A transposição do Rio São Francisco é um ‘ralo de dinheiro público’. Entrevista com Ruben Siqueira

IHU As delações dos executivos da Odebrecht para a Operação Lava Jato “vieram comprovar as suspeitas de que um dos objetivos da transposição era a transferência de grandes montantes de recursos públicos para empresas em ‘caixa um’ e ‘caixa dois’ e para políticos em campanhas eleitorais”, diz Ruben Siqueira, coordenador da Comissão Pastoral da Terra – CPT, na entrevista a seguir, concedida por e-mail à IHU On-Line. Segundo ele, para dar conta dos 14

A transposição do Rio São Francisco: águas e falácias do desenvolvimento, palestra de Ruben Siqueira

    Confira a palestra de Ruben Siqueira, da coordenação nacional da CPT, proferida no seminário “Rio São Francisco: margens em tensão – transposição, (in)justiças e territorialidades”, realizado em Recife (PE), no Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães , pela Fiocruz, no dia 28 de março último. Ruben Siqueira[1] “Quem na beira do Rio São Francisco viver, rico não há de ser, de fome e sede não há de morrer e mais de uma camisa

Para a transposição das águas do São Francisco funcionar é preciso algo óbvio: o rio ter água

    IHU São Francisco: O rio transportado à beira da morte Para a transposição das águas do São Francisco funcionar é preciso algo óbvio: o rio ter água. Por mais elementar que seja essa questão, a maioria das reportagens publicadas na imprensa empresarial ignora a situação de clemência do rio nas reportagens sobre o desvio das águas. Festeja-se a inauguração do primeiro eixo da obra, que transporta água para a Paraíba, mas a saúde

Transposição, pensei que era uma joia rara e é simplesmente uma bijuteria! artigo de Almacks Luiz Silva

  [EcoDebate] Desde o início das obras de transposição do rio São Francisco, dividida em dois Eixos, Norte (foto 1) e Leste (foto 2), os movimentos sociais e o Comitê do São Francisco sempre foram favoráveis só ao Eixo Leste, mesmo assim, com algumas alterações básicas. O governo Lula em 2007 não aceitou o diálogo e se dizendo um socialista usou o Exército Brasileiro para intimidar e iniciar as obras que

Até que enfim, artigo de Paulo Afonso da Mata Machado

    - Esta obra da transposição não vai começar; se começar, não vai continuar; se continuar, não vai terminar; se terminar, não vai funcionar. Tal frase, que relembra outra de Carlos Lacerda a respeito da candidatura, eleição e posse de JK, foi dita em um debate na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Nesse debate, ao final da palestra do representante do Ministério da Integração Nacional, uma assistente foi à mesa e lhe

Os mercadores de sonho e a transposição do rio São Francisco. Entrevista com Dom Luiz Flávio Cappio

  Os mercadores de sonho e a transposição do rio São Francisco. Bem social, direito de todos, transformado em bem econômico, direito de alguns. Entrevista especial com Dom Luiz Flávio Cappio IHU "O Projeto de Transposição de Águas do Rio São Francisco é eleitoreiro, e por isso é muito oportuno usá-lo em momentos como este que temos pela frente, as eleições de 2018”, afirma Dom Luiz Flávio Cappio à IHU On-Line, em entrevista concedida

Nordeste brasileiro vive quinto ano de seca e se não chover nos próximos dias, não há plano B

  Nordeste brasileiro vive quinto ano de seca e se não chover nos próximos dias, não há plano B. Entrevista especial com João Suassuna O setentrional nordestino, que há cinco anos vem enfrentando situações de seca, está em “estado de emergência” e muitos dos municípios da região, como o de Campina Grande, na Paraíba, que tem aproximadamente 355 mil habitantes, e Caruaru, em Pernambuco, com quase 300 mil habitantes, enfrentam problemas de abastecimento

Agência Nacional de Águas (ANA) autoriza nova redução da vazão mínima de barragens no Rio São Francisco

    A Agência Nacional de Águas (ANA) autorizou a redução da vazão mínima das barragens de Sobradinho (BA) e Xingó (AL/SE), no Rio São Francisco, para 700 metros cúbicos por segundo (m³/s). O limite, que valerá até o dia 31 de janeiro de 2017, é o menor já adotado para os dois reservatórios, mas a agência poderá suspender a decisão caso haja recomendações técnicas. A resolução da ANA autorizando a redução

Impasse entre Chesf e Ibama adia decisão sobre redução da vazão do Rio São Francisco

    A decisão sobre a redução da vazão mínima da Bacia do Rio São Francisco foi adiada para próxima segunda-feira (24) depois que uma reunião sobre o assunto terminou sem acordo ontem (17), na Agência Nacional de Águas (ANA). A redução da defluência mínima foi solicitada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) por causa da queda na geração de energia. Atualmente, o patamar mínimo autorizado nos reservatórios de Sobradinho, na

Autorizados testes para nova redução da vazão de reservatórios do São Francisco

  A Agência Nacional de Águas (ANA) autorizou a realização de testes para reduzir o volume de água que sai dos reservatórios das usinas hidrelétricas de Sobradinho (BA) e Xingó (AL/SE) para o Rio São Francisco. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) poderá reduzir a vazão mínima dos atuais 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 750 m³/s em fase de teste e, depois de analisados os impactos da

Revitalização do São Francisco precisa de R$ 30 bilhões, diz comitê da bacia hidrográfica

