Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.285, de 22/02/2011

Imagens também são 'memes', artigo de Montserrat Martins Gestão Ambiental nas empresas, artigo de Antonio Silvio Hendges Licenciamento Ambiental Flex, artigo de Ana Echevenguá Derrotados pelo peso (3), artigo de Américo Canhoto Da roça ao mestrado em agroecologia em Cuba, artigo de Poliane Oliveira Dutra Investir 2% do PIB mundial em atividades sustentáveis faria o PIB global crescer 15,7% até 2050 Exploração de trabalho contamina produção de etanol Missão internacional fará denúncias contra barragens na Amazônia Justiça impede

Imagens também são ‘memes’, artigo de Montserrat Martins

[EcoDebate] Passageiros do trem-bala, na Europa, não conseguem distinguir as imagens dos outdoors no trajeto, pela velocidade do trem. Mesmo assim, numa experiência em que foram colocadas imagens de refrigerantes, foi comprovado que ao desembarcar os passageiros passaram a pedir por aquela bebida no bar. Quer dizer, mesmo as imagens que o cérebro “não tem tempo” de tomar consciência são “sub-percebidas” pelos nossos órgãos dos sentidos (a visão, no

Gestão Ambiental nas empresas, artigo de Antonio Silvio Hendges

[EcoDebate] As finalidades e objetivos de um gerenciamento ambiental nas empresas devem estar em consonância com o conjunto de atividades desenvolvidas e não podem ser vistos ou executados como elementos ou ações isoladas. As empresas ao adotarem um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) e/ou uma política ambiental devem considerar que após estabelecidos os critérios e práticas estas precisam ser cumpridas integralmente, buscando sempre o aperfeiçoamento e a melhoria contínua do

Licenciamento Ambiental Flex, artigo de Ana Echevenguá

[EcoDebate] Saiu no Diário Catarinense de ontem1: “O presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Murilo Flores, diz estar entusiasmado com os resultados do novo sistema de licenciamento ambiental adotado na casa. Além de uma comissão central, foram criadas 14 comissões regionais para análise das licenças a serem emitidas. Ele avalia que, com mais debates, há melhora na qualidade das licenças autorizadas, o que traz ganhos a empreendedores e à

Derrotados pelo peso (3), artigo de Américo Canhoto

[EcoDebate] Continuando a luta. Inevitável que as crianças repitam os adultos, copiem e fixem no subconsciente sua forma distorcida de perceber a realidade – depois, já adultos repassem para as crianças... Sem dúvida o problema mais crucial da humanidade é a educação formadora das culturas, sistemas de crenças e hábitos. A CULTURA FORMANDO HÁBITOS ALIMENTARES. A situação geográfica, o clima e o sistema de vida também assumem um papel de peso na formação do

Da roça ao mestrado em agroecologia em Cuba, artigo de Poliane Oliveira Dutra

Da roça ao mestrado em agroecologia em Cuba Poliane Oliveira Dutra1 “Oportunidades surgem na vida da gente graças a muita luta do povo pobre organizado.” (Poliane) [EcoDebate] Todas as fases da vida são muito importantes desde que nascemos até quando, pela morte, passamos para a vida plena. Acredito que a juventude é a fase mais linda e mais forte da vida. Faço esta afirmação sabendo que corro o risco de estar cometendo

Investir 2% do PIB mundial em atividades sustentáveis faria o PIB global crescer 15,7% até 2050

Investimento de 2% do PIB mundial em um novo modelo econômico pode combater a pobreza e gerar um crescimento mais verde e eficiente Novo relatório do PNUMA destaca Políticas Públicas Sustentáveis e Trajetória de Investimento Rumo à Rio +20 De acordo com o relatório lançado hoje pelo PNUMA, investir dois por cento do PIB mundial em dez setores estratégicos pode ser o pontapé inicial para

Exploração de trabalho contamina produção de etanol

Trabalhadores recebem por produção, o que leva muitos a morrerem de exaustão Estudo revela as condições das famílias dos camponeses responsáveis pelo corte da cana-de-açúcar Estudo desenvolvido na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP identificou os efeitos que a migração sazonal de camponeses do Vale do Jequitinhonha – para o corte de cana-de-açúcar e produção de açúcar e etanol – causa nas famílias desta localidade, considerada uma

Missão internacional fará denúncias contra barragens na Amazônia

De 20 de fevereiro a 2 de março, uma missão composta por lideranças de comunidades indígenas ameaçadas pelos projetos hidrelétricos de Belo Monte, no Xingu, Complexo Madeira, em Rondônia, e Pakitzapango, no Rio Ene (Peru), percorrerá quatro cidades européias – Oslo, Genebra, Paris e Londres – para reuniões e atividades com membros de governos, membros das Nações Unidas, empresas, ONGs e imprensa, para denunciar os impactos dos projetos e

Justiça impede construção de condomínio de luxo a menos de 100m do Lago de Furnas

Liminar foi concedida em ação do MPF/MG que contesta licenças concedidas por órgãos ambientais do Estado A Justiça Federal em Passos (MG) paralisou a comercialização das unidades imobiliárias do condomínio Marinas Portobello que estejam inseridas na faixa de cem metros do nível máximo de cheias do Lago de Furnas. Em caso de descumprimento, a multa foi fixada em R$ 390 mil por unidade comercializada. Os empreendedores também ficam impedidos de intervir de

Fiocruz vai estudar motivos da opção por parto normal ou cesariana e avaliar as consequências da escolha

Uma equipe de pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública (Enasp), ligada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vai investigar os motivos que levam a mulher a optar pelo parto normal ou pela cesariana e avaliar que consequências a escolha pode trazer para a mãe e o recém-nascido. Com base em 24 mil entrevistas que serão realizadas em hospitais públicos e privados em todos os estados, os pesquisadores procurarão saber quais fatores

PDS Esperança: conflitos e esperança. Entrevista com Amaro Lopes de Souza

“A justiça é muito lenta para liberar as terras que estão sob júri. Em função dessa demora na regularização das terras, as pessoas vão ocupando as áreas ilegais e o setor madeireiro se aproveita desse povo simples para retirar a madeira ilegal. O conflito se dá em função disso”, resume Pe. Amaro Lopes de Souza, ao explicar a origem dos conflitos entre famílias assentadas legal e ilegalmente no Projeto de

Top