Índice da edição de 06/10/2009

Perda dos predadores primários contribui para o colapso de ecossistemas, por Henrique Cortez Brasil e o Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social–SNHIS, artigo de Carol Salsa ‘Çim Nóis Pode’, artigo de Júlio Wandam Votorantim continua causando morte no rio São Francisco, denúncia de Frei Gilvander Moreira Defensoria entra com ação contra expansão de monocultura de eucaliptos em Piquete, no Vale do Paraíba Audiência pública discutirá possíveis irregularidades na Usina de Estreito, MA SC: assentados produzem

Perda dos predadores primários contribui para o colapso de ecossistemas, por Henrique Cortez

A perda de predadores primários está causando uma explosão dos predadores secundários (mesopredadores) ao redor do mundo. Nesta imagem, o extermínio de lobos pode permitir que as populações de coiotes aumentem que, por sua vez, pode suprimir populações de gatos selvagens, levando ao aumento de roedores, etc. Estes efeitos em cascata são mal compreendidos, mas estão causando perturbações em ecossistemas ao redor do mundo, dizem cientistas. (Ilustração de Piper

Brasil e o Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social–SNHIS, artigo de Carol Salsa

Habitações em área de risco (enconstas instáveis) [EcoDebate] O Brasil é considerada a 10ª economia do mundo e registra um déficit da ordem de 8 milhões de moradias. Esse número traz consequências graves para a sociedade, como a desordem urbana, condições insuficientes de saúde, educação saneamento e segurança, além da desestruturação familiar. Investir em habitação de interesse social significa combater diretamente todos esses problemas, reduzindo os gastos públicos a outras

‘Çim Nóis Pode’, artigo de Júlio Wandam

É impressionante a forma como discursam os políticos quando precisam conquistar suas metas. Um país como o Brasil, com rica biodiversidade, águas doces em quantidade, fortunas incomensuráveis em minérios abaixo das florestas que desmatam para criar gado (?) na Amazônia, com petróleo à perder de vista no chão brasileiro, na costa marítima e agora descoberto milhões de barris de petróleo no famoso "pré-sal"; Posar de "coitado" (?) e de "sofrer preconceitos"

Votorantim continua causando morte no rio São Francisco, denúncia de Frei Gilvander Moreira

Fotografia da Barragem de rejeitos minerários da Votorantim Metais, em Três Marias, ao lado do rio São Francisco. Ao fundo, barragem, cor verde. Embaixo, água suja do rio São Francisco. Um técnico em mineração me disse: “Construir uma barragem de rejeitos de mineração com metais pesados na beira de um rio é um absurdo, um crime de lesa-pátria.” Isso a Votorantim fez, após jogar os rejeitos minerários diretamente no rio

Defensoria entra com ação contra expansão de monocultura de eucaliptos em Piquete, no Vale do Paraíba

Monocultura de eucalipto A Defensoria Pública do Estado em Taubaté ajuizou na última terça (29/09) Ação Civil Pública (ACP) para que seja suspenso o corte e transporte de eucaliptos até a realização de estudos de impacto ambiental e audiências públicas em razão da expansão da monocultura no município de Piquete, no Vale do Paraíba. A ação também busca impedir a utilização de potente herbicida no plantio e conservação de mudas de

Audiência pública discutirá possíveis irregularidades na Usina de Estreito, MA

A audiência acontecerá no dia 9 de outubro, às 9h, na Câmara Municipal de Vereadores no município de Estreito (MA). A Procuradoria da República no Município de Imperatriz está convocando toda a comunidade - especialmente os impactados pela realização da Usina Hidrelétrica de Estreito - para a realização de audiência pública, na qual serão discutidas possíveis irregularidades no pagamento de indenizações e reassentamentos da comunidades atingidas pela construção da usina. 19511

SC: assentados produzem sementes orgânicas de hortaliças

Técnico da Ates, Rodrigo Dutra, no canteiro de mudas para a produção de sementes orgânicas. Foto de Fernando Goss A produção de sementes de hortaliças orgânicas está possibilitando uma nova perspectiva de renda para agricultores assentados de Santa Catarina. Comercializados com a marca Bionatur, a experiência é iniciativa de uma cooperativa de assentados do Rio Grande do Sul, mas que atualmente vem sendo desenvolvida nos três estados do Sul, além de

Frigoríficos assinam compromisso pelo desmatamento zero na Amazônia

Gado localizado durante a operação Boi Pirata II. Foto Ibama A organização não governamental Greenpeace assinou ontem (5) com os frigoríficos Marfrig, Bertin, JBS-Friboi e Minerva, os grandes maioresbrasileiros, um compromisso para que estas empresas não comprem mais carne de produtores que contribuem com o desmatamento da floresta. Segundo a entidade, 80% das áreas desmatadas na Amazônia são ocupadas pela pecuária. 19505

Funasa se compromete a melhorar atuação na reserva Kadiwéu, em Porto Murtinho (MS)

Entre os problemas encontrados pelo MPF, falta de medicamentos básicos, dificuldade de transporte para os doentes e atendimento médico insuficiente. Revoltados, índios retiveram viatura da Funasa por oito dias. A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) se comprometeu a resolver os diversos problemas apontados pela comunidade da Terra Indígena Kadiwéu, em Porto Murtinho (MS) e confirmados pelo Ministério Público Federal (MPF). O compromisso foi firmado em ata assinada pelo chefe do Distrito

Blogosfera: ‘Junte o seu vídeo ao meu’, Campanha em prol das metas em Copenhague

Olá Henrique Cortez e equipa do Portal Eco-Debate, olá Brasil O meu nome é Luís Rosa, sou de Olhão, Portugal. Ontem comecei a segui-los no twitter e recibi uma direct message vossa a agradecer, mas eu é que agradeço a consideração, invulgar, por uma simples e desconhecida pessoa, como sou eu para vocês. Muito bom Sou o autor dos blogs abaixo e num deles, o “Exigir 350 já” eu lanço uma campanha

Impactos do latifúndio, artigo de Cesar Benjamin

No nosso campo, quem gera emprego e produz comida é a agricultura familiar, mas é a que recebe menos apoio [Folha de S.Paulo] Apesar de sua extensão, o Brasil, durante séculos, foi um país de porte pequeno ou médio, com população concentrada no litoral e agricultura em polos exportadores ou em torno de centros urbanos. A hileia e o cerrado não contavam; a pampa e a caatinga contavam precariamente para uma

Top