Índice da edição de 20/12/2008

A edição n. 18 da revista Cidadania & Meio Ambiente já está disponível para acesso e/ou download E o CONAMA legitimou o lixão…, artigo de Ana Echevenguá O espalhamento da desordem, artigo de Rafael Linden Pescadores denunciam mortandade de surubins causada pela contaminação de Metais Pesados da Votorantim Metais em Três Marias Novo relatório cientifico diz que os EUA sofrerão severos impactos com as mudanças climáticas, por Henrique Cortez Ex-secretário de meio ambiente do Pará

E o CONAMA legitimou o lixão…, artigo de Ana Echevenguá

Há tempos, bato na mesma tecla: o SISNAMA faliu; não cumpre seus propósitos e precisa ser extinto. Por quê? Porque ele vem legislando em prol da destruição contínua do meio ambiente, com danos incalculáveis aos atingidos por este flagelo. Será que só eu enxergo isso, leitor??? Os órgãos do SISNAMA (CONAMA e os demais conselhos do meio ambiente) possuem um único objetivo: flexibilizar a nossa legislação, inflados pelo lobby das empresas

O espalhamento da desordem, artigo de Rafael Linden

“Horrores como o roubo de donativos de vítimas de enchentes e, provavelmente, crimes mais graves, bem como todo o cenário de desprezo pelo bem público e pelos outros em geral giram em torno de um círculo vicioso” Rafael Linden é professor do Instituto de Biofísica da UFRJ e membro da Academia Brasileira de Ciências. Artigo enviado pelo autor ao “JC e-mail”: 7831

Pescadores denunciam mortandade de surubins causada pela contaminação de Metais Pesados da Votorantim Metais em Três Marias

Carta Denúncia dos Pescadores – Janúaria, 10 á 11 de dezembro de 2008. Mortandade de Surubins continua no São Francisco: Contaminação de Metais, Votorantim Três Marias. Leis dificultam a pesca Nós pescadores da região do Alto e Médio São Francisco, reunidos nos dias 10 e 11 de dezembro, no município de Januária, estamos novamente denunciando a mortandade de Surubins causada pela contaminação de Metais Pesados da Votorantim Metais em Três Marias. 7828

Novo relatório cientifico diz que os EUA sofrerão severos impactos com as mudanças climáticas, por Henrique Cortez

A crença de que os EUA sofreriam poucos e mitigáveis impactos com as mudanças climáticas é um mito com mais de uma década e que se fixou no imaginário popular e nas políticas públicas, relacionadas ao aquecimento global, dos governos Clinton e Bush. No entanto, um novo estudo diz que os Estados Unidos podem sofrer os efeitos das mudanças climáticas bruscas de forma mais intensa e mais cedo do que os

Ex-secretário de meio ambiente do Pará e mais 32 pessoas são denunciados por corrupção

Madeira apreendida, em foto de arquivo MMA Caso ‘Ananias’: MPF acusa Raul Porto de integrar quadrilha que fraudou controle de comércio de madeira no Estado. O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça nesta quinta-feira, 18 de dezembro, 33 pessoas por envolvimento em um esquema formado para dar aparência de legalidade à comercialização irregular de madeira no Pará. Entre os acusados estão o ex-secretário estadual de meio ambiente Raul Porto e dez

MPF/PA denuncia empresários que enterravam madeira para escapar da fiscalização

Madeira apreendida, em foto de arquivo MMA Eles enterraram 718 metros cúbicos de madeira em Tailândia durante a operação Arco de Fogo, em março desse ano. Os empresários Marcos Antonio Dantas Forte, Francisco Gilton Amorim Belo e Paulo Sérgio Castro de Souza e a madeireira DK Indústria e Comércio de Madeiras Ltda foram denunciados pelo procurador da República Fernando Aguiar à Justiça Federal, por crimes ambientais.

Justiça atende MPF e manda destruir represa ilegal no Marajó

Fazendeiro construiu barragem no lago Arari sem permissão, proibindo acesso de turistas e pescadores a uma área pública. Agora, tem 60 dias para destrui-la. O juiz federal Antônio Carlos de Almeida Campelo, da 5ª Vara da Justiça Federal determinou que o fazendeiro Paulo Lobato de Mattos tem prazo de 60 dias para destruir a barragem que construiu ilegalmente no lago Arari, em Santa Cruz do Arari, na ilha do Marajó, a

Tagged

República Democrática do Congo: destruindo as florestas, os povos e o clima com a atividade madeireira

A floresta tropical da República Democrática do Congo (RDC) –a segunda maior do mundo- está desaparecendo com a atividade madeireira. De acordo com um relatório do The Guardian (1), atualmente uma dúzia de grandes companhias, principalmente européias, dominam a indústria e têm vastas concessões: a Trans-M tem donos libaneses; um outro grupo, que controla aproximadamente 15 m de acres é propriedade dos irmãos portugueses Trindade; a família norte-americana

Amigos da Terra apresentam estudo de caso sobre o impacto da expansão das monoculturas de eucalipto sobre as mulheres

A Friends of the Earth e Movimiento Mundial por los Bosques Tropicales (WRM) estão desenvolvendo o projeto "A FUNÇÃO DA UNIÃO EUROPÉIA NO DESEMPODERAMENTO DAS MULHERES NO SUL ATRAVÉS DA CONVERSÃO DOS ECOSSISTEMAS LOCAIS EM PLANTAÇÕES DE ÁRVORES" e em parceria com o Núcleo Amigos da Terra/Brasil, produziu um estudo sobre a expansão das monoculturas de eucalipto sobre o Pampa gaúcho. A autoria é da bióloga e mestre em Educação

Assentados de Palmas convivem há 7 anos com aterro sanitário

Cerca de 150 toneladas de lixo produzido na capital tocantinense são despejados diariamente em parte da área do Assentamento São João. Apesar dos impactos, 89 famílias tentam tocar a vida como pequenos agricultores Por Jane Cavalcante, da Agência de Notícias Repórter Brasil. Araguaína (TO) - Os moradores do Assentamento São João, próximo à capital Palmas (TO), têm um vizinho inusitado desde 2001: o aterro sanitário da cidade. Cerca de 150 toneladas de lixo

Top