Marketing Sustentável Inovando uma Agroindústria Sustentável

artigo

Marketing Sustentável Inovando uma Agroindústria Sustentável

Artigo de José Rodrigues Filho

[EcoDebate] Nunca o marketing foi tão importante para expandir práticas sustentáveis, tanto na agroindústria como na agricultura, não só nos países desenvolvidos, mas principalmente nos países em desenvolvimento como o Brasil. A Europa tem uma longa história do uso de marketing nestas áreas, principalmente na sua agricultura sustentável, considerando o consumerismo verde e tradições do regionalismo culinário. Vale mencionar que estamos falando de um marketing sustentável e não do marketing tradicional, cujo propósito é completamente diferente.

Se a agricultura é mais do que produzir commodities agrícolas para o mercado global, a agroindústria tem que avançar ainda mais e considerar que produz mercadorias públicas não alimentares importantes para a comunidade – paisagem, preservação de tradições, associação com a sua região e seu povo. Alimento e terra estão intimamente relacionados com a satisfação pessoal, tradições culturais e a qualidade de vida. Assim sendo, a integração da cultura, sabor, lugar, solo e clima complementam a qualidade do alimento.

Pouco é conhecido sobre o potencial do marketing regional no mundo, apesar do aumento da demanda no mercado por qualidades associadas com o regional nos países europeus, Canadá e Estados Unidos. Está mais do que claro que este apoio filosófico para uma agroindústria sustentável deve se alinhar com os sinais do mercado, ajudando o setor realizar mudanças. Além disto, a próxima geração de empreendedores do setor deve ser versátil tanto em marketing sustentável como na produção. Vale lembrar o que foi dito por um agricultor canadense: “Tornamo-nos especialistas na produção e péssimos no marketing. Aprendendo esta lição, estamos tentando vender nossos produtos no mercado de forma inteligente, dando ao consumidor o que ele deseja”.

Neste sentido, torna-se necessário medir as iniciativas de marketing, quando se tenta produzir de forma correta e sustentável. Sustentabilidade, como conceito holístico, englobando um meio ambiente saudável, equidade social e lucros econômicos, nem sempre é atendida por qualquer ação ou iniciativa de marketing sustentável. No caso do Brasil, é difícil falar numa agricultura sustentável, considerando as questões históricas e os acontecimentos dos últimos anos relacionados com o desmatamento da Amazônia e o aumento de agrotóxicos no país. Contudo, no campo da agroindústria é possível desenvolver algumas atividades para fortalecer o marketing sustentável dentro das empresas, visando inovações que levem a sustentabilidade.

O propósito aqui é explorar o marketing sustentável e incorporar motivações, orientações e impactos da inovação de alimentos, criando estratégias efetivas de marketing e planos de apoio a sustentabilidade da agroindústria. Isto numa visão de longo prazo, que inclua múltiplas escalas (local, nacional e global), visando diferentes possibilidades para o futuro dos alimentos. O que se pretende é criar e promover o futuro dos alimentos desejados pelas organizações, comunidade e o mundo. Temos que identificar os objetivos dos consumidores e suas necessidades e desenvolver um autêntico posicionamento, distribuição, promoção e comunicações para os sistemas de uma agroindústria sustentável.

Torna-se necessário investigar como as práticas sustentáveis interagem e coevoluem com as iniciativas de marketing sustentável, visando ligar as inovações institucionais na agroindústria com os mercados. Precisa-se acompanhar como as empresas estão se movimentando em direção às práticas sustentáveis, através de uma mobilização coletiva de seus participantes, tecnologias, recursos e construção de sua capacidade. Assim sendo, é necessário a adoção de enfoques que criem ligações com os mercados, padrões internacionais, técnicas ou modelos de marketing sustentável e educação nutricional, considerando que tanto a comunidade como a dinâmica internacional influenciam inovações institucionais em países em desenvolvimento.

Está havendo um crescente consenso público de que a agroindústria deva se desenvolver dentro de um modelo de intensificação sustentável, com o propósito de atender o grande desafio dos “alimentos seguros para todos”, requerendo inovações do atual sistema agroindustrial. Tradicionalmente o setor focou no desenvolvimento, adoção e difusão de tecnologias voltadas para aumentar produtividade, enfatizando pesquisa e desenvolvimento, dando pouca atenção a outros componentes além da tecnologia.

Portanto, o conhecimento e as práticas de inovação, incluindo a inovação social, nos leva a uma visão mais ampla dos sistemas agroalimentares, com a capacidade de unir outros atores destes sistemas, visando inovações além das tecnologias, tornando-se organizados para o acesso de novas oportunidades de mercados e poder de negociação nestes mercados. Em resumo, as inovações para uma agroindústria sustentável são necessárias tanto do ponto de vista tecnológico quanto institucional, envolvendo práticas da sustentabilidade, incluindo o marketing sustentável.

*José Rodrigues Filho é professor da Universidade Federal da Paraíba. Foi pesquisador nas Universidades de Johns Hopkins e Harvard. Recentemente foi professor visitante na McMaster University, Canadá, onde desenvolveu trabalho sobre Sustentabilidade e Tecnologia da Informação em Saúde. https://jrodriguesfilho.blogspot.com/

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 30/07/2020

 

** Para receber atualizações pelo grupo de notícias do EcoDebate no WhatsApp, adicione o telefone 21 98682-4779 e, em seguida, envie uma mensagem com o texto ADICIONAR. **

Nota da redação: Em relação ao tema “Marketing Sustentável / Sustentabilidade de Marketing” sugerimos que leia, também:

Coleta De Informações: Análise Da Sustentabilidade De Marketing

Comunicações Digitais E Marketing Sustentável

Mix De Comunicação De Marketing Sustentável

Marketing Digital É Chave Para Sobrevivência De PMEs

Sustentabilidade de Marketing para o Setor de Moda

O Marketing Sustentável como Ferramenta para os Negócios Ecoturísticos no Brasil

Pesquisa De Marketing Sustentável Etnográfica: Da Antropologia Cultural A Digital

Marketing Sustentável No Mercado Globalizado – Caso Brasil

Estratégia De Marketing Sustentável: Segmentação De Mercado

Estratégia De Marketing Sustentável: Posicionamento De Marcas Por Meio Da Ferramenta Storytelling

Engajamento Do Consumidor E Comportamento De Compra Por Meio Do Novo Mix De Marketing Sustentável E Digital

Sustentabilidade de Marketing para o Setor de Moda

Modelo De Sustentabilidade De Marketing Para A Indústria De Construção

Plano De Marketing Sustentável Para Confecção De Produtos De Babaçu

Estratégias De Marketing Sustentável Para A Cadeia Produtiva De Pirarucu

As Fases Do Ciclo De Vida Do Produto Baseado No Marketing Sustentável Para Empresas De Palmito No Brasil, Por José Austerliano Rodrigues E Izabel Cristina Da Silva

A Importância Do Marketing Sustentável Para As Empresas De Produtos E Serviços Derivado Do Babaçu No Brasil, Por José Austerliano Rodrigues E Izabel Cristina Da Silva

Marketing Sustentável Após A Covid-19: Criando Oportunidades De Mercado, Artigo De José Austerliano Rodrigues

Cocriação De Valor Entre Marketing Sustentável E Estratégias De Sustentabilidade Em Empresas, Artigo De José Austerliano Rodrigues

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top