais

Energia nuclear é perigosa e ultrapassada, artigo de Judith Hartl

Central Nuclear de Fukushima. Foto: Reuters/AE Os trágicos acontecimentos no Japão comprovam mais uma vez que a energia nuclear é incontrolável. Está na hora de deixá-la de lado e investir nas alternativas para o futuro, opina a jornalista de ciência Judith Hartl. A catástrofe nuclear no Japão vai mudar o mundo, e de forma permanente. Ela deixa claro o quão perigosa e incontrolável a energia atômica de fato é. Sim, conseguimos controlar

A ilusão japonesa de domar o átomo nuclear

Defesa civil busca moradores de Otama, nos arredores da usina. Quase 500 estavam na região na hora da explosão. Foto: DW Os japoneses redescobrem a energia nuclear "ruim", provocando o declínio da ilusão de ter domado o átomo. Na cabeça de muitos japoneses, um povo ferido por Hiroshima e Nagasaki, havia se enraizado a ideia de que ser pró-energia atômica era sinônimo de pacifismo . A reportagem é de Renata Pisu,

Top