Índice da edição de 30/06/2010

Cidades na China: grandes, limpas e eficientes? artigo de José Eustáquio Diniz Alves Saiba mais: controle biológico de pragas, artigo de Roberto Naime 'Copa' das árvores, artigo de Maurício Gomide Martins A perspectiva do Poder Popular e das forças em acumulação (2), artigo de Bruno Lima Rocha Ministério Público Federal emite nota técnica sobre substitutivo que pretende alterar Código Florestal Código Florestal: Psol acusa relator de desestruturar leis sobre meio ambiente MPT pede condenação de fazendeira

Cidades na China: grandes, limpas e eficientes? artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Prof. José Eustáquio Diniz Alves, quando de sua visita a Hong Kong [EcoDebate] O título deste artigo tem como base uma reportagem da Revista Newsweek (26/05/2008): “Where Big is Best”. Evidentemente, a matéria só poderia estar tratando das cidades da China, país onde tudo tem dimensões colossais e onde está se gestando uma nova forma de planejamento urbano: "O surgimento de megacidades tem criado favelas e caos em outros lugares, mas,

Saiba mais: controle biológico de pragas, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] O controle biológico de pragas agrícolas visa a redução de prejuízos econômicos através de ações selecionadas após os sistemas vitais tanto dos predadores como das pragas terem sido compreendidos e as conseqüências ecológicas, bem como as econômicas, destas ações tenham sido previstas de forma rigorosa, para o melhor interesse da sociedade (Paulo Moretti em http://www.fam.br/microrganismos/map_cbpa.htm, consultado em 26/10/2009) O controle biológico pode ser definido como quaisquer atividades envolvendo a manipulação

‘Copa’ das árvores, artigo de Maurício Gomide Martins

Madeira apreendida pelo Ibama, em foto de arquivo [EcoDebate] Eu acho que, da mesma forma que há campeonatos mundiais, continentais, nacionais, regionais e locais de diversos tipos de esporte, durante praticamente todo o ano, também deveriam ser estabelecidos certames na prática de corte de árvores. Trata-se de excelente esporte que faz desenvolver as habilidades pessoais e constrói esplendoroso cenário para proporcionar ao povo um marcante e bonito espetáculo. Sugiro que sejam estabelecidos

A perspectiva do Poder Popular e das forças em acumulação (2), artigo de Bruno Lima Rocha

[EcoDebate] No fechamento desta série mais curta para a difusão científica, desenvolvo o argumento em torno da hierarquia de prioridades e a necessidade de coordenação para o processo de radicalização democrática. A compreensão dimensional do processo Para retomar o debate, é preciso compreender que este processo assim como o de construção de poder popular tem como condição de existência que sua direção seja de baixo para cima e não o inverso. Desse

Ministério Público Federal emite nota técnica sobre substitutivo que pretende alterar Código Florestal

De acordo com a nota, é necessária uma avaliação séria dos impactos antes de se fazer qualquer modificação na legislação A 4ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, que trata de meio ambiente e patrimônio cultural, expediu nota técnica contra o substitutivo ao Projeto de lei n° 1876/1999, apresentado pelo deputado Aldo Rebelo à comissão especial destinada a proferir parecer sobre o referido projeto de lei, que altera

Código Florestal: Psol acusa relator de desestruturar leis sobre meio ambiente

Soja no Cerrado. Foto AE O Psol apresentou na semana passada voto em separadoEspécie de manifestação alternativa ao voto do relator em uma comissão, podendo ser apresentado por qualquer dos demais integrantes. ao relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) sobre o Projeto de Lei 1876/99, que reforma o Código Florestal. O partido alega que o texto do relator desestruturará todo o sistema nacional de proteção ao meio ambiente. O voto, assinado

MPT pede condenação de fazendeira pela prática de trabalho escravo em Juara/MT

Na Ação Civil Pública, ajuizada contra a fazendeira Janete Gomes Riva, proprietária da Fazenda Paineiras, localizada no município de Juara, região norte do Estado de Mato Grosso, o Ministério Público do Trabalho em Alta Floresta pede condenações em obrigação de fazer e de não fazer, a indenização por dano moral coletivo no valor de 1 milhão de reais e ao pagamento de despesas com a divulgação de campanha de combate

MPF aciona Justiça para cobrar atualização dos índices de produtividade de imóveis rurais

Parâmetros atuais, fixados em 1980, prejudicam desapropriação para reforma agrária O Ministério Público Federal (MPF) propôs ação civil pública, com pedido de liminar, para obrigar a União e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a corrigirem os indicadores que informam sobre a produtividade de um imóvel rural para fins de reforma agrária. O objetivo é atualizar os critérios e exigências que determinam se uma terra é ou não

Resolução da Anvisa estabelece novas regras para a publicidade e a promoção comercial de alimentos

Propaganda de alimentos: novo regulamento garante liberdade de escolha - As propagandas de bebidas com baixo teor nutricional e de alimentos com elevadas quantidades de açúcar, de gordura saturada ou trans e de sódio vão mudar nos próximos 180 dias. Esse é o prazo que as empresas têm para se adequar à RDC 24/2010, publicada nesta terça-feira (29). A resolução estabelece novas regras para a publicidade e a promoção comercial

Comissão Internacional da Baleia mantém moratória de caça

Baleia minke capturada com arpão é arrastada para perto de barco japonês (Foto: Reuters/G1) Como resultados a permanência da moratória contra a caça comercial de baleias e a redução da caça de dez baleias fins, além da inclusão de nove baleias jubartes pela Groelândia, como caça aborígene de subsistência A 62a Reunião Anual da Comissão Internacional da Baleia (CIB), realizada na cidade de Agadir, em Marrocos, terminou no último sábado, 26 de

Belo Monte: Paz de cemitério no Xingu, artigo de Rodolfo Salm

A eletricidade gerada nas hidrelétricas não é "limpa" porque os lagos resultantes são fábricas contínuas de metano O economista e ex-presidente do BNDES, Carlos Lessa, publicou na edição de 31/05 um artigo com críticas ao setor elétrico brasileiro. Ele observou que os lucros anuais das concessionárias elétricas, predominantemente estrangeiras, cresceram 230% durante o governo Lula e que o consumidor brasileiro "é sangrado pelo custo de energia elétrica e subsidia as exportações

Top