nº 2.517, 2016 [29/04/2016]

    10 milhões de desempregados e o desperdício da força de trabalho no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Categorias de Unidades de Conservação no SNUC, artigo de Antonio Silvio Hendges A morte de Clara Eliza, a médica cubana, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Produtores rurais e seus familiares estão sujeitos a alterações respiratórias pela exposição a agrotóxicos Sacola plástica é uma das maiores vilãs do meio ambiente O desastre da Samarco: balanço de seis

10 milhões de desempregados e o desperdício da força de trabalho no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), do IBGE, teve início em 2012 e tem uma cobertura mais ampla do que a PNAD antiga e a PME (ver explicação abaixo), além de fornecer estimativas mensais sobre o mercado de trabalho. Segundo os dados da PNADC, a população brasileira era de 197,97 milhões de habitantes no início de 2012 e passou para 204,76 milhões no trimestre móvel encerrado em

Categorias de Unidades de Conservação no SNUC, artigo de Antonio Silvio Hendges

artigo

    [EcoDebate] O Sistema Nacional de Unidades de Conservação – SNUC está instituído pela Lei 9.985/2000 e regulamenta o artigo 225, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal que estabeleceu o meio ambiente ecologicamente equilibrado como um direito básico da cidadania e aos poderes públicos a obrigação de preservar e restaurar os processos ecológicos essenciais, o manejo ecológico das espécies e ecossistemas, o patrimônio genético, os espaços territoriais e

A morte de Clara Eliza, a médica cubana, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

opinião

    [EcoDebate] Faleceu em Bom Jesus da Lapa a médica cubana Clara Eliza, 46 anos, vítima do H1N1. É imperdoável que aqueles que lutam para pôr um limite na crueldade do sistema capitalista, expresso na saúde pública, não tenham dito uma única palavra. Quando cheguei para morar no sertão, Campo Alegre de Lourdes, Bahia, junto com outros colegas, o índice de desenvolvimento humano sequer era calculado. Em 1990 era de 0,27. Em

Produtores rurais e seus familiares estão sujeitos a alterações respiratórias pela exposição a agrotóxicos

  O município de São José de Ubá, no noroeste do Estado do Rio de Janeiro, tem cerca de 7 mil habitantes, a maioria na área rural. A economia da cidade é baseada na agricultura familiar, principalmente no plantio de tomates, com uso excessivo de agrotóxicos e parte da sua produção é comercializada com outros estados, inclusive São Paulo. A ocorrência de sintomas respiratórios e alterações da função respiratória em trabalhadores

Sacola plástica é uma das maiores vilãs do meio ambiente

  Por Paola Lima, da Agência Senado Belo Horizonte foi a primeira cidade no país a proibir o uso de sacola plástica em supermercados do município. Cresce no Brasil todo movimento para proibir o item não reciclável Um bilhão e meio de sacolas plásticas são consumidas no mundo por dia. Práticas, gratuitas e presentes em praticamente toda compra do brasileiro, as sacolinhas têm alto custo ambiental: produzidas a partir de petróleo ou gás

O desastre da Samarco: balanço de seis meses de impactos e ações será tema de seminário em Mariana

    No dia em que a tragédia ocorrida no município de Mariana – causada pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco – completa seis meses, pesquisadores, profissionais de órgãos governamentais (defesa civil, saúde e meio ambiente), movimentos sociais e representantes dos moradores das regiões afetadas se reúnem no seminário O desastre da Samarco: balanço de seis meses de impactos e ações. O evento ocorrerá nos dias 5 e 6 de maio

Estados têm competência para reconhecer espécies da fauna marinha ameaçadas de extinção

notícia

    Posição defendida pelo MPF foi acatada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região Os estados da Federação têm competência para reconhecer como ameaçadas de extinção espécies da fauna marinha ao longo de sua costa – e a pesca ilegal destas espécies pode ser fiscalizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Essa posição foi defendida pelo Ministério Público Federal (MPF) num caso de pesca ilegal da

Alergista adverte sobre riscos do uso abusivo de descongestionantes nasais

saúde

    O incômodo causado pelo entupimento das narinas faz com que quem sofre do problema acabe recorrendo ao uso de descongestionantes nasais, que proporcionam alívio imediato. Como estão disponíveis para venda livremente em farmácias, sem a necessidade de receita médica, esse tipo de medicamento pode parecer inofensivo, mas sua utilização de maneira incorreta pode causar efeitos colaterais indesejáveis, como dependência. De acordo com o médico alergista Diener Frozi, responsável pelo projeto “Viva

nº 2.516, 2016 [28/04/2016]

    Variedades crioulas e parentes silvestres, artigo de Roberto Naime Crescimento e Progresso, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira O primeiro acordo climático global da história, artigo de Reinaldo Dias Estudo analisa transparência na gestão de recursos hídricos nos estados brasileiros Estados não atingem nível satisfatório na gestão hídrica, diz estudo Organizações climáticas pedem retirada de termelétricas de leilão de energia da ANEEL Violações de direitos humanos na comunidade tradicional de Zacarias, em Maricá, são tema de

Variedades crioulas e parentes silvestres, artigo de Roberto Naime

milho crioulo

    [EcoDebate] Ainda haverão grandes incrementos populacionais no planeta e se estima que mudanças significativas no clima do nosso planeta podem criar grandes perturbações no nosso ambiente, o que forçará a criar novos modelos para a produção de alimentos que assegurem a sobrevivência. Os parentes silvestres das espécies de plantas cultivadas representam um patrimônio de extrema relevância para o Brasil e para toda a humanidade, na medida em que desenvolveram, ao longo

Crescimento e Progresso, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

'comendo' o Planeta

    [EcoDebate] Obcecada pela lógica capitalista dominante, a sociedade moderna parece ter sérias dificuldades em diferenciar, na prática e não no conceito, “crescimento” de “progresso”, e, de modo análogo, insiste em confundir o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), não somente como sendo a maneira mais eficiente de mensurar, mas também de aprimorar os níveis de bem-estar e de felicidade, como se esses princípios basilares da vida, rasteiramente, dependessem de conquista

Top