Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.574, de 19/04/2012

  'Wetlands' e 'Landfarming', artigo de Roberto Naime Áreas de Risco: A Lei nº 12.608 E Os Limites dos Alertas Pluviométricos, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Refrigerantes e bebidas açúcaradas versus Hipertensão Arterial Sistêmica, artigo de Frederico Lobo Brasil retrocedeu para antes da Eco-92, diz Marina Silva Ambientalistas se unem para pedir que governo brasileiro evite retrocesso na Rio+20 'Rio mais ou menos 20?' Documento sobre Rio+20 critica timidez do

‘Wetlands’ e ‘Landfarming’, artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] Existem inúmeros casos de destinação final de efluentes tratados em áreas de “wetland”, devido às condições de permeabilidade dos solos, num processo também conhecido como “landfarming”. Planícies de inundação são áreas de baixios de bacias hidrográficas que atuam na manutenção do equilíbrio hidrológico da bacia. Quando ocorrem cheias ou enchentes a bacia hidrográfica usa suas áreas de baixios, também conhecida por áreas de várzeas para extravasamento do excesso de água. A

Áreas de Risco: A Lei nº 12.608 E Os Limites dos Alertas Pluviométricos, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

  [EcoDebate] O meio técnico brasileiro, geólogos, engenheiros geotécnicos, geógrafos, urbanistas, hidrólogos, profissionais de defesa civil, etc., que lida diretamente com os problemas associados a áreas de risco, enchentes e deslizamentos, saudou efusivamente a aprovação da Lei nº 12.608, de 10 de abril de 2012, recém assinada pela Presidência da República, que instituiu a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil – PNPDEC, o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil -

Refrigerantes e bebidas açúcaradas versus Hipertensão Arterial Sistêmica, artigo de Frederico Lobo

  O consumo de refrigerantes e outras bebidas com grande quantidade de açúcar traz risco de aumento da pressão arterial, pelo menos foi essa a conclusão de um estudo feito com 2,5 mil pessoas e publicado na revista científica "Hypertension". A pressão alta (hipertensão arterial sistêmica - HAS) é o maior fator de risco para doenças cardiovasculares. Médicos estimam que uma pessoa com uma pressão de 135mmHg por 85mmHg tem duas vezes

Brasil retrocedeu para antes da Eco-92, diz Marina Silva

  A ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora Marina Silva (sem partido) disse que os brasileiros andaram duas décadas, mas para trás. Ela comparou a postura ambiental do governo brasileiro hoje, às vésperas da realização da Rio+20, com a de antes da Eco-92, primeiro megaevento sobre o tema realizado no Brasil. "O País andou 20 anos para chegar onde estava antes de 1992, quando ainda separava desenvolvimento de meio ambiente", disse

Ambientalistas se unem para pedir que governo brasileiro evite retrocesso na Rio+20

Um grupo de acadêmicos, ambientalistas, parlamentares e ex-ocupantes de cargos públicos defendeu ontem (18), em São Paulo, que o governo adote uma ação mais atuante na definição de políticas públicas a serem apresentadas na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, em junho próximo. Em documento apresentado na Faculdade de Economia da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), os 17 integrantes do grupo alertaram que “há um elevado risco de

‘Rio mais ou menos 20?’ Documento sobre Rio+20 critica timidez do País

  Um documento preparado e divulgado nesta quarta-feira em São Paulo por diretores do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento (Cindes) e pelo embaixador e ex-ministro Rubens Ricupero cobra protagonismo do Brasil nos debates da Rio+20 e a inclusão do meio ambiente na pauta da conferência. Matéria de Beatriz Bulla, da Agência Estado. Os organizadores da iniciativa, chamada "Rio mais ou menos 20?", criticaram a postura passiva do País até o

Força Nacional dará proteção ao Ibama e ao ICMBio no Pará

  A Força Nacional de Segurança Pública garantirá segurança aos fiscais do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes (ICMBio) nas ações contra o desmatamento e comércio ilegal de madeira nos municípios de Novo Progresso e Altamira, no estado do Pará. A medida, publicada ontem (18) no Diário Oficial da União, foi autorizada pelo Ministério da Justiça. A decisão foi tomada depois que a

SP: Ferrovia abandonada põe recursos hídricos e solo da Terra Indígena Araribá e da APA do Rio Batalha em risco

  Voçoroca ameaça Terra Indígena Araribá. Foto de Renata Takahashi Por Renata Takahashi / Instituto Ambiental Vidágua A aproximadamente 40 quilômetros de Bauru, no município de Avaí, está localizada a Reserva Indígena Araribá, que abarca a aldeia Indígena Kopenoti, de etnia Terena, e a aldeia  Nimuendaju, de etnia Guarani. Sobreposta à Terra Indígena encontra-se a Área de Preservação Ambiental do Rio Batalha, abrangendo 1.940 hectares. O Rio Araribá, afluente do Rio Batalha, encontra-se bastante assoreado.

RJ: Operação multa quatro empresas pelo crime ambiental de despejo ilegal de resíduos

  Quatro empresas foram multadas, sete pessoas detidas e quatro caminhões apreendidos Quatro empresas – na capital e na Baixada Fluminense – foram multadas, sete pessoas detidas e quatro caminhões apreendidos em uma megaoperação de fiscalização ambiental promovida hoje (18/4) pela Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca), órgão da Secretaria de Estado do Ambiente, e pelas polícias Federal, Militar e Civil. Licenciadas apenas para trabalhar com resíduos da construção civil,

MPF/PI ajuiza ação para paralisar carvoarias em área de Mata Atlântica no Estado

  MPF alerta na ação que o Estado vem perdendo nos últimos anos parcelas significativas de sua biodiversidade para o desmatamento provocado pelas carvoarias O Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que a Justiça determine ao Ibama e ao Estado do Piauí, através da Semar, a imediata paralisação de todas as carvoarias instaladas no domínio de Mata Atlântica no Estado que estão funcionando

MPF recorre da decisão que manteve a exploração de petróleo no Campo de Frade pela Chevron

  O Ministério Público Federal (MPF) recorreu ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) para que a turma de desembargadores do órgão julgue o pedido de liminar suspendendo as atividades da Chevron e da Transocean no país. O MPF responsabiliza as duas empresas pelo vazamento de 2,4 mil barris de óleo no Campo de Frade, na Bacia de Campos, em novembro do ano passado. No último dia 11, o desembargador federal

Top