Articulação Popular São Francisco Vivo entrega representação ao MPF pedindo moratória para o Velho Chico

    A Articulação Popular São Francisco Vivo protocolou na última semana uma Representação junto às unidades do Ministério Público Federal na Bacia do São Francisco exigindo Moratória para o Rio com a suspensão de novos licenciamentos e outorgas de águas para grandes e médios projetos e a revisão dos já concedidos. O documento pede que o MPF tome as “medidas cabíveis contra os agentes governamentais e privados que violam direitos ao promover

Coletivo constrói propostas para a política energética do Brasil

    Movimentos sociais e entidades sindicais realizam seminários em todas as regiões do Brasil. Resoluções do projeto popular serão encaminhadas aos candidatos à presidência da República. Com o objetivo de construir propostas para a política energética nacional, movimentos sociais e entidades sindicais realizam seminários em todas as regiões do país. Nos encontros, que acontecem em agosto e setembro, serão tiradas resoluções para serem encaminhadas aos candidatos à presidência da República. A série de

Movimentos sociais e cientistas pedem apoio do papa contra transgênicos

  Integrantes de movimentos sociais e cientistas pediram o apoio do papa Francisco para convencer o governo brasileiro a suspender todas as licenças ambientais que autorizam o cultivo e o uso de transgênicos e derivados no Brasil. Em carta enviada ao Vaticano no final de abril deste ano, oito pesquisadores de seis países sustentam que a possibilidade de as empresas multinacionais registrarem a propriedade de formas de vida, como sementes, e

Debate sobre meio ambiente deve ser politizado, defendem movimentos sociais

  Mais de 140 representantes de diferentes grupos de todo o país discutem desigualdade e racismo em encontro da Rede Brasileira de Justiça Ambiental Por Daniel Santini*, do Repórter Brasil Enviado especial a Belo Horizonte (MG) – Na porta do auditório onde estão os mais de 140 participantes do VI Encontro Nacional da Rede Brasileira de Justiça Ambiental, Paulo Roberto Martins, da Renanosoma, conversa com Pedro Raposo da Silva, do Conselho Indígena de Roraima. O

Disputa pelo território: Movimentos sociais e resistência na Amazônia, artigo de Ana Laíde Soares Barbosa

  Disputa pelo território: Movimentos sociais e resistência na Amazônia Ana Laíde Soares Barbosa Movimento Xingu Vivo para Sempre Historicamente, hoje mais do que nunca, a disputa pelo território na Amazônia tem se dado entre o Estado, apoiado por grandes empresas e políticos profissionais (geralmente envolvidos em atividades ilegais), todos com fortes interesses econômicos na região, e as comunidades tradicionais e indígenas que, estando do outro lado, participam desta disputa em imensa desvantagem. Inseridos

Nota Pública das Comunidades Atingidas pelo Projeto de Irrigação Baixio de Irecê, BA

    As comunidades tradicionais atingidas pelo Projeto de Irrigação Baixio de Irecê, e as entidades de apoio (CPT, Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Itaguaçu e Xiquexique, Paróquia Senhor do Bomfim), conclamam a sociedade e os órgãos competentes do Estado e da Federação providências quanto à realidade das famílias camponesas que vivem no entorno do citado projeto. Desde que foi pensado e planejado há mais de 50 anos, o Projeto de

Manifesto Declaração do Movimento Xingu Vivo Para Sempre

      MANIFESTO DECLARAÇÃO DO MOVIMENTO XINGU VIVO PARA SEMPRE: QUANDO OS RIOS NOS ENSINAM A DESCONHECER FRONTEIRAS E CONTINUAR LUTANDO.   Ao povo brasileiro, à comunidade internacional, a tod@s @s parentes que se importam com a vida...   Havia um tempo em que o Xingu corria livre, liberdade que garantia a vida. Então decidem estrangular seu curso. Decidem levantar um paredão em seu leito, amarrar um torniquete em sua jugular e gangrenar seu sangue. Seguimos lutando... Ao tomar

Movimento dos Pequenos Agricultores realiza I Escola Camponesa da Memória

    Mais de 100 Jovens militantes do Movimento dos Pequenos Agricultores estiveram reunidos em Brasília/Br durante os dias 29 de março a 01 de abril na I Escola Camponesa da Memória, cujos grandes objetivos são denunciar que entre os anos de 1964 a 1988 o Brasil viveu o período de ditadura burgo-militar, que torturou e assassinou 1.196 camponeses, porém o estado somente reconhece 29 destes casos e os arquivos da ditadura

ONGs cobram atuação do MPF contra espionagem de ativistas pela Vale e pela Norte Energia

ONGs cobram atuação do Ministério Público em espionagem de ativistas que se posicionam contra a construção da Usina de Belo Monte Organizações de direitos humanos voltaram a cobrar nesta semana investigações sobre as denúncias de espionagem de ativistas e de movimentos sociais pela mineradora Vale e pelo Consórcio Construtor Belo Monte. As entidades consideram insatisfatórias as investigações sobre as denúncias apresentadas em 2013 para autoridades no Congresso Nacional e para o

Nota Pública: Ataque aos Povos Indígenas, Criminalização de Ativistas Sociais e a Aliança do Bispo de Itaituba-Pa com o Capital

    A retomada do projeto desenvolvimentista pelo governo brasileiro, paradigma atualizado e agora caracterizado como liberal-desenvolvimentista, tem causado temor e grande preocupação entre os povos indígenas, ativistas, movimentos sociais, e moradores da floresta, dos rios e das cidades amazônicas. Dados do Comitê Nacional em Defesa dos Territórios Frente à Mineração apontam que, entre 2001 a 2011, a produção mineral cresceu 550% no país. Praticamente no mesmo período, entre 2002 e 2012, o

