Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.823, de 26/04/2013

    A população da Europa em 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Um sistema interligado hidroeólico para o Brasil, por Joaquim F. de Carvalho e Ildo L. Sauer Ser Humano: de la evolución a intentar evitar la extinción, por Ricardo Natalichio Instituto da Universidade de Oxford alerta para riscos de extinção da humanidade Para fórum, segurança alimentar depende do fim de agrotóxicos e transgênicos Semiárido: dez anos de investimentos contraditórios.

A população da Europa em 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Europa se tornou uma potência mundial depois da conquista da América e da consequente acumulação de riqueza, que possibilitou o fortalecimento dos Estados Nacionais, movimentos intelectuais - como o Iluminismo - e a Revolução Industrial e Energética. Mas o chamado “Velho Continente” passou a maior parte de sua história em diferentes guerras nacionais e territoriais entre os seus povos e com o resto do mundo. Houve a Guerra

Um sistema interligado hidroeólico para o Brasil, por Joaquim F. de Carvalho e Ildo L. Sauer

    Um sistema interligado hidroeólico para o Brasil     Joaquim F. de CarvalhoI; Ildo L. SauerII IPesquisador visitante do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. @ - jfdc35@uol.com.br IIProfessor titular de Energia do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. @ - illsauer@iee.usp.br     RESUMO Discute-se neste artigo a possibilidade que se abre ao Brasil, de - graças a seus imensos potenciais hídrico e eólico - produzir, de forma renovável e sustentável, toda a energia elétrica

Ser Humano: de la evolución a intentar evitar la extinción, por Ricardo Natalichio

  Luego de varios millones de años de una “natural evolución”, podría decirse que con un mínimo impacto ambiental, comenzamos a divorciarnos de la naturaleza. Durante estos pocos miles de años que nos anteceden, hemos rápidamente ejerciendo más y más poder, dominándola, adaptándola a nuestras necesidades, utilizándola y modificándola. Y especialmente desde el inicio de la revolución industrial, hemos pasado del uso, al abuso. [Ecoportal.net] Los científicos en general suelen tomar como

Instituto da Universidade de Oxford alerta para riscos de extinção da humanidade

    Uma equipe internacional de cientistas, matemáticos e filósofos do Instituto do Futuro da Humanidade, da Universidade de Oxford, está investigando quais são os maiores perigos contra a humanidade. E eles argumentam em um texto acadêmico recém-divulgado, Riscos Existenciais como Prioridade Global, que autores de políticas públicas devem atentar para os riscos que podem contribuir para o fim da espécie humana. No ano passado, houve mais textos acadêmicos lançados a respeito de snowboarding

Para fórum, segurança alimentar depende do fim de agrotóxicos e transgênicos

  Atual modelo de produção, distribuição e consumo de alimentos está entre os principais temas de encontro nacional que o Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutrional realiza no começo de junho Por Cida de Oliveira e Sarah Fernandes, da RBA O sistema de produção baseado na monocultura, com uso de agrotóxicos, é combatido pelo Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar.   Um novo modelo de  produção de alimentos, baseado na

Semiárido: dez anos de investimentos contraditórios. Entrevista especial com Roberto Malvezzi

  “Se continuássemos sem depósitos de água limpa, a tragédia social dessa longa estiagem teria se repetido”, declara o coordenador da Articulação no Semiárido Brasileiro – ASA. Confira a entrevista. Foto: http://blog.onhas.com Após completar dez anos, o Programa 1 Milhão de Cisternas mudou a perspectiva de vida e convivência com o semiárido, diz Roberto Malvezzi à IHU On-Line. “Com ele deixamos de focar nas grandes obras e dirigimos o olhar para cada casa, cada

Avicultura colonial, também chamada de caipira, é alternativa para pobreza do Semiárido

  Avicultura é alternativa para pobreza do Semiárido. Foto de João Pedro Zabaleta   O Plano Brasil Sem Miséria (PBSM), do Governo Federal, tem como um dos objetivos a iniciação produtiva e a minimização da pobreza extrema de mais de 16 milhões de pessoas. E a Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS), está envolvida nesse grande projeto nacional. A tecnologia usada pela Empresa na região de atuação está sendo empregada em outras localidades totalmente

SUV – Stupid Utility Vehicle, por Marcelo Rubens Paiva

  SUVs - Foto no Blog ContaGiros   O SUV, Sport Utility Vehicle, domina a paisagem das grandes cidades. O homem comum se cerca de lata, borracha e combustível. Potência, força e altura. Como uma armadura medieval, o SUV dá a sensação de grandeza e poder à pequenice humana. É fabricado para aqueles que vivem em áreas rurais e trafegam eventualmente por vias urbanas e rodovias. Carregam feno, animais, ferramentas. Têm habilidades off-road, fora da estrada, e tração nas

Sudeste do Pará – Livro recupera momentos da luta pela terra do século passado

    Territorialização do campesinato no sudeste do Pará, dissertação laureada com o Prêmio NAEA\2008 recupera 20 anos da história recente do campesinato da região, considerada uma das mais tensas na luta pela terra do país. O livro de Rogério Almeida será lançado no dia 01 de maio, às 19h, no estande do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA\UFPA), durante a Feira Pan Amazônica do Livro. A pesquisa foi orientada pela Dra Rosa Elizabeth

PA: fazendeiro é condenado por submeter trabalhadores à escravidão

    Em 2009, na fazenda Novo Prazer, em Marabá (PA), foram resgatados onze trabalhadores em condições semelhantes às de escravos A Justiça Federal em Marabá, no sudeste do Pará, condenou o proprietário rural Vivaldo Rosa Marinho a cinco anos e quatro meses de reclusão por ter submetido trabalhadores a condições semelhantes às da escravidão. Segundo a denúncia, apresentada pelo Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA), em 2009 o Grupo Especial de Fiscalização Móvel,

Agentes do extinto serviço de proteção escravizavam índios, aponta Relatório Figueiredo

  Relatório Figueiredo - Conclusões da investigação feita em 1967 têm mais de 7 mil páginas que foram encontradas recentemente no antigo Museu do Índio, no Rio de Janeiro (Foto: Arthur William )   Criado em 1910, o Serviço de Proteção aos Índios (SPI) muitas vezes atuou de maneira totalmente contrária aos interesses das pessoas por quem deveria zelar. Uma investigação coordenada em 1967 pelo então procurador Jader de Figueiredo Correia indicou que,

Top