Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.596, de 22/05/2012

  Resíduos dos serviços de saúde, artigo de Roberto Naime Referências e Componentes dos Programas de Educação Ambiental, Instrução Normativa 02/2012 IBAMA, artigo de Antonio Silvio Hendges Despejo em Belo Horizonte viola Direitos Humanos, artigo de Gilvander Luís Moreira MPF/MA: licenciamento ambiental da UTE Porto do Itaqui não pode ser conduzido pela SEMA Reciclar PET, vidros, alumínio e papelão retarda degradação, mas não impede consumo de recursos naturais Biorrefinarias: Complexos industriais

Resíduos dos serviços de saúde, artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] O manejo e gerenciamento dos resíduos sólidos provenientes de qualquer unidade que execute atividade de natureza médico-assistencial de saúde humana ou animal pode ser considerado até relativamente simples. Normatizado pelas resoluções 358/05 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e pela RDC 306/04 da Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA), o manejo e gerenciamento dos resíduos de saúde encontra um certo consenso, entre duas legislações que se harmonizam. As legislações buscam melhorar

Referências e Componentes dos Programas de Educação Ambiental, Instrução Normativa 02/2012 IBAMA, artigo de Antonio Silvio Hendges

  [EcoDebate] A Instrução Normativa 02/2012 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama estabelece as diretrizes e procedimentos para a elaboração, implantação, monitoramento e avaliação dos programas de educação ambiental que devem ser desenvolvidos como parte dos processos de licenciamentos federais e das medidas de mitigação ou compensação dos impactos ambientais e sociais dos empreendimentos. Os Programas de Educação Ambiental (PEA) precisam ter a participação

Despejo em Belo Horizonte viola Direitos Humanos, artigo de Gilvander Luís Moreira

Despejo em Belo Horizonte viola Direitos Humanos. “Enquanto morar for um privilégio, ocupar será um direito”. Gilvander Luís Moreira1 [EcoDebate] Além do que escrevi no artigo “Em Belo Horizonte, caveirão para os pobres que lutam: Cerca de 300 famílias jogadas ao relento sob uma noite fria”, disponibilizado na internet em www.gilvander.org.br e em outros sítios e blogs – a indignação me faz acrescentar o que segue. O despejo da Ocupação Eliana Silva, no Barreiro,

MPF/MA: licenciamento ambiental da UTE Porto do Itaqui não pode ser conduzido pela SEMA

  UTE Porto do Itaqui Geração de Energia deve ser licenciada junto ao Ibama O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) conseguiu na Justiça Federal a nulidade de todos os atos de licenciamento ambiental concedidos pela Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais do Estado do Maranhão (Sema) à UTE Porto do Itaqui Geração de Energia (antiga Diferencial Energia Empreendimentos e Participações Ltda), para instalação da usina termoelétrica Porto do Itaqui. Para

Reciclar PET, vidros, alumínio e papelão retarda degradação, mas não impede consumo de recursos naturais

  Reciclagem não impede destruição do meio ambiente - A reciclagem de garrafas PET, vidros, alumínio e papel ajuda a retardar a degradação ambiental, porém, não resolve o principal problema ambiental vivenciado atualmente pelo planeta: o consumo desenfreado de recursos naturais. “A reciclagem não vai salvar o planeta. Ela é apenas um paliativo que retarda a degradação ambiental”, alerta o pesquisador Hélio Francisco Corrêa Lino. Em seu doutorado pela Faculdade de Filosofia,

Biorrefinarias: Complexos industriais estão se tornando capazes de converter a biomassa em uma série de produtos

  Biorrefinarias polivalentes - As biorrefinarias – como são chamados os complexos industriais que produzem combustível, eletricidade e produtos químicos a partir de biomassa – estão se tornando empreendimentos capazes de converter uma grande variedade de matérias-primas, incluindo resíduos agrícolas, em diversos produtos. Isso com maior eficiência energética, economia e benefícios ambientais em comparação com processos tecnológicos convencionais que só dão origem a um ou dois produtos. A avaliação foi feita por

Pesquisa constata que o alecrim-do-campo (Baccharis dracunculifolia) absorve arsênio e pode proteger solo e água em áreas de mineração

Pesquisa de mestrado no ICB constata que planta absorve arsênio e pode proteger solo e água em áreas de mineração Itamar Rigueira Jr. Arquivo Lívia Gilberti Manchas avermelhadas indicam um dos efeitos tóxicos do arsênio na flora Técnicas geralmente usadas na recuperação de solos contaminados por metais pesados são caras, destroem a paisagem e podem afetar a saúde de pessoas diretamente envolvidas. Uma estratégia alternativa é a fitorremediação, que consiste na utilização de plantas

Professores da UFSC lançam a publicação ‘Mudanças Climáticas – Clima de Mudanças’

  As alterações do clima podem representar riscos para alguns e oportunidades para outros. O alerta faz parte da publicação ´Mudanças Climáticas – Clima de Mudanças`, lançada no âmbito do projeto Rede Europeia Sul-Americana para Avaliação da Mudança Climática e Estudos de Impacto na Bacia do Prata (Projeto Claris). Os autores são Luiz Renato D´Agostini e Sandro Luis Schlindwein (professores do Departamento de Engenharia Rural da UFSC), Alfredo Celso Fantini (Departamento de

