Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.424, de 12/09/2011

  Mobilização popular, artigo de Montserrat Martins 11 depois de 10, artigo Roberto Malvezzi (Gogó) O Ego, o Alter e os Incas, artigo de Isabela Abes Casaca Consumo de água no Brasil está estabilizado na faixa de 150 litros por habitante/dia Índice de perda de água tratada no Brasil é de quase 42% Livro aborda impacto das transformações socioeconômicas sobre as águas da cidade de São Paulo Terrorismo e genocídio contra os Guarani-Kaiowá no Mato Grosso do

Mobilização popular, artigo de Montserrat Martins

  [EcoDebate] Fiquei impressionado com um desabafo do meu sobrinho de 12 anos, falando com meu filho de 16 anos, meses atrás, de que “a minha geração é uma droga, sabe que as coisas estão erradas mas não faz nada pra mudar”. Lembrei disso agora, vendo a marcha contra a corrupção deste 7 de setembro como um sinal de que a acomodação da juventude não é completa, pelo menos. Vale a

11 depois de 10, artigo Roberto Malvezzi (Gogó)

  [EcoDebate] O que sobrou do 11 de Setembro dez anos depois? O mundo ficou pior, sem dúvida. Quem pagou particularmente a ousadia do terror foram iraquianos e afegãos. O ataque deu o pretexto explícito – não o único possível – para que os americanos e seus aliados fossem ao oriente médio para garantir o petróleo. As mortes civis somente no Iraque são calculadas em até um milhão de pessoas. Mas, se o

O Ego, o Alter e os Incas, artigo de Isabela Abes Casaca

  [EcoDebate] Tenho observado com tristeza o que está acontecendo com os guarani-kawiowá, no estado do Mato Grosso do Sul, essa violência desmedida. O que gera a situação supramencionada é fato da maioria dos latifundiários enxergarem, como único modo de produção, a monocultura. Esta situação atual pode ser vista sob uma ótica comparativa com a história do continente Americano, desde os primórdios da história americana os ameríndios e sua cultura tem

Consumo de água no Brasil está estabilizado na faixa de 150 litros por habitante/dia

  O consumo médio de água no Brasil, envolvendo os setores comercial, residencial, público e industrial, está estabilizado na faixa de 150 litros por habitante/dia. Em 2007, o consumo per capita foi 149,6 litros diários, subiu em 2008 para 151,2 litros e baixou em 2009 para 148,5 litros, de acordo com pesquisa divulgada pelo Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (Snis), do Ministério das Cidades. “Para a média nacional , é

Índice de perda de água tratada no Brasil é de quase 42%

  O coordenador do Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (Snis), do Ministério das Cidades, Ernani Ciríaco de Miranda, disse que a situação é grave no Brasil em relação às perdas de água tratada, porque os números, “com raras exceções, são sempre muito altos”. Segundo ele, o país vem trabalhando há alguns anos com um patamar de perda de água entre 37% e 42%. “Esse fato é bom, porque

Livro aborda impacto das transformações socioeconômicas sobre as águas da cidade de São Paulo

  Domando águas - No fim do século 19, a cidade de São Paulo passou a vivenciar um ritmo de vida econômico e sociocultural que permitiu o incremento da urbanização e o seu adensamento populacional. Devido à riqueza gerada pelo complexo econômico cafeeiro, as águas da cidade se tornaram, gradativamente, obstáculos às formas de ocupação –reproduzidas até hoje – do tecido urbano. A análise está no livro

Terrorismo e genocídio contra os Guarani-Kaiowá no Mato Grosso do Sul

  Cartucho de munição calibre 12 anti-tumulto, as chamadas “balas de borracha” Nota Pública do Conselho Indigenista Missionário "Estávamos rezando, de repente chegaram dois caminhões cheios de homens, chegaram atirando, ordenaram parar queimar barracas e roupas e amarrar todos índios. Saímos correndo, em direção diferente. A 300 metros do local vimos as barracas queimando e muito choro. Faroletes e lanternas estão focando pra lá e cá, as crianças e idosos não conseguiram correr.

Famílias atingidas por eventos climáticos levam anos para reconstruir condições de vida, diz Ivo Poletto

  As famílias atingidas por intempéries climáticas no Brasil levam anos para restabelecerem as condições de vida, segundo o sociólogo e coordenador do 1º Seminário Nacional de Atingidos por Eventos Climáticos, Ivo Poletto. Quando ocorrem enchentes, ventanias e seca, é imediato o atendimento emergencial do governo e da sociedade para garantir os primeiros socorros, como comida e abrigo, mas “o grande problema é a reconstrução das condições de vida". Os recursos

Nova Friburgo: Justiça determina implementação de medidas requeridas pelo MPRJ para evitar outras tragédias

  Em Ação Civil Pública (ACP) proposta pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, o Juízo da 1ª Vara Cível de Nova Friburgo determinou, nesta quinta-feira (08/09), a imediata implementação de plano de contingência e alerta adequado e eficaz nas áreas de risco da cidade da Região Serrana. A ACP foi ajuizada em face do Estado do Rio de Janeiro e do Município de Nova Friburgo porque as Promotorias

Justiça determina demolição de construção situada em área de preservação permanente em Itapema (SC)

  Um parecer do procurador regional da República Jorge Gasparini levou o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) a determinar a demolição de uma casa de madeira em área de preservação ambiental na praia de Itapema, litoral catarinense. O acórdão favorável ao tombamento da residência significa vitória em um processo que tramita há mais de 20 anos. Ainda em 1989, uma ação popular movida por Luiz Antônio Palhares questionou edificação construída

Os ‘defeitos’ do enfoque REDD+

  O mundo está preso em uma séria crise climática em decorrência do dramático aumento de gases antropogênicos (isto é, causados pelos seres humanos) na atmosfera, que causam um perigoso aumento na temperatura global, o que é conhecido como aquecimento global. No entanto, apesar de ser um processo global, ele não tem sido causado tão “globalmente” assim. Nem todos os seres humanos são culpados por essa situação nem os que historicamente

Top