Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.523, de 03/02/2012

  Fique rico ou morra tentando, artigo de Montserrat Martins A (injustificável) destruição do cerrado, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A luta por memória e justiça no Fórum Social Temático (FST), por Cristiano Morsolin DETER/INPE: Desmatamento na Amazônia soma 208 km2 no último bimestre de 2011 Grupo Móvel liberta 52 pessoas de trabalho análogo ao de escravo em três fazendas no Pará MS: Índios Guarani Kaiowá enviam carta de apelo

Fique rico ou morra tentando, artigo de Montserrat Martins

  Eles parecem grandes porque estamos abaixados. Proudhon [EcoDebate] Assista “fique rico ou morra tentando”, filme baseado na história do rapper Fifty Cent (50 Cent), para sentir como é “por dentro” a vida dos jovens que passam pela FASE. Na língua deles, “não aceitar” quer dizer algo como “não levar desaforo pra casa”, brigar por sua honra, e o que eles geralmente fazem é “não aceitar pros outros”, resultando em tantas brigas

A (injustificável) destruição do cerrado, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] Quando Juscelino Kubitschek decidiu construir Brasília ele não pensou apenas em fazer uma capital no interior e que pudesse integrar as diversas regiões do país, mas também abrir novas oportunidades para a exploração do Cerrado – que como o próprio nome diz – estava fechado para a exploração humana. Juscelino desejava uma grande expansão da agricultura e da pecuária numa região inexplorada. Por isto Brasília foi chamada de “A

A luta por memória e justiça no Fórum Social Temático (FST), por Cristiano Morsolin

  O jornalista e sociólogo Ignácio Ramonet e a ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, durante palestra no Fórum Social Temático. Foto de Valter Campanato/ABr [Por Cristiano Morsolin, para o EcoDebate] O jornalista e sociólogo Ignacio Ramonet, ex-editor do jornal francês Le Monde Diplomatique, defendeu a criação e o fortalecimento de comissões da verdade para que os crimes cometidos por ditaduras não sejam esquecidos nem repetidos. Ramonet definiu o direito à

DETER/INPE: Desmatamento na Amazônia soma 208 km2 no último bimestre de 2011

  Nos meses de novembro e dezembro, 207,59 km² de áreas de alerta de desmatamento e degradação foram identificados pelo DETER, o sistema baseado em satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) que verifica a ocorrência de corte raso ou degradação na Amazônia Legal para orientar a fiscalização. O número representa a soma dos alertas verificados no último bimestre de 2011. A distribuição das áreas nos Estados em cada mês é

Grupo Móvel liberta 52 pessoas de trabalho análogo ao de escravo em três fazendas no Pará

  Ação ocorreu em Tailândia e foram pagos R$ 168,9 mil em verbas rescisórias Ação realizada por fiscais do Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) no município de Tailândia (PA) resgatou 52 empregados encontrados em situação análoga a de escravo, num conjunto de três fazendas. Entre os resgatados, foram encontrados quatro adolescentes: uma garota de 15 anos, cozinheira; dois garotos com idades entre 13 e 14 anos, que lapidavam mourões e estacas

MS: Índios Guarani Kaiowá enviam carta de apelo para juízes

  Áudio: Medo, desespero e dor profunda. Esses sãos os sentimentos dos indígenas que ocupam parte da Fazenda Santo Antônio da Nova Esperança, no Município de Rio Brilhante, em Mato Grosso do Sul. Em carta endereçada aos juízes do Brasil, os índios Guarani Kaiowá relatam o clima no acampamento depois que foram intimados no dia 26 de janeiro a saírem em um prazo de 15 dias da Área de Preservação Ambiental

RN: MPF consegue manter condenação de criador de camarões por dano ambiental

  Ministério Público Federal ressalta que a carcinicultura em área de manguezal é expressamente proibida Em decisão que acolheu o parecer do Ministério Público Federal (MPF), a Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), no Recife, manteve a condenação do carcinicultor Severino Ferreira de Paiva, do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (Idema) e da União, por dano ambiental. Os réus haviam sido condenados pela 4ª Vara da Justiça

Diretor da Coppe/UFRJ defende criação de centro de prevenção de vazamento de óleo no mar

  O diretor de Tecnologia e Inovação da Coordenação de Programas de Pós-Graduação de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), Segen Estefen, disse, no dia 1/2, à Agência Brasil que o primeiro vazamento na área do pré-sal, ocorrido em 31/1 em um poço operado pela Petrobras na Bacia de Santos, reforça a necessidade de criação, no país, de um centro de monitoramento e prevenção de acidentes no mar.

Inmetro vai reduzir à metade eletrodomésticos com selo de maior eficiência energética em 2013

  A partir de janeiro de 2013, apenas cerca de 40% dos eletrodomésticos fabricados no país permanecerão com a classificação A, que indica maior eficiência energética, do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Atualmente, 80% estão nessa categoria. A redução será consequência da revisão dos níveis de eficiência, que está sendo feita pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) do instituto. A revisão abrange geladeiras, fogões, fornos e ar-condicionado. De acordo

Cartilha da Anvisa orienta trabalhadores rurais sobre uso de agrotóxicos

  Os trabalhadores rurais ganharam mais uma ferramenta para aprender sobre o uso correto de agrotóxicos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou cartilha com dicas de como evitar intoxicações por essas substâncias químicas e com  informações sobre o  uso seguro desses produtos. A cartilha ensina como os trabalhadores podem identificar os principais sintomas de intoxicação aguda por agrotóxicos, seja por via oral, dérmica e inalatória.  “Com esse material em mãos,

Concentração de 0,1% de cloro na água elimina larvas do mosquito da dengue

  O cloro existente em produtos sanitários, na concentração de 0,1%, é capaz de impedir o crescimento e eliminar as larvas do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, como mostra uma pesquisa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba. O estudo revela também que a concentração de cloro testada mantém seu efeito protetor durante dez dias. Cloro impede o desenvolvimento de larva e sua transformação

Top