Do rio São Francisco a gente entende. Carta da II Plenária da Articulação Popular São Francisco Vivo

    Carta da II Plenária da Articulação Popular São Francisco Vivo A gente entende do São Francisco. Nós, 43 representantes dos Povos das Terras e das Águas do Velho Chico, passamos três dias reafirmando isso. Viemos das beiras dos rios dos cerrados, caatingas e veredas, das ilhas e barrancas, da roça e da cidade. Das Minas Gerais e da Bahia, de Pernambuco, de Sergipe e de Alagoas. Realizamos a II Plenária da

Movimentos sociais criticam foco ‘economicista’ do novo Código de Mineração e cobram ‘pegada socioambiental’

  Alexandra Martins / Câmara dos Deputados Manifestantes lotaram o plenário. Eles levaram faixas e foram unânimes ao criticar o foco "economicista" da proposta. Representantes de agricultores familiares, quilombolas, ribeirinhos e atingidos por barragem participaram, nesta terça-feira (17), de audiência pública na comissão especial que analisa a proposta do novo Código de Mineração (PLs 37/11, 5807/13 e quatro apensados). Eles lotaram o plenário da reunião, levaram faixas e foram unânimes ao criticar o foco

Carta da 17ª Romaria da terra e das águas de Minas Gerais

    Carta da 17ª Romaria da terra e das águas de Minas Gerais e 9ª Romaria do/a Trabalhador/a Rural da Diocese de Leopoldina, MG. Nós, romeiros e romeiras, do campo e da cidade, do Estado de Minas Gerais, reunimo-nos na cidade de Miradouro, Diocese de Leopoldina, Zona da Mata Mineira, para celebrar a 17ª Romaria da terra e das águas do estado de Minas Gerais e a 9ª Romaria do/a Trabalhador/a

Denúncia: Assessor do prefeito de Belém se infiltra em manifestações de rua e ameaça militantes de esquerda

    [Ponto de Pauta] “Nós deveriamos matar todo o resto dos comunistas. “ O oficial militar Wolfgang Endemann, assessor do gabinete do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB), em meio a onda de protestos por garantia e ampliação de direitos sociais que movimentou a capital paraense nessas últimas semanas, resolveu usar os seus perfis no facebook e twitter para ameaçar com morte ativistas que saíram às ruas para se manifestar. Em uma de

Corte de árvores em Porto Alegre acentua desafios de mobilização para movimentos sociais

  Foto: Ramiro Furquim/Sul21   Desde o início deste ano, Porto Alegre tem assistido a pelo menos dois movimentos sociais que têm ido às ruas da cidade para protestar de forma constante. No final de janeiro, um grupo realizou a primeira marcha contra o aumento da passagem de ônibus. No início de fevereiro, teve início a mobilização contra o corte de árvores no Centro Histórico para ampliação das avenidas João Goulart e Edivaldo

Entidades da sociedade civil emitem Nota Pública em apoio à ocupação indígena nos canteiros de Belo Monte

    TODO APOIO À OCUPAÇÃO INDIGENA NOS CANTEIROS DE BELO MONTE Companheiras e companheiros de luta em defesa da vida, dos rios, da floresta e dos animais da Pan-Amazônia. Estamos em um momento muito importante da luta contra o projeto do governo brasileiro para a Amazônia, proposta desenvolvimentista atrasada e autoritária que exaure as riquezas naturais da região e destrói o planeta, tendo a usina de Belo Monte e as demais barragens como

Manifesto dos Movimentos Sociais por Ação Imediata contra a Seca e a favor da Reforma Agrária

    Manifesto dos Movimentos Sociais por Ação Imediata Contra A Seca, A Favor Da Reforma Agrária e Territórios Tradicionais Os movimentos sociais CETA, MTD e PASTORAL RURAL decidiram realizar contundentes ações de protesto em quatro regiões da Bahia (Sul, Lapa, Senhor do Bonfim e Cícero Dantas) para denunciar o descaso dos poderes públicos baianos e nacionais em relação (1) aos efeitos da seca, que já dizimou quase todo nosso rebanho; (2) a

Caminhada pela defesa dos direitos humanos reúne movimentos sociais em Copacabana

  Foto compartilhada por Marcelo Freixo, no Facebook   Uma caminhada na orla de Copacabana reuniu cerca de mil e quinhentas pessoas em mais um ato organizado por movimentos sociais, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pelos deputados federais do PSOL, Jean Wyllys e Chico Alencar e o estadual Marcelo Freixo todos do Rio de Janeiro, contra a intolerância e a discriminação. "Foram muitos os movimentos sociais presentes. Movimentos que trabalham

No Dia Internacional Contra as Barragens, movimentos denunciam os graves problemas com a construção da UHE Belo Monte

    Em 1997 ocorreu no Brasil o 1º encontro internacional dos povos atingidos por barragens. A partir deste ano ficou decidido que o dia 14 de março ficaria definido como o Dia Internacional de Luta Contra as Barragens. Em Belém o ato alusivo a esta data ocorreu em frente ao Consorcio Construtor Belo Monte (CCBM), denunciando os graves problemas que a construção da UHE Belo Monte já está causando, mesmo estando apenas

Mulheres são protagonistas nas lutas sociais e ambientais na Amazônia

    Líderes dos movimentos sociais na Amazônia, essas mulheres também são responsáveis pela manutenção da cultura tradicional e pela conservação da floresta. Elas são camponesas, agroextrativistas e integrantes de comunidades tradicionais. Em comum, elas têm o desejo de que o Dia Internacional da Mulher, 8 de março,seja um marco para que elas possam ser e se sentir mais atuantes, como sujeitos políticos, capazes de influenciar a sociedade e mudar a relação

Top