Monocultivo de soja invade região do Araguaia, no Mato Grosso

  Plantações mecanizadas substituem pastos da pecuária e transformam a região. Com financiamento público, produção é marcada por uso intenso de agrotóxicos Por Daniel Santini, da Agência de Notícias Repórter Brasil São Félix do Araguaia (MT) – Aos poucos, a região do Araguaia, no nordeste do Mato Grosso, vai sendo toda ocupada pela soja. São plantações mecanizadas e marcadas pelo uso intensivo de veneno se espalhando por áreas onde antes eram pastos e

Ambientalistas tentam minimizar impactos da expansão da soja nos dois biomas mais diversos do país, a Amazônia e o Cerrado

    Após se espalhar pelo Sul e Centro-Oeste nas últimas décadas, a soja agora avança pelo Norte e Nordeste brasileiros, mas encontra a resistência de ambientalistas, que tentam minimizar os impactos dessa expansão nos dois biomas mais diversos do país - a Amazônia e o Cerrado. Em estudo publicado em 2012, a organização ambientalista WWF Brasil diz que hoje, entre os cinco Estados brasileiros que concentram os maiores focos de desmatamento em

Plantio de soja transgênica no Brasil atinge quase 90% da área total semeada com a oleaginosa

    O plantio de soja transgênica do Brasil deverá atingir 24,36 milhões de hectares na temporada 2012/13, ou quase 90 por cento da área total semeada com a oleaginosa, apontou nesta segunda-feira estudo da consultoria Céleres obtido pela Reuters em primeira mão. Matéria de Roberto Samora, da Reuters, no UOL Notícias. Na safra 12/13, com plantio de soja praticamente encerrado, a área total foi estimada pela consultoria em 27,46 milhões de hectares. "Comparando

Tapar o sol com a peneira não faz sombra, um aviso à ministra do Meio Ambiente, artigo de Edilberto Sena

    "Só no último ano (2011/2012) aumentou o desmatamento com plantio de soja na Amazônia em 18.000 hectares. Só no Estado do Pará foram 2.000 hectares de desmatamento, sendo que na região Oeste está a maior concentração de plantio de soja. Dizer que a moratória de dois anos, que já vai com aditivos de mais seis anos, foi a solução é realmente querer tapar o sol com peneira", escreve Edilberto Sena,

Agricultores de soja da Bolívia insistem por mudanças na lei da Mãe Terra

  Imagem: Ecoportal.net   Os agricultores de soja na Bolívia estão insistindo com o presidente Evo Morales para que reconsidere a proibição a sementes geneticamente modificadas incluída em um pacote de regulação ambiental chamado lei da Mãe Terra. Matéria de Helen Po, da Reuters, em O Estado de S.Paulo. O país andino é um pequeno produtor de soja em comparação com os vizinhos gigantes agrícolas Brasil e Argentina, mas a produção e as exportações

O arco de desflorestamento na Amazônia: da pecuária à soja, por Mariana Soares Domingues e Célio Bermann

  O arco de desflorestamento na Amazônia: da pecuária à soja Mariana Soares DominguesI; Célio BermannII IBacharel e Licenciada em Geografia pela Faculdade de Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Doutoranda em Geografia Física pela Faculdade de Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Endereço:  Av. Prof, Luciano Gualberto, 1289 Cidade Universitária 05508-900 - São Paulo, SP - Brasil. E-mail: msdomi@gmail.com IIProfessor Associado (Livre Docente) no Instituto de Eletrotécnica e Energia

Soja transgênica Intacta RR2 Pro. A ampliação dos transgênicos no Brasil. Entrevista com Leonardo Melgarejo

  “Não entendo como o conhecimento científico possa ser colocado antes a serviço das justificativas do que de críticas aos argumentos das empresas”, lamenta o engenheiro agrônomo. Confira a entrevista. A soja transgênica Intacta RR2 Pro, que causou polêmica entre os produtores do Mato Grosso, incorpora um novo trangene e resiste “a banhos de herbicidas à base de glifosato, como também carrega, em todas suas células, uma toxina que não está presente

Ibama apreende 1,2 mil toneladas de soja plantada em área embargada em Nova Ubiratã, MT

    O Ibama apreendeu na segunda-feira (26/03) duas colheitadeiras e 1,2 mil toneladas de soja (cerca de 21 mil sacas) produzidas em uma área de 528 hectares ilegalmente desmatada e embargada desde 2009 em Nova Ubiratã, no norte do Mato Grosso. De helicóptero, os agentes da operação Verdes Veredas chegaram à plantação irregular e flagraram as máquinas em atividade. Cerca de metade da soja foi apreendida ainda no campo e a

Baixo Parnaiba maranhense: São Raimundo, o melhor ar de Urbano Santos, artigo de Mayron Régis

  [EcoDebate] Os projetos de plantios de eucalipto e de soja se permutam aqui e acolá. Presencia-se esse feito em parte do Baixo Parnaiba maranhense, onde os plantios de soja saem de cena para darem lugar aos eucaliptos, principalmente, da Suzano e outros grupos de menor expressão. Optou-se pela soja no Baixo Parnaiba maranhense na década de 90 como suporte a outras regiões do estado do Maranhão que pouco evoluíam em termos

Moratória da soja e os desafios do desmatamento na Amazônia. Entrevista com Bernardo Rudorff

  Criada em 2006 para garantir a exportação de soja para o exterior, em função da conscientização ambiental dos consumidores, a moratória da soja tem sido um instrumento incipiente para diminuir o desmatamento no bioma amazônico. Apesar da tentativa de conter o plantio da soja em áreas florestais, o elevado preço do produto no mercado internacional contribuiu para dar continuidade ao desmatamento. Em entrevista à IHU On-Line, concedida por telefone, Rudorff

