Transnacionais de água e energia denunciadas no Tribunal Permanente dos Povos

Caros(as) Acabamos (REBRIP e MAB-Leandro e Cirineu ) de apresentar a denúncia da SUEZ Energy-Tractebel no Tribunal Permanente dos Povos que està ocorrendo essa semana em Lima-Peru. Expusemos a brutal metodologia da transnacional européia de conversáo de água em mercadoria, a partir dos casos de Cana Brava e Estreito. Junto com a Suez foram denunciadas, no mesmo bloco (água e energia) a Unión Fenosa, a Água de Barcelona

Duas crises e o limite ecológico do mundo. Onde vamos parar? Entrevista especial com Paul Singer

“É preciso criar, através de tributos e subsídios, um desestímulo ao consumo de carnes e derivados. É preciso torná-los mais caros ainda, fazer com que as pessoas voltem a se alimentar de vegetais. Não há outra saída.” Em entrevista concedida por telefone à IHU On-Line, o economista Paul Singer defendeu a esta idéia de desestimular o consumo da carne. Mas ele enfatiza que as crises alimentícia e energética são uma

Marina rebate Lula e vê risco de retrocesso na Amazônia

Ex-ministra afirma que se considera isenta e que poderia ter coordenado o PAS. Petista, que negou que fará oposição ao governo na volta ao Senado, disse que seu sucessor é "qualificado" para vaga no Meio Ambiente. Com a exoneração publicada no "Diário Oficial" da União e ainda sem ter conversado com o presidente Lula sobre a decisão de deixar o Ministério do Meio Ambiente, Marina Silva (PT-AC) apontou ontem o risco

Manifesto do Fórum da Amazônia Oriental: Os desafios da saída da Marina

O Fórum da Amazônia Oriental, Faor, rede genuinamente amazônida, composta por 300 Entidades dos quatro Estados da Amazônia Oriental (organizações não governamentais, movimentos sociais, redes e entidades populares), reunindo a sua coordenação ampliada, em Belém do Pará, nos dias 14 a 16 de maio de 2008, considera corajosa e justa, a decisão da Ministra Marina Silva, em se demitir, vista a necessidade de denunciar os desvios e as ameaças

País corre o risco de ter prejuízo econômico com saída de Marina, afirmam ambientalistas

Europa pode boicotar produtos brasileiros - Ambientalistas europeus afirmaram ontem que a saída de Marina Silva do comando do Ministério do Meio Ambiente pode ter conseqüências desastrosas não só para o meio ambiente, mas também para a economia do Brasil. O ecologista Reinhard Behrend, da ONG alemã Salve a Floresta, afirmou ontem que o Brasil poderá perder seu “selo ecológico”. Já Monica Frassoni, co-presidente dos verdes no Parlamento europeu, afirmou

Projeto Floresta Zero é o novo temor dos ecologistas

Proposta no Congresso permite redução de vegetação nativa - A saída da senadora Marina Silva (PT-AC) do comando do Ministério do Meio Ambiente deixou ambientalistas especialmente preocupados com a possibilidade da aprovação do projeto do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), que permite a redução de reservas com vegetação nativa em fazendas da Amazônia. O projeto já foi aprovado no Senado em primeiro turno e, agora, está em tramitação na Comissão de

Um governo cercado de latifundiários não merece uma Marina, afirma Frei Betto

"Não te merece um governo que se cerca de latifundiários e cúmplices do massacre de ianomâmis. Não te merecem aqueles que miram impassíveis os densos rolos de fumaça volatilizando a nossa floresta para abrir espaço ao gado, à soja, à cana, ao corte irresponsável de madeiras nobres", escreve Frei Betto em artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo, 16-05-2008. Frei Betto acompanhou a trajetória sindical e política de Lula

Termelétrica, UTE Porto do Itaqui: A falácia dissimulante da MPX & EBX e a CPI do Eike Batista, artigo de Ronald de Almeida Silva

Até hoje muitos pensam que a primeira das seis termelétricas [a carvão mineral e/ou óleo] que diversos grupos empresariais – MPX, VALE, Alumar, Gentech e outros – estão propondo encravar na Ilha de São Luís, essa ora badalada da MPX & EBX, é de apenas 360 MW, com consumo de 2.500.000 litros de água do mar e 130 toneladas de carvão mineral POR HORA!!! NÃO É VERDADE. Todos os dados

Espaço dos veículos afinal em questão, artigo de Washington Novaes

[O Estado de S.Paulo] Começam a efetivar-se, já não sem tempo, algumas providências na cidade de São Paulo para tentar reduzir o dramático problema de congestionamentos no trânsito e perda de horas úteis pela população. E começam pelo que já existia há 60 anos e aos poucos foi sendo abandonado: restrições à circulação de caminhões de carga em certos horários e perímetros. 1387

O abate e o fogo, artigo de Miriam Leitão

[O Globo] A Amazônia entrou agora no período do abate das árvores. De maio a julho, é o auge do desmatamento. Depois virá o tempo do fogo; de agosto a outubro. Época perigosa para a mudança de ministro do Meio Ambiente. O presidente Lula procura em Carlos Minc a rapidez das licenças ambientais. Minc precisa ter na equipe quem entenda de Amazônia. Há números ruins rondando. Uma palavra selou a

Dilemas socioculturais dos povos indígenas contemporâneos. Um artigo de Gersem Baniwa

Repercutindo o tema de capa da revista IHU On-Line desta semana, “Em busca da terra sem males: os territórios indígenas”, publicamos a seguir um artigo feito com exclusividade para nossa redação por Gersem Luciano Baniwa, liderança indígena Baniwa. No texto, ele escreve que “A importância da terra, da floresta, dos rios e das montanhas para os povos indígenas se justifica por essa interdependência material e espiritual entre os seres da

Termelétrica, UTE Porto do Itaqui: MPF/MA e Ibama questionam licença

SÃO LUÍS - O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ajuizaram uma ação civil pública contra o estado do Maranhão e a Diferencial Energia Empreendimentos e Participações Ltda, pedindo que seja reconhecida a competência do Ibama para o licenciamento ambiental da Usina Termoelétrica Porto do Itaqui - UTE Porto do Itaqui. 1384

Top