Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.910, de 02/09/2013

    Bienvenidos hermanos médicos! artigo de Montserrat Martins Saiba Mais: Instrumentos da Política Nacional de Meio Ambiente, por Antonio Silvio Hendges Afinal, como deve ser uma alimentação saudável? artigo de Fabio Cardoso de Carvalho Alimentar-se bem custa caro? Dependendo das escolhas, comer bem pode ser barato, diz nutricionista Em Rondônia, afetados pelas usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau cobram compensações Moradores de Altamira, cidade atingida pela hidrelétrica de Belo Monte,

Bienvenidos hermanos médicos! artigo de Montserrat Martins

  Brasília, 26/08/2013 – Profissionais estrangeiros do Mais Médicos participam do curso de preparação, com aulas sobre saúde pública brasileira e língua portuguesa. Foto de Elza Fiuza/ABr   [EcoDebate] Bienvenidos, médicos cubanos, milhões de pessoas do interiorzão deste país-continente lhes aguardam ansiosos. Uma dura realidade lhes espera, mostrada em matéria de capa da Carta Capital, “Ruim para todos”, sobre o caos da saúde no país. Uma missão heroica lhes aguarda, mas vocês já

Saiba Mais: Instrumentos da Política Nacional de Meio Ambiente, por Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Lei 6.938/1981 com alterações em sua redação pela Lei 7.804/1989 e Lei 8.028/1990, institucionalizou no Brasil a Política Nacional do Meio Ambiente, os fins e mecanismos para a sua formulação e aplicação, constituiu o Sistema Nacional de Meio Ambiente – SISNAMA e os Cadastros de Defesa Ambiental. Fundamenta-se na Constituição Federal, artigo 23 incisos VI e VII que dispõe sobre a competência comum da União, Estados, Distrito Federal

Alimentar-se bem custa caro? Dependendo das escolhas, comer bem pode ser barato, diz nutricionista

  Alimentar-se bem custa caro? Segundo a professora do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília Kênia Mara Baiocchi, pequenas mudanças nos hábitos diários podem garantir melhor qualidade de vida e comida saudável pode não representar reais a menos no bolso. Para ela, as escolhas na hora de fazer compras no supermercado ou de montar um prato em um restaurante self-service podem fazer grandes diferenças para a saúde. “A gente precisa quebrar

Em Rondônia, afetados pelas usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau cobram compensações

    Ministério Público Federal e Estadual participaram de audiência pública em Jacy-Paraná, distrito afetado por usina hidrelétrica de Santo Antônio Em audiência pública realizada na última semana em Jacy-Paraná (distrito de Porto Velho, em Rondônia), representantes da comunidade cobraram a efetivação das compensações sociais e ambientais previstas nas construções das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau. Na pauta de reivindicações, os moradores relatam suas preocupações sobre a definição da remoção, ou não,

Moradores de Altamira, cidade atingida pela hidrelétrica de Belo Monte, protestam por água, energia e educação

  Por volta de 1000 pessoas saíram nas ruas de Altamira (PA), cidade atingida pela hidrelétrica de Belo Monte, na manhã dessa sexta-feira (30 de agosto) para exigir o direito a água, energia e educação de qualidade. A ação, batizada de #DireitosJá, reúne os movimentos sociais presentes na região, além de entidades de profissionais da educação, comerciantes, representantes de bairros, igreja, entre outros. A ação se soma ao dia nacional de paralisação

Extração ilegal de madeira põe ucuúba (Virola surinamensis) sob risco de extinção

  "Virola surinamensis L. por Reinaldo Aguilar, no Flickr" - Virola surinamensis - A Virola surinamensis Warb., conhecida popularmente como ucuúba, é uma árvore de cerca de 60m de altura, comumente encontrada em lugares alagados, geralmente perto de igapós. Em perigo de extinção segundo a IUCN. Fonte: Wikipédia   A ucuúba está na lista de espécies da flora ameaçadas de extinção devido à extração ilegal. A árvore é cobiçada principalmente por causa de

Ecologia da Restauração, de Efraim Rodrigues – Um livro texto sobre uma ciência de crise

    Não parece, mas já faz doze anos desde o último livro. Venho trabalhando no Ecologia da Restauração desde que terminei o Biologia da Conservação. Os dois livros se completam. Enquanto o primeiro é sobre evitar extinções de espécies, este segundo é sobre como “consertar” a natureza onde ela foi degradada. É o primeiro livro texto em ecologia da restauração com enfoque tropical em todo mundo, mas inclui também muitos exemplos temperados. Assim

Sustentabilidade – Avanços em conceitos e recuos nas práticas, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Embora não surpreendam - havia indícios -, são inquietantes as informações sobre aumento do desmatamento na Amazônia. Foram 2.007 quilômetros quadrados na Amazônia Legal em um ano, segundo o Imazon (20/8), ou quase 92% mais que em igual período anterior. Aos quais se devem acrescentar 1.155 quilômetros quadrados de florestas degradadas no período. E tudo se traduzindo em 100 milhões de toneladas de dióxido de carbono

Após novo vazamento, níveis de radiação nas proximidades da usina nuclear de Fukushima atingem nível crítico

    Nova medição indica que níveis de radiação estão 18 vezes mais altos do que inicialmente se supunha Os níveis de radiação nas proximidades da usina nuclear de Fukushima, no Japão, estão 18 vezes mais altos do que se supunha inicialmente, alertaram neste domingo autoridades locais. Na semana passada, o operador responsável pela planta informou que uma quantidade ainda não identificada de água radioativa vazou de um tanque de armazenamento. Leituras mais recentes realizadas

Documento final do 9º Encontro Internacional da Marcha Mundial das Mulheres

  Fotos de Marcha Mundial das Mulheres no álbum Conferência: Feminismo e construção de alternativas. Facebook   De 25 a 31 de agosto, 1.600 mulheres de 48 países estiveram reunidas em São Paulo para debater sobre a trajetória e as estratégias do feminismo frente à ofensiva conservadora, durante o 9º Encontro Internacional da Marcha Mundial das Mulheres. Realizado pela primeira vez no Brasil, o evento marcou o encerramento do mandato brasileiro no Secretariado

Bolivianos, em regime de trabalho análogo à escravidão, são resgatados de oficina em SP

    13 trabalhadores, além de 4 crianças, viviam em regime análogo ao de escravo em oficina de costura na zona leste da Capital   A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de São Paulo (SRTE/SP) resgatou, em 26/08, treze trabalhadores bolivianos, além de quatro crianças que viviam em regime de trabalho análogo à escravidão numa oficina de costura instalada na Cidade Patriarca, Zona Leste da capital paulista. “Na oficina não havia higiene nenhuma, todos

Top