Índice da edição de 01/03/2010

A exposição de ratas grávidas ao Bisfenol-A(BPA) indica que a contaminação pode afetar a saúde da prole do sexo feminino Crescimento econômico e redução da pobreza na América Latina, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Problemas da existência atual: uma revolução cultural se faz necessária, parte 1, artigo de Américo Canhoto Em nome da ‘governabilidade’ matam-se os rios de Salvador, artigo de Almacks Luiz Silva Brasil deve investir em eletricidade verde, artigo de Luiz

A exposição de ratas grávidas ao Bisfenol-A(BPA) indica que a contaminação pode afetar a saúde da prole do sexo feminino

Efeitos do BPA no organismo. Imagem: Environmental Working Group [Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Pesquisadores da Universidade de Yale mostram como o bisfenol-A(BPA) induz alterações epigenéticas em ratas grávidas, que causam desequilíbrio hormonal na fase aduulta da progênie fêmea. Ao longo dos últimos anos crescem as evidências dos riscos à saúde decorrentes da exposição ao bisfenol-A(BPA), já associado a desordens reprodutivas, desordens hormonais, obesidade, problemas no desenvolvimento cerebral, câncer de mama

Crescimento econômico e redução da pobreza na América Latina, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] Os dados estatísticos das três últimas décadas mostram de forma contundente que existe uma forte relação entre o crescimento econômico e a redução da pobreza na América Latina. O gráfico 1 apresenta os dados do PIB per capita na região (eixo esquerdo) e o percentual de incidência da pobreza na América Latina (eixo direito), para o período 1980 a 2008. Observa-se que durante os anos 80 (década perdida) a

Problemas da existência atual: uma revolução cultural se faz necessária, parte 1, artigo de Américo Canhoto

[EcoDebate] Provavelmente todos concordam que estressados; cansados crônicos; depressivos; angustiados; em pânico; ou doentes do corpo; são pessoas que estão de mal consigo mesmas e com a vida. As alegações são as mais variadas e até paranóicas: Falta de grana ou riqueza demais; obesidade ou magreza; beleza ou falta dela; saúde ou doença, conta bancária tão gorda que nos atordoa de tão grande ou cheque sem fundo; cartão de crédito estourado

Em nome da ‘governabilidade’ matam-se os rios de Salvador, artigo de Almacks Luiz Silva

[EcoDebate] Se você for usar um dia para visitar as igrejas (católicas) de Salvador, precisarão exatamente um ano, 365 dias para visitar todas elas. E mais ou menos seria este mesmo ritual para conhecer os pequenos Rios que chegavam à Baia de Todos os Santos, uma das maiores do mundo. Pelo Plano Nacional de Recursos Hídricos, a Bahia está inserida em duas regiões hidrográficas: a do Atlântico Leste e a do

Brasil deve investir em eletricidade verde, artigo de Luiz Vicente Gentil

[EcoDebate] As energias fósseis da matriz brasileira estão com os seus dias contados, sejam elas gás natural, carvão mineral ou derivados do petróleo. Os preços instáveis e elevados, a condição poluente aliada aos altos níveis de dióxido de carbono e nitrogênio na atmosfera indicam isto. São grandes os reclamos da sociedade por energia mais limpa, de menor preço e que traga renda ou emprego para os brasileiros. Neste sentido, a

Projeto permite desapropriar imóvel que viole zoneamento ecológico

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6477/09, do deputado Beto Faro (PT-PA), que inclui entre os casos de desapropriação por interesse social os imóveis rurais que estejam em desacordo com os zoneamento ecológico-econômico (ZEE) do seu respectivo estado. Conforme a proposta, que altera a Lei 4.132/62, todos os imóveis rurais com exploração agropecuária fora das recomendações dos respectivos ZEEs. Regulamentado pelo Decreto 4297/02, o ZEE é um instrumento de gestão

MPF/RJ quer mais controle e fiscalização no tratamento de resíduos hospitalares

Oito hospitais em Volta Redonda devem cumprir normas ambientais e sanitárias O Ministério Público Federal (MPF) em Volta Redonda (RJ) recomendou oito hospitais do município a cumprir as normas de tratamento de lixo e resíduos hospitalares de acordo com as Resoluções do Conama e da Anvisa. O Instituto Estadual de Ambiente (Inea) e a Vigilância Sanitária Estadual e Municipal também deverão adotar medidas emergenciais de controle e fiscalização. Na recomendação, o MPF

Riqueza biodiversa: Especialistas destacam importância dos produtos naturais na obtenção de novos medicamentos

Os produtos naturais foram fonte de cerca de metade dos compostos químicos descobertos entre 1981 e 2002. Nesse contexto, ao abrigar cerca 20% da biodiversidade mundial, o Brasil está em uma posição privilegiada como fornecedor de novos químicos, de acordo com especialistas presentes no Workshop Internacional Biota-FAPESP sobre Metabolômica no Contexto da Biologia de Sistemas, que terminou nesta quarta-feira (26/2), na sede da FAPESP. Segundo Emerson Ferreira Queiroz, diretor de pesquisa

Pesquisa descobre que mandioca amarela produz mais vitamina A

Foto: Embrapa Variedade possui 50 vezes mais caroteno do que a planta comum. Projeto também disseminou técnica inédita de plantio Pesquisa da Universidade de Brasília encontrou uma variedade de mandioca que possui 50 vezes mais caroteno do que a mandioca comum. O caroteno é a substância que, processada pelo fígado, gera a vitamina A, nutriente importante para o fortalecimento da retina. A variedade – chamada de amarela 1 – foi encontrada em Minas

Embrapa avalia o peixe Barrigudinho no controle da dengue

O peixe Barrigudinho (Lebiste, Guaru e Guppy). Foto de Luiz Guilherme Com apenas quatro centímetros de comprimento, o peixe Barrigudinho, da família Poecilidae, é a arma da Embrapa na guerra biológica para o controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre amarela. O Barrigudinho é o astro do Projeto Dengoso, uma ação de cidadania que está sendo implantada no município de Parnaíba, a 348 quilômetros ao norte de

Estímulo ao consumo em tempos de crise ameaça futuro sustentável

Foto: SXC Recursos da Terra não suportam pressão humana - Pesquisa mostra que se todos os consumidores seguissem padrão norte-americano, seriam necessários 4,5 planetas para atender à demanda. Se o impacto do ser humano na Terra fosse medido segundo a numeração de roupa, seria possível dizer que a humanidade, de tamanho 54, tenta ocupar um planeta cujo o formato é capaz apenas de suportar o tamanho 34. 25548

Top