Alto consumo de carne na Alemanha estaria incentivando o desmatamento da Amazônia e do cerrado, diz WWF

  Alemanha importa soja para garantir abastecimento de carne. Alemães consomem 60 kg de carne por ano. Foto: DW Segundo um estudo da ONG, grande parte da soja usada na alimentação dos animais criados para abate na Alemanha vem do Brasil, o que estaria incentivando o desmatamento da Amazônia e do cerrado. A fome dos alemães por carne tem contribuído para o desmatamento da floresta Amazônica e do cerrado brasileiro. A conclusão faz

Moratória da Soja na Amazônia é renovada, mas plantio praticamente dobrou em áreas desmatadas

  A área de soja plantada em terras de novos desmatamentos na Amazônia na safra de 2010/2011 saltou de 6,2 mil hectares para 11,6 mil hectares em relação ao período anterior. Apesar do avanço, a cadeia produtiva do setor considera que a cultura não é mais uma das principais causas do desmatamento do bioma. Os números foram apresentados ontem (13) durante a renovação da Moratória da Soja, inciativa de empresas exportadoras

O avanço da soja e o Novo Código Florestal

INPE aponta que em 2011 o número de áreas de soja com novos desmatamentos nos estados do Mato Grosso, Pará e Rondônia quase que dobrou em relação a 2010 de 76 para 147 áreas. Na safra 2010/2011, a área plantada de soja no país cresceu 2,9%, ocupando 24,1 milhões de hectares. A maior expansão ocorreu no Centro-oeste, onde a área plantada aumentou 278 mil hectares, puxada pelo Mato Grosso. Ao mesmo

Soja valorizada e expectativa de anistia incentivam o desmatamento em diversas áreas do país

Lavoura da soja tem incentivado o desmatamento em diversas áreas do país, aponta pesquisa. Aumento do preço (30% superior à média histórica) e perspectiva de mudança no Código Florestal ajudam a explicar escalada Por Centro de Monitoramento de Agrocombustíveis (CMA) Desmatadores voltaram a usar o "correntão" para a derrubada de florestas nativas (Foto: Ibama) Com preços 30% superiores a seus patamares históricos, a soja voltou a atrair grandes investimentos no

Desmatamento para plantação de soja na Amazônia cresceu 85% em 2011

Desmate amazônico para plantio de soja cresceu 85% em 2011. Grão pode voltar a ser fonte de pressão sobre floresta, graças a preço mais que dobrado no mercado mundial. Moratória criada por indústria do óleo corre risco por dificuldade de monitoramento; China é o grande exportador O desmatamento para plantação de soja na Amazônia cresceu 85% em 2011 em relação ao ano passado. Os dados são de um relatório de monitoramento

Desmatamento acelerado na Amazônia demonstra a farsa da Moratória da soja, artigo de Edilberto Sena

[EcoDebate] Em 2006, quando a ABIOVE (associação de empresas comercializadoras de grãos) e algumas ONGs ambientalistas (WWF, GREENPEACE, CI, etc) discutiam fraternalmente a construção de uma moratória para estancar o desmatamento na Amazônia, o movimento popular, Frente em Defesa da Amazônia, FDA de Santarém, participou de três encontros com as negociadoras da moratória. A proposta fraterna era de criar uma moratória de dois anos, com

Levantamento mostra que as áreas desmatadas no MT coincidem com grandes plantações de soja

Desmate ameaça moratória da soja - Levantamento do Greenpeace mostra que as áreas desmatadas em Mato Grosso coincidem com as grandes plantações da cultura O aumento do ritmo das motosserras na Amazônia em áreas tradicionais de cultivo de soja em Mato Grosso ameaça a moratória da soja - pacto celebrado em 2006, por meio do qual a indústria de óleos vegetais e os exportadores de soja se comprometeram a não comercializar

Agroquímicos: Dos de cada 5 niños paraguayos tienen malformaciones en zona que produce soja

Paraguay:Uso indiscriminados de agroquímicos Nosotros lo que queremos es que se defienda la salud de los niños,las escuelas. El Hospital de Encarnación recibe 2 nacimientos con malformaciones al mes y hay meses que tenemos más.Tienen una asociación con la exposición de agrótoxicos.Por más que que lo maquillar son toxicos para la salud humana,expresó la Dra Marta Acosta Dos de cada 5 niños paraguayos tienen malformaciones en zona que produce soja La investigación advierte

Banco do Brasil vai vetar crédito rural para produção de soja em área desmatada

O Banco do Brasil (BB) vai deixar de oferecer crédito a produtores de soja que plantem em áreas desmatadas ilegalmente na Amazônia. O banco, maior financiador rural do país, aderiu ontem (1) à Moratória da Soja, iniciativa de empresas e organizações não governamentais (ONG) assinada em 2006 para boicotar a soja produzida em terras desmatadas recentemente. O compromisso assinado pelo BB inclui o veto ao financiamento da produção de soja em

Embrapa lança programa para desenvolver novas variedades de soja tradicional

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) vai lançar nesta terça-feira (9) o programa Soja Livre, que pretende aumentar a variedade de sementes convencionais de soja. Os produtores temem que as sementes geneticamente modificadas ocupem muito espaço no mercado internacional, afetando a oferta da soja tradicional. O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Mato Grosso, Gilson Francisco da Silva, defendeu o programa, em entrevista à Agência Brasil, argumentando que a

Top