A dez quilômetros do centro de Brasília, crianças trabalham em um lixão

Fotos de Marcello Casal Jr./Abr - Brasília -Lixão da Vila Estrutural, no Distrito Federal, inspecionado pelo Ministério Público e Secretaria dos Direitos Humanos, entre outros órgãos, para verificar ocorrências de trabalho infantil Brasília - A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa do Distrito Federal encontrou três crianças trabalhando em um lixão que fica a cerca de 10 quilômetros do centro de Brasília. O local é conhecido como Lixão da

recadastramento de propriedades rurais na Amazônia Legal: Área irregular pode ir para reforma agrária

O governo federal anunciou ontem a primeira medida concreta para inibir a derrubada ilegal da floresta amazônica. Os proprietários de terras com área superior a 320 hectares situadas nos 36 municípios com os maiores índices de desmatamento terão 45 dias para recadastrar suas áreas sob pena de suspensão dos cadastros dos imóveis, proibição de venda das propriedades e da contratação de crédito rural, além do risco de desapropriação das fazendas

Governo de Minas quer mudar leis ambientais para atrair investimentos

Sem alarde, o governo de Minas trabalha para alterar mecanismos da legislação ambiental do Estado que estão dificultando a instalação de novos empreendimentos em áreas estratégicas, como a região do entorno do aeroporto internacional de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, e a região norte do Estado. Por Ivana Moreira, Valor Econômico, 20/02/2008. 524

Pólo Petroquímico de Camaçari: Moradores pressionam empresas por despejo de produtos químicos

Impedidos de plantar, comercializar o produto do cultivo ou mesmo consumir água de cacimba, moradores do Parque Real Verde mantêm o protesto na porta do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic) – que representa 54 empresas do Pólo Petroquímico. Há um ano e oito meses, o despejo clandestino de produtos químicos na localidade mudou a rotina das 59 famílias do condomínio, que aguardam uma contrapartida financeira para os

Pesquisadores discutem possíveis efeitos nocivos à saúde causados pela exposição a campos eletromagnéticos de linhas de transmissão de energia

Saúde sob tensão – Os efeitos à saúde humana da exposição a campos eletromagnéticos de linhas de transmissão de energia elétrica ainda não são totalmente conhecidos, uma vez que os resultados de estudos científicos sobre o assunto são conflitantes. Algumas pesquisas apontam que tal exposição poderia causar doenças como distúrbios neurodegenerativos, problemas cardíacos e câncer. A leucemia em crianças é uma das fontes de preocupação, devido ao número de evidências

Leis podem reduzir aquecimento global

Brasília, Mais de 100 parlamentares de Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Alemanha, Itália, França, Japão, Rússia, Brasil, China, Índia, México e África do Sul debaterão hoje e amanhã, em Brasília, políticas para combater o aquecimento global e as negociações do acordo que substituirá o Protocolo de Kyoto a partir de 2012. Os legisladores também formularão um documento com sugestões a serem apresentadas aos mandatários dos países que integram o G-8,

Legisladores internacionais não chegam a consenso sobre biocombustíveis

Brasília - Uma recomendação sobre produção sustentável de biocombustíveis deverá fazer parte do documento que legisladores de países do G8 e mais cinco economias emergentes, entre elas o Brasil, estão discutindo em Brasília e levarão à próxima reunião das maiores economias globais, em julho. No entanto, um impasse entre os negociadores atrasou um consenso sobre o assunto no primeiro dia do evento, promovido pela Globe - Organização Mundial de Legisladores

Mais um recado do São Francisco, artigo de Marcos Sá Corrêa

[O Estado de S.Paulo] O café da manhã oferecido a seis pescadores de Sobradinho naquela manhã de janeiro não poderia ser mais generoso. Eram nada menos que dez marrecos, torrados, com cuscuz. Fartura demais para a beira do Rio São Francisco. E dois comensais preferiram engolir a conversa de que as aves aquáticas deram ultimamente para aparecer mortas, boiando na represa. Quatro atacaram o farnel. E dois pescadores passaram as

Pecuária e desmatamento da Amazônia, artigo de André Meloni Nassar

[O Estado de S.Paulo] Os dados com as estimativas da área desmatada no bioma amazônico divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), referentes aos meses de agosto a dezembro do ano passado, colocaram a pecuária na berlinda. O setor foi alçado à posição de grande responsável pela retomada do crescimento do desmatamento, que, como confirmaria qualquer brasileiro, é um problema que não podemos mais deixar de enfrentar. Nesse caso,

Por que os anfíbios estão desaparecendo?, artigo de Felipe A. P. L. Costa

“Quando o dossel da floresta é removido, a luz solar passa a incidir diretamente sobre o solo, criando condições excessivamente quentes e secas para a maioria dos anfíbios. Nessas circunstâncias, muitos deles simplesmente desaparecem do local” Felipe A. P. L. Costa (meiterer@hotmail.com) é biólogo, autor de Ecologia, evolução & o valor das pequenas coisas (2003) e A curva de Keeling e outros processos invisíveis que afetam a vida na Terra (2006).

Prefeito de Londres recomenda população a trocar água mineral por de torneira

O prefeito de Londres, Ken Livingstone, lançou nesta quarta-feira uma campanha destinada a promover o consumo de água de torneira frente à engarrafada em restaurantes, cafés e outros estabelecimentos. "A mensagem é muito simples. Não tenham vergonha de pedir água de torneira no restaurante", disse o político trabalhista. Na opinião de Livingstone, dessa forma os londrinos economizarão dinheiro e ajudarão a salvar o planeta. Matéria da Agência EFE, em Londres,

Top