Índice da edição de 18/02/2010

Economia Ecológica, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) População, relações de gênero e Clima, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Uma década de fóruns sociais, artigo de Josep Maria Antentas e Esther Vivas Dualidades na análise política, artigo de Bruno Peron Uma história de vitória, artigo de Rodrigo Moretti Agrotóxicos: Anvisa recomenda banimento dos agrotóxicos metamidofós e triclorfom Nota de repúdio da CPT por causa da LO para barragem de Barra de Braúnas, em Laranjal, na Zona

Economia Ecológica, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

[ EcoDebate] Introdução. A humanidade está passando pela mudança mais vasta, mais profunda e mais imprevisível de toda sua história na face da Terra. A diferença essencial em relação a todas as outras mudanças é que essa não se dá exclusivamente no seio das relações entre os seres humanos, mas nos próprios fundamentos da relação entre a civilização humana e o planeta no qual habita. O mito da inesgotabilidade dos

População, relações de gênero e Clima, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] No final do ano passado, antes da Conferência de Copenhague, o Fundo de População das Nações Unidas – UNFPA – divulgou o Relatório sobre a Situação da População Mundial 2009, intitulado “Enfrentando um mundo em transição: mulheres, população e clima”. O relatório afirma que: “As dinâmicas populacionais, e em especial o papel das mulheres, são elementos fundamentais para o estabelecimento de um acordo efetivo e de longo prazo para

Uma década de fóruns sociais, artigo de Josep Maria Antentas e Esther Vivas

[EcoDebate] O Fórum Social Mundial (FSM) está de aniversário. Desde seu lançamento no ano de 2000 se converteu na referência internacional mais importante para o grosso das forças críticas à globalização neoliberal e permitiu afirmar um espaço simbólico de oposição. Nascido sob o impacto das mobilizações de Seattle, se conectou com o espírito desse movimento emergente, aparecendo como uma referência para boa parte de seus integrantes (ainda que não para todos).

Dualidades na análise política, artigo de Bruno Peron

[EcoDebate] A multiplicidade de idéias é fértil no solo democrático. Emerge, porém, o risco de transformação de posturas múltiplas em dualidades na análise de conjuntura política sul-americana. Mal adentramos o ano de eleições no Brasil e parece que as únicas cartas da mesa foram lançadas pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). É como se a definição inibisse os demais partidos a ponto de que

Uma história de vitória, artigo de Rodrigo Moretti

[EcoDebate] Construímos uma sociedade onde não há lugar para ética e sonhos. O esforço do ser humano se resume em individualismo. É estranho usar um titulo de “Historia de Vitoria”, e começar narrando uma tragédia, mas a verdade é que segundo a (OMS) organização mundial da saúde, deverá acontecer até 2020, 1,53 milhão de suicídios no mundo. Este número nos assusta; mas, reflete o estilo de vida desta sociedade que

Agrotóxicos: Anvisa recomenda banimento dos agrotóxicos metamidofós e triclorfom

Imagem: SXC A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou o banimento, em todo país, dos agrotóxicos metamidofós e triclorfom. Além disso, quer colocar novos limites para o uso do ingrediente ativo fosmete. As Consultas Públicas que tratam do tema estão abertas até o próximo dia 12 de fevereiro. As recomendações da Anvisa são baseadas em estudos científicos que relacionam o uso de metamidofós a problemas no sistema endócrino, reprodutor e desenvolvimento

Nota de repúdio da CPT por causa da LO para barragem de Barra de Braúnas, em Laranjal, na Zona da Mata mineira

NOTA DE REPÚDIO DA COMISSÃO PASTORAL DA TERRA – CPT/MG “JUNTOS COM OS POVOS DA TERRA E DAS ÁGUAS NA DEFESA DA VIDA”. Belo Horizonte, 04 de fevereiro de 2010 Nota de Repúdio Decisão do Tribunal de Justiça de Minas gerais em favor da Barragem Barra das Braúnas em Laranjal, na Zona da Mata mineira, fere os direitos humanos de 180 famílias atingidas pelo barragem/hidrelétrica. Nós, abaixo-assinado, manifestamos nosso repúdio à suspensão dos efeitos

Ipea: Artigos de pesquisadores discutem geopolítica do etanol, crise e Mercosul

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) lançou na terça-feira, 9, às 14h30, o Boletim de Economia e Política Internacional. A publicação é o primeiro produto coletivo da nova área de estudos internacionais do Instituto, criada em 2009 no âmbito da Diretoria de Estudos, Cooperação Técnica e Políticas Internacionais (Dicod). Trimestral, o boletim tem como público alvo os gestores de políticas públicas vinculadas aos temas internacionais. O editor da publicação, André

Cientistas pedem mudanças radicais na produção agrícola

Pratos vazios – A estimativa é que a população mundial chegue a 9 bilhões em 2050. Mas, enquanto o número de pessoas não para de crescer, o mesmo não se pode dizer do total de áreas cultiváveis, de água potável e de outros recursos fundamentais para a sobrevivência humana. A edição desta sexta-feira (12/2) da revista Science aborda o tema da segurança alimentar em uma seção especial, com reportagens e artigos

O que há por trás da denominação ‘florestas plantadas’

A denominação “florestas plantadas” é um termo cunhado pela FAO com o objetivo de equiparar as culturas florestais às florestas que gradativamente tem ido se espalhando e assimilando por inúmeros organismos internacionais e nacionais, fato que foi aproveitado pelas multinacionais do setor florestal para incidir nessa equiparação, tal como ficou demonstrado no último Congresso Florestal Mundial celebrado no mês de outubro de 2009 na Argentina. Tratar uma floresta e uma cultura

Proibição da venda de produtos de conveniência em farmácias começa a vigorar

A partir desta quinta-feira (18), as farmácias e drogarias de todo o país devem estar adequadas às novas regras da RDC 44/2009 da Anvisa, que instituiu as Boas Práticas Farmacêuticas para esses estabelecimentos. Ao contrário do que vem sendo divulgado pelo setor farmacêutico varejista, a resolução está vigente e deverá ser cumprida por todos os estabelecimentos do país. Nenhuma liminar foi concedida pelo poder judiciário no sentido de desobrigar o setor

Top