Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.873, de 09/07/2013

    Relatórios de Diagnóstico Ambiental, artigo de Roberto Naime Limitar o crescimento quantitativo para obter o desenvolvimento qualitativo, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara aprova informação sobre agrotóxico em rótulo de alimento Apicultores apontam agrotóxicos como culpados por mortes de abelhas Parque Thermas de Itá (Concórdia, SC) é interditado por irregularidades ambientais Biocombustíveis e a submissão econômica. Entrevista com Sérgio Schlesinger Solar e eólica

Relatórios de Diagnóstico Ambiental, artigo de Roberto Naime

  Diagnóstico Ambiental e Sistemas de Gestão Ambiental. Autor: Roberto Naime. ISBN: 85-86661-81-3. Editora Feevale   [EcoDebate] É um instrumento que registra todo trabalho realizado e permite subsídios para a elaboração de uma política ambiental geral e institucionalizada na organização, ou de planos de ações corretivas e pontuais. Mas sempre devemos lembrar que não é um instrumento acadêmico ou burocrático, tem que ser operacional, objetivo e claro para auxiliar na solução dos problemas identificados

Limitar o crescimento quantitativo para obter o desenvolvimento qualitativo, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

    [EcoDebate] O crescimento contínuo da atividade econômica é incompatível com uma biosfera (conjunto de todos os ecossistemas da Terra) finita. Insistir num crescimento físico da economia, tendo em conta que os recursos naturais são limitados e, muitos, não renováveis, somente gera mais custos (ambientais) que benefícios (econômicos). A poluição do ar e dos oceanos, a extinção de espécies, cardumes ameaçados, a perda considerável de ecossistemas, chuvas ácidas, buraco de ozônio, esgotamento

Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara aprova informação sobre agrotóxico em rótulo de alimento

    Saulo Cruz Izar: o consumidor precisa ser informado sobre o produto que adquire. A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou, na quarta-feira (3), o Projeto de Lei 6448/09, do deputado Sarney Filho (PV-MA), que obriga as indústrias de alimentos a incluírem nos rótulos informações sobre todos os tipos de agrotóxicos, medicamentos e substâncias similares empregados na fabricação dos produtos de origem vegetal e animal colocados à venda. O relator na comissão, deputado Ricardo

Apicultores apontam agrotóxicos como culpados por mortes de abelhas

  Aplicação de determinados tipos de defensivos agrícolas poderiam causar a morte dos insetos, responsáveis pela polinização de plantas utilizadas na alimentação. Tanto a falta de abelhas quanto a restrição ao uso de agrotóxicos pode causar perdas para a agricultura. Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados A morte de abelhas provocada pelo uso de agrotóxicos é estudada no Brasil há quatro anos. Um desafio se impõe a produtores rurais e ambientalistas no País. Como

Parque Thermas de Itá (Concórdia, SC) é interditado por irregularidades ambientais

    PM Ambiental interditou o empreendimento após inspeção do MPF O MPF em Concórdia (MPF/SC) instaurou inquérito civil para apurar as irregularidades e identificar os responsáveis pelo funcionamento inadequado da estação de tratamento do Parque Thermas de Itá. Após receber denúncia de que a estação estaria lançando o esgoto diretamente no Rio Uruguai, o MPF realizou inspeção “in loco”, em conjunto com a Polícia Militar Ambiental. No local, pôde-se constatar o mau cheiro,

Biocombustíveis e a submissão econômica. Entrevista com Sérgio Schlesinger

  “Não se leva em consideração que a produção de alimento está, sim, sendo prejudicada pela expansão dos biocombustíveis”, adverte o economista.  Foto de http://www.coasul.com.br/ Confira a entrevista. A proposta do governo federal, de tornar o Brasil um grande exportador de etanol, deve ser entendida como um “problema” para o país, diz Sérgio Schlesinger (foto abaixo) à IHU On-Line, em entrevista concedida por telefone. Na avaliação dele, “o país está mais uma vez sendo

Solar e eólica desbancam nuclear e mudam setor alemão de energia

energia eólica

    O esforço de US$ 710 bilhões da Alemanha para produzir energia limpa está reduzindo a geração dos reatores nucleares, as unidades em grande escala mais lucrativas do país, uma vez que os preços atingiram o menor patamar em seis anos. Matéria no Valor Econômico, socializada pelo ClippingMP. A proporção das horas em que a energia elétrica foi negociada a menos de € 30 (US$ 39) o megawatt-hora, nível no qual, segundo

Programa Mais Médicos: Aluno de medicina terá de trabalhar dois anos no SUS para receber diploma

  Brasília, 08/07/2013 – O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participa do lançamento de programa que vai levar médicos para atender no interior e em regiões metropolitanas do país. Foto de Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr   Os alunos que ingressarem nos cursos de medicina a partir de 2015 terão que atuar dois anos no Sistema Único de Saúde (SUS) para receber o diploma. A medida é válida para faculdades públicas e privadas e faz

Entidades médicas criticam Programa Mais Médicos, lançado pelo governo federal

  Brasília, 08/07/2013 – Governo federal lança programa que vai levar médicos para interior e regiões metropolitanas do país. Foto de Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr   Entidades médicas criticaram o Programa Mais Médicos, lançado ontem (8) pelo governo federal. Em nota, a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) informou que o piso salarial dos médicos, estipulado pela própria entidade, é R$ 10.412 para 20 horas semanais de trabalho. Enquanto isso, o programa prevê pagamento de

MPF quer julgamento imediato de vice-prefeito de Moju (PA), que entrou para Lista Suja do Trabalho Escravo

    Altino Coelho Miranda foi flagrado pela 2ª vez mantendo trabalhadores em condições precárias na produção do dendê O Ministério Público Federal (MPF) protocolou no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) na última quarta-feira, 3 de julho, pedido de urgência no julgamento do processo em que o vice-prefeito de Moju (PA), Altino Coelho Miranda, vulgo Dedeco, responde pelo crime de redução à condição análoga à de escravo. Coelho foi incluído no

Teoria do domínio do fato poderá punir empresas que utilizam mão de obra escrava

    Assim que for consolidado o julgamento do mensalão, no Supremo Tribunal Federal, o Ministério Público do Trabalho vai utilizar a teoria do domínio do fato para buscar a responsabilização judicial de empresas que utilizam mão de obra escrava. Por Fernando Gallo, Agência Estado. Na mira estão empresas que comandam as respectivas cadeias produtivas, mas terceirizam a produção justamente para tentar se dissociar da responsabilidade da contratação de funcionários que trabalham em

Top