Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.332, de 30/06/2015

    Reserva Biológica de Duas Bocas, artigo de Roberto Naime Além do seu celular, o que mais tem entre o céu e a terra? artigo de Beatriz Carvalho Diniz MPF recomenda que regulamentação da Lei da Biodiversidade tenha participação dos povos indígenas e tradicionais Instituto Socioambiental (ISA) publica dossiê 'Belo Monte - Não há condições para a Licença de Operação' MPF/RJ pede a suspensão de atividades da CSN por falta de

Reserva Biológica de Duas Bocas, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] No estado do Espírito Santo, nas proximidades da capital Vitória, mais especificamente na área rural do município de Cariacica, estão localizados os 2.910 ha da antiga reserva florestal de Duas Bocas, transformada em Reserva Biológica em 1991, muito citada, e também foco de atuação e de interesse do Instituto Últimos Refúgios, que tem notável acervo de realizações. Denominada Duas Bocas em função da represa, inaugurada nos tempos do Presidente Getúlio

Além do seu celular, o que mais tem entre o céu e a terra? artigo de Beatriz Carvalho Diniz

    [EcoDebate] Precisamos ver com os olhos da fé a ligação entre o ambiente natural e a dignidade da pessoa humana, nos diz o Papa Francisco. E por quê? Porque vivemos um momento sem precedentes de ameaça real à vida, ao futuro, às pessoas. Não é mais possível fechar os olhos para o nosso distanciamento da natureza e para o modo de viver adorando bens materiais. É da natureza que tiramos

MPF recomenda que regulamentação da Lei da Biodiversidade tenha participação dos povos indígenas e tradicionais

    Recomendação do MPF quer garantir que populações tradicionais sejam previamente ouvidas em consulta pública sobre o tema O Ministério Público Federal (MPF) quer garantir que os povos indígenas e tradicionais do país sejam consultados no processo de regulamentação da Lei da Biodiversidade (13.123/2015), que trata do acesso ao patrimônio genético e ao conhecimento tradicional associado. A norma define regras para a utilização de recursos da biodiversidade por pesquisadores e pela indústria,

Instituto Socioambiental (ISA) publica dossiê ‘Belo Monte – Não há condições para a Licença de Operação’

  Documento aponta as principais consequências do desrespeito às condicionantes socioambientais da hidrelétrica que está sendo construída na região de Altamira (PA), no momento em que o Ibama avalia a autorização da operação da usina. O dossiê está disponível para download aqui No escritório da Norte Energia, em Altamira, empresa responsável pela usina de Belo Monte, um calendário aponta: “faltam 64 dias para a Licença de Operação”. Já dada como certa, a

MPF/RJ pede a suspensão de atividades da CSN por falta de licença de operação e de danos ambientais

  CSN. Foto: Diário do Vale   A empresa não possui licença de operação desde 2012 e não cumpre obrigações estipuladas em termo de ajustamento de conduta O Ministério Público Federal (MPF) em Volta Redonda (RJ) propôs ação civil pública para que seja declarada a inexistência de licença para as atividades exercidas no interior da Usina Presidente Vargas, da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). O pedido decorre do descumprimento de diversas obrigações estabelecidas em termo

Governo faz consulta pública para ampliação da Chapada dos Veadeiros

    O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) realizará em agosto consultas públicas para debater a ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás. O órgão fará reuniões nos municípios da região do parque para ouvir sugestões da comunidade local, de órgãos ambientais, entidades públicas, organizações não governamentais, proprietários de terra e representantes dos setores produtivos. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 1961 e

A Batalha entre dois modelos agrícolas: agronegócio vs agroecologia

  O agronegócio: a produção de monoculturas em grande escala, baseado na tecnologia e produtos químicos. Por Janaina Strozake Da Why Hunger / Página do MST     O agronegócio é uma agricultura sem agricultores. Praticamente as únicas pessoas que vivem nas terras no Brasil nos dias de hoje são os guardas de segurança que são responsáveis pela propriedade – os trabalhadores vivem nos subúrbios e marginalizados da propriedade. Investidores do agronegócio veem a terra como uma

Em Roma, cooperativa produz alimentos e desenvolvimento social dentro da cidade

Objetivo do projeto também é resgatar laços sociais e incluir socialmente imigrantes e outros grupos frágeis. Por Alan Tygel e Mônica Mourão Da Página do MST   A Via Tenuta della Mistica fica a 30 minutos do centro de Roma. Da janela do ônibus, a paisagem se modifica rapidamente ao longo da Via Prenestina. O concreto denso e a falta de árvores pouco a pouco dão lugar a parques, áreas livres e uma

Violência contra os indígenas é um problema ético. Entrevista com Lucia Helena Rangel

  “Vivemos um problema ético no Brasil, porque o não reconhecimento dos direitos indígenas e dos direitos sociais, em geral, é uma questão que só pode ser discutida e colocada no âmbito da ética”, afirma a antropóloga. Foto: Parque da Ciência “O número de casos de violações e violência contra indígenas aumenta, diminui, aumenta, diminui, mas o padrão da violência contra os indígenas não se modifica”, diz Lucia Helena Rangel à IHU On-Line,

Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.331, de 29/06/2015

    Perversão legal, artigo de Montserrat Martins Além da realidade econômica, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Especialista alerta para degradação e desertificação no Semiárido É possível despoluir Lagoa Rodrigo de Freitas até Olimpíadas, diz especialista Seminário define lista de recomendações para promoção de políticas públicas de fomento agroecológico RJ: 4.500 hectares são reflorestados em iniciativa do Comitê Guandu COP21, Paris: Proposta do Observatório do Clima sugere 35% de redução em

Perversão legal, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] O Odebrecht deve estar arrependido de não ser banqueiro, onde poderia lucrar à vontade, com leis e governos sempre a favor. Entre 1980 e 2014, o Estado brasileiro aplicou 861 bilhões em investimentos e 3 trilhões e 584 bilhões com o pagamento de juros, dado publicado pelo jornalista Clóvis Rossi, da Folha de São Paulo, que não foi manchete daquele jornal e de nenhum outro do país – quem

Top