  O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) aprovou ontem (15) o novo Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco durante a 30ª reunião plenária do grupo, em Belo Horizonte. O documento, que tem validade por dez anos, estima em R$ 30 bilhões os investimentos necessários para sua revitalização e apresenta uma série de informações e apontamentos para a gestão da bacia. O plano é constituído

Revitalização da Bacia do Rio São Francisco pode custar R$ 30 bilhões

  Todas as ações necessárias para a revitalização da Bacia do Rio São Francisco devem demandar um investimento de cerca de R$ 30 bilhões. A estimativa consta do caderno de investimentos do novo plano gestor de recursos hídricos da bacia do rio, que está sendo finalizado este mês pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF). Transposição do Rio São Francisco. Foto: Divulgação/Ministério da Integração Nacional  A discussão em torno da

Revitalizar o Velho Chico é mudar as atividades produtivas, dizem pesquisadores

  A continuidade do modelo econômico atual na Bacia do Rio São Francisco, com atividades que consomem muita água e provocam devastação dos biomas, e a falta de informações sobre a real necessidade por água podem atrapalhar ou mesmo inviabilizar a revitalização do manancial. A opinião é compartilhada pelo engenheiro agrônomo João Suassuna, pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), e pelo sociólogo Adriano Martins, que participou de uma peregrinação pelas cidades cortadas

UTI ambiental: programa Novo Chico para o Velho Chico, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

    [EcoDebate] A série ‘UTI ambiental’ já estava ficando esquecida aqui no Portal do EcoDebate, mas garanto que não está desativada e reaparecerá sempre que necessário para enquadrar algum assunto, como no presente, em que o paciente já anda internado há muito tempo e permanece em estado crítico. Trata-se do nosso Rio São Francisco, que por estar vendo as veias (cursos d’água formadores) do seu corpo (bacia hidrográfica) secando, corre sério

A transposição do rio São Francisco, artigo de Aroldo Cangussu

opinião

    [EcoDebate] Considerado um dos maiores projetos do governo Lula e estimado em quatro bilhões de reais, a transposição do Rio São Francisco para alimentar os rios secos do nordeste setentrional já custou mais de 12 bilhões e ainda falta muito para ser concluído. Tanto é que o atual governo interino ainda pretende gastar mais dez bilhões de reais na obra. Este projeto tem a intenção de integrar o Rio São Francisco

Transposição do Rio São Francisco: má gestão dos recursos hídricos leva Nordeste brasileiro à exaustão

  Transposição do Rio São Francisco: má gestão dos recursos hídricos leva Nordeste brasileiro à exaustão. Entrevista especial com João Suassuna “É preciso saber que percentual de água o São Francisco pode dispor para depois avaliarmos que tipo de projeto vamos realizar, inclusive para saber se vamos resolver todo ou parte do problema hídrico e de abastecimento da região”, adverte o engenheiro agrônomo. Foto: Divulgação/Ministério da Integração Nacional / Fickr   “Depois de analisar e acompanhar

Educação Ambiental sob a ótica do Projeto ‘Navegando pelo Velho Chico’, artigo de Débora Andrade

artigo

EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOB A ÓTICA DO PROJETO: “NAVEGANDO PELO VELHO CHICO” Débora Andrade ¹ EIXO TEMÁTICO: DIMENSÃO SOCIAL RESUMO: Com o desdobramento populacional e consequentemente das atividades humanas vigentes intensificaram para a degradação das bacias hidrográficas, demonstrando a magnitude da Educação Ambiental na preservação dos recursos naturais, num processamento ativo de uma resposta aos problemas que afetam as comunidades. O objetivo desta pesquisa foi analisar o desenvolvimento de uma prática de Educação

Educação Ambiental em defesa e recuperação do rio São Francisco e seus afluentes, com foco no Estado da Bahia, artigo de Débora Andrade

artigo

EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM DEFESA E RECUPERAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO E SEUS AFLUENTES, COM FOCO NO ESTADO DA BAHIA. Débora Andrade ¹ EIXO TEMÁTICO: DIMENSÃO SOCIAL RESUMO: Com o desdobramento populacional e consequentemente das atividades humanas vigentes intensificaram para a degradação das bacias hidrográficas, demonstrando a magnitude da Educação Ambiental na preservação dos recursos naturais, num processamento ativo de uma resposta aos problemas que afetam as comunidades. Apresenta-se neste trabalho uma discussão

Rio São Francisco: A travessia de balsa é uma vergonha, por Aroldo Cangussu

    [EcoDebate] Apreciar o Rio São Francisco, a sua paisagem e as suas águas, desde a cachoeira Casca D’Anta na nascente no sudoeste de Minas Gerais até os cânions próximos a sua foz e a entrada triunfal no Oceano Atlântico, na divisa entre os estados de Sergipe e Alagoas, é muito prazeroso. Mesmo com os problemas sobejamente conhecidos – assoreamento, desmatamento, poluição – ainda assim ele é muito bonito. Entretanto, quando se

Transposição do São Francisco: o elefante branco nordestino? Entrevista com João Suassuna

  “Estou apostando e quero que esse projeto saia e que seja oferecido para a sociedade para fins de abastecimento, pois não vai ter volume para tudo. Com todos esses usos que se quer, esse projeto se transformaria no futuro num grande elefante branco”, alerta o pesquisador João Suassuna é nordestino. O engenheiro agrônomo, e sobrinho do escritor Ariano Suassuna, destaca que essa relação com o nordeste o faz acompanhar há mais

Top