Geriatras alertam para os perigos das novas terapias antienvelhecimento

  Além da falta de comprovação científica quanto à sua eficácia, as novas terapias de combate aos efeitos do envelhecimento podem comprometer o bom funcionamento do organismo e aumentar os riscos de câncer, segundo a presidenta da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Silvia Pereira. A reposição de nutrientes e o uso de remédios, como hormônio do crescimento (GH), para ganhar músculos e queimar gordura com facilidade, podem aumentar a incidência

Relatório da ONU sugere mecanismos fiscais e de crédito para incentivar práticas sustentáveis

  Com 56 recomendações para ajudar a pôr em prática o conceito de desenvolvimento sustentável, o relatório das Nações Unidas (ONU) 'Povos Resilientes, Planeta Resiliente – Um Futuro Digno de Escolha' teve sua versão em português lançada, em 17/5, no Rio. O documento foi elaborado pelo Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global da ONU e divulgado em janeiro deste ano, na Etiópia. É resultado de um grupo de trabalho formado por

O que se entende por Inovação Verde? Artigo de Nadja Lepsch-Cunha

  Vários documentos publicados sobre economia verde (ou crescimento verde, e.g. OCDE) apontam a inovação como essencial na busca de uma economia que inclua a questão ambiental e, para alguns, a social, no desenvolvimento das nações. A economia verde gera adeptos e opositores e a falta de clareza em torno do seu conceito dificulta a transparência sobre posições e interesses das instituições e empresas que lideram o debate e suas formas

Notícias de Belo Monte: uma pequena vitória do Rio Xingu, artigo de Rodolfo Salm

  [Correio da Cidadania] Faz mais de dez anos, desde a edição 261 de setembro de 2001 do Correio da Cidadania (Hidroelétricas do Xingu), que escrevo sobre “o potencial destrutivo das hidrelétricas do Xingu”. É engraçado ver que na época escrevi que “não é preciso ser muito pessimista para concluir que são pequenas as chances de se evitar o início das obras, que estão previstas já para o primeiro trimestre do

Neoliberalismo tingido de verde de olho na Rio+20, entrevista com antropóloga e ambientalista Iara Pietricovsky

  A antropóloga e ambientalista Iara Pietricovsky adverte para os riscos do agenda da chamada economia verde na Rio+20. "O ambiente de crise financeira dos países ricos estaria jogando água no moinho da lógica neoliberal de enxugamento dos estados nacionais também na área ambiental e abrindo generosos parágrafos para o setor privado se credenciar como o principal gestor de um novo paradigma econômico e ambiental", diz. A entrevista é de Rodrigo Otávio

Resultado mais forte da Rio+20 virá da sociedade civil, dizem cientistas

  Bom da Rio+20 é a sociedade, dizem cientistas - A um mês da Rio+20, membros da sociedade civil reunidos em debate ontem em São Paulo disseram que o melhor que se pode esperar da conferência para o desenvolvimento sustentável é que ela sirva para fortalecer a mobilização da sociedade. Debate. Diante do pessimismo que cerca a reunião que ocorre daqui um mês, especialistas reunidos em evento da SOS Mata Atlântica estimam

Operações flagram fazendas e fábricas desviando água destinada a abastecimento dos sertanejos durante estiagem no Nordeste

  Operações flagram fazendas e fábricas desviando água durante estiagem no Nordeste - Operações realizadas em pelo menos três Estados do Nordeste --Bahia, Pernambuco e Sergipe-- apontam que parte da água que deveria ser destinada a abastecimento dos sertanejos durante a seca está ou estava sendo furtada por fazendas e fábricas no sertão dos Estados. Em vez de abastecer a população, a água desviada servia para cultivar hortaliças ou até para

Uso de agrotóxicos pode alterar comportamento de gerações futuras

  O contato com elementos ambientais tóxicos pode influir na resposta de futuras gerações ao estresse e causar desordens de conduta, segundo um estudo realizado nos Estados Unidos com ratos. O estudo, realizado por pesquisadores das universidades de Washington e do Texas, comprovou que apenas uma exposição de fêmeas que esperavam filhotes a um fungicida utilizado em frutas e verduras, a vinclozolina, tinha consequências sobre a conduta da terceira geração de seus

Metano preso há milênios está escapando com derretimento do Ártico, diz pesquisa

  Emissão do gás é tanto causadora como efeito de mudanças climáticas Gás metano que estava preso há milênios no interior do Ártico está sendo expelido para a atmosfera por causa do derretimento do gelo polar, segundo cientistas americanos. Em estudo publicado na revista especializada Nature Geoscience, pesquisadores da Universidade do Alasca em Fairbanks (UAF) disseram ter identificado milhares de áreas árticas onde o metano, que estava preso sob o gelo, está conseguindo

Release of Arctic methane could accelerate warming, by Sara Reardon

  Alaska is emitting 50 to 70 per cent more methane than first thought (Image: UAF/Nature Geoscience) [New Scientist] Melting Arctic permafrost could put even more methane – a potent greenhouse gas – into the atmosphere than previously thought, with worrying implications for the pace of global warming. Many ice sheets that sit like caps over rock crevices trap natural seeps of methane; when they melt, the gas can quickly be released into

Top