Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.213, de 05/11/2010

Edição n. 29 da revista Cidadania & Meio Ambiente está disponível para acesso e/ou download Fundamentos da Gestão Ambiental, artigo de Antonio Silvio Hendges Somos praga no planeta? artigo de Maurício Gomide Martins Ambiente por Inteiro: Passeio em Nagoya, artigo de Efraim Rodrigues Sensibilidade não é sinônimo de fraqueza, artigo de Lélia Barbosa de Sousa Sá Ruralistas traçam estratégia para votar Código Florestal já Pelo menos 300 mil moradias da segunda edição do Minha Casa, Minha

Edição n. 29 da revista Cidadania & Meio Ambiente está disponível para acesso e/ou download

Prezadas(os) Leitoras(es) do EcoDebate e da revista Cidadania & Meio Ambiente Informamos que a edição n° 29 da revista Cidadania & Meio Ambiente, ISSN 2177-630X, já está disponível para acesso e/ou download na página do Portal EcoDebate. Capa da edição n° 29 Vejam, abaixo, o sumário da edição: A situação atual dos Ecossistemas Terrestres Políticas bem direcionadas com foco nas áreas críticas, nas espécies e nos serviços ecossistêmicos podem contribuir para evitar os impactos mais

Fundamentos da Gestão Ambiental, artigo de Antonio Silvio Hendges

[EcoDebate] As razões que justificam a adoção de Sistemas de Gestão Ambiental (SGA) pelas empresas ou órgãos públicos são várias: a existência de legislação que exige procedimentos específicos relacionados aos processos de produção, armazenamento, distribuição, consumo e reciclagem de produtos e/ou serviços, a fixação de políticas e metas que busquem conscientizar os trabalhadores, parceiros e consumidores quanto aos aspectos sustentáveis do consumo e a criação de diferenciais de mercado que

Somos praga no planeta? artigo de Maurício Gomide Martins

[EcoDebate] Praga tem diversas acepções, mas a definição objeto de nossas considerações é simplesmente a que se refere à quantidade excessiva de um fator num sistema, desqualificando o próprio sistema. Em outras palavras: presença em quantidade superior à que um sistema coeso consegue suportar. Essa situação só pode ocasionar o desequilíbrio entre as forças de qualquer ambiente, causando o desarranjo harmônico entre as partes e, consequentemente, o caos. Sobre esse princípio

Ambiente por Inteiro: Passeio em Nagoya, artigo de Efraim Rodrigues

[EcoDebate] A décima Conferência das Partes sobre biodiversidade terminou sem perspectivas de grandes resultados. No último sábado um aluno do MBA da UFPR sem querer me explicou a razão dos sucessivos fracassos destas reuniões internacionais. Eu falava sobre sensoriamento remoto e ele me perguntou se havia algum controle internacional para lançamento de satélites. Com exceção da claudicante Organização Mundial do Comércio que tem alguma força, o que existe de controle internacional são

Sensibilidade não é sinônimo de fraqueza, artigo de Lélia Barbosa de Sousa Sá

[EcoDebate] Uma mulher está preparada para assumir a presidência do Brasil. Durante a campanha eleitoral ouvi essa frase tanto na forma afirmativa como interrogativa e resolvi fazer uma reflexão sobre as mulheres nos cargos de poder. Sou engenheira civil e assim que eu escolhi a engenharia como profissão, ouvi muitas pessoas afirmarem, como também perguntarem, se essa não seria uma “profissão de homem”. Vou completar 31 anos de formada e, embora não

Ruralistas traçam estratégia para votar Código Florestal já

A Frente Parlamentar da Agropecuária não perdeu tempo e, apenas três dias após o segundo turno das eleições, traçou estratégias para votar, ainda neste mês, o projeto que modifica o Código Florestal (PL 1876/99). A proposta foi aprovada por comissão especial em julho. Reunidos na quarta-feira (3) em um restaurante de Brasília, parlamentares ruralistas definiram que iriam conversar com as lideranças partidárias para que a proposta seja incluída na pauta do

Pelo menos 300 mil moradias da segunda edição do Minha Casa, Minha Vida terão energia solar

Entre 300 mil e 400 mil casas da segunda fase do programa Minha Casa, Minha Vida serão equipadas com painéis solares para aquecer a água do chuveiro. Todos os novos empreendimentos do programa voltados a famílias com renda de, no máximo, três salários mínimos nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste têm de vir equipados, obrigatoriamente, com sistema de captação de energia solar. A informação é da secretária nacional de Habitação,

Com mais de 1 milhão de moradores, favelas do Rio mostram importância social e econômica

Mais de 1 milhão de moradores vivem em 1.020 favelas na cidade do Rio de Janeiro, de acordo com o Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos. Lugares associados quase sempre à violência, as favelas fazem como vítimas da insegurança seus próprios moradores, conforme registrou o coordenador-geral da organização não governamental (ONG) Observatório de Favelas, Jaílson de Souza, em seminário na Universidade Federal do Rio de Janeiro. O evento marcou o

Repórter Brasil lança estudo sobre participação da Agricultura Familiar na cadeia produtiva do Biodiesel

A agricultura familiar e o programa nacional de biodiesel - Retrato do presente, perspectivas de futuro Lançado em 2004 com o objetivo de alavancar as energias renováveis no Brasil e ao mesmo tempo criar uma nova alternativa produtiva e de inclusão social para a agricultura familiar, o Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) completa seis anos tendo incluído apenas metade das 200 mil famílias previstas nas metas iniciais. Depois

Tribunal confirma terra indígena Sucury’i em Mato Grosso do Sul

Justiça Federal já havia determinado, de forma inédita, que índios aguardassem dentro da área reivindicada o fim do processo judicial O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) acatou os argumentos do Ministério Público Federal (MPF) e rejeitou recurso que visava a reocupação da TI Sucury'i, já demarcada e homologada pelo Governo Federal em 1996. Os antigos proprietários e o Município de Maracaju ajuizaram apelação contra a decisão de 1ª instância,

Unidades Básicas de Saúde dão pouca atenção primária à saúde de homens adultos

Receio de pacientes e pouco preparo de profissionais dificulta atendimento Atendimento ao homem é superficial na atenção primária à saúde - Uma pesquisa apresentada à Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) mostrou que os serviços de Unidades Básicas de Saúde destinam pouca atenção a homens adultos e não possuem atendimento voltado especificamente a eles. Além disso, as questões relacionadas à sexualidade masculina não são trabalhadas nessas unidades de atendimento, faltando discussão

Top