Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.386, de 20/07/2011

Tratamentos físico-químicos de água, artigo de Roberto Naime O crescimento exponencial do consumo no século XXI, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Qualidade da água de rios próximos de regiões metropolitanas é ruim ou péssima, segundo relatório da ANA MMA investiga produtos químicos industriais que trazem riscos à saúde humana e à vida silvestre Consulta para implementação da Convenção de Roterdã sobre o controle de substâncias químicas perigosas Convenções de

Tratamentos físico-químicos de água, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] Os tratamentos físico-químicos de água são divididos em uma série de procedimentos, denominados de processos unitários, cujos principais podem ser assim resumidos: 1. Peneiramento: tem por finalidade remover os materiais sólidos suspensos nas águas residuárias, em geral os materiais com granulometrias superiores a 0,25mm; existem peneiras estáticas onde os efluentes fluem na parte superior, passando por uma tela onde os materiais grosseiros são recolhidos e seguindo para as demais fases

O crescimento exponencial do consumo no século XXI, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] No ano 2000, a população mundial estava em torno de 6 bilhões de habitantes e o Produto Bruto da economia mundial estava em 42,3 trilhões de dólares, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). Para consumir é preciso produzir. Assim, podemos dizer que o consumo (consumo das famílias e das empresas) per capita da humanidade era de 7 mil dólares ao ano. Entre 2000 e 2011 a economia mundial

Qualidade da água de rios próximos de regiões metropolitanas é ruim ou péssima, segundo relatório da ANA

Relatório divulgado hoje pela Agência Nacional de Águas diz que a maioria dos rios, lagoas e reservatórios com água em condições de qualidade ruim ou péssima fica perto de regiões metropolitanas. “Essa condição está associada principalmente ao lançamento de esgotos domésticos”, constata o relatório A maioria dos rios, lagoas e reservatórios com água em condições de qualidade ruim ou péssima está próxima a regiões metropolitanas. O diagnóstico está no relatório Conjuntura

MMA investiga produtos químicos industriais que trazem riscos à saúde humana e à vida silvestre

Informações sobre problemas causados por substâncias perigosas estão sendo apuradas para atendimento à Convenção de Roterdã, que trata do comércio mundial desses produtos que trazem risco à humanidade e à vida silvestre Havia um silêncio estranho. Os pássaros, para onde teriam ido? Adultos e crianças morriam. O relato sobre uma cidade norte-americana, destituída de vida pelo pesticida DDT, impactou o ano de 1962, e contribuiu para deslanchar o movimento ambientalista. Nas

Consulta para implementação da Convenção de Roterdã sobre o controle de substâncias químicas perigosas

No Brasil ainda falta regulamento jurídico que estabeleça, de modo abrangente, o controle de substâncias químicas perigosas usadas na indústria, como alguns tipos de chumbo e fosfato, por exemplo. Entretanto, o Ministério do Meio Ambiente já empreendeu ações fundamentais. Criou o Conselho Nacional de Segurança Química (Conasq), que se constitui de instituições governamentais e não-governamentais. E, com relação ao comércio, realizou uma Consulta Nacional para a Consolidação da Implementação da

Convenções de Roterdã e de Estocolmo: Tratados internacionais se complementam

Diferentemente da Convenção de Roterdã, a de Estocolmo tem poder de proibição da comercialização e produção de substâncias. Os tratados internacionais se complementam, e reforçam o peso de decisões já tomadas internamente nos países. A Convenção de Roterdã não proíbe produção ou comercialização, mas entrar na pauta de discussões de suas Conferências das Partes (COP) já é suficiente para que uma substância seja vista como perigosa. "Um exemplo disso é o

Etanol de 2ª geração: Embrapa Agroenergia avalia matérias-primas adequadas para a produção do biocombustível

Visando à identificação do potencial das matérias-primas para produção de etanol de segunda geração, a Embrapa Agroenergia (Brasília/DF) está realizando testes com diversas metodologias já descritas no Brasil e no exterior. As análises das biomassas, que são oriundas de um projeto da Empresa para identificar matérias-primas adequadas para a produção do biocombustível, são realizadas nos laboratórios da Embrapa Hortaliças e da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, ambas no Distrito Federal. “Estamos

MPF/ES ajuíza duas ações criminais por trabalho escravo no município de Marechal Floriano

Três pessoas são acusadas de aliciar trabalhadores e de submetê-los à condição análoga à de escravos, no município de Marechal Floriano, sul do Espírito Santo O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) ajuizou duas ações criminais contra três acusados de aliciar trabalhadores e de submetê-los à condição análoga à de escravos, no município de Marechal Floriano, sul do Espírito Santo. Uma das ações, contra o engenheiro agrônomo Marcelo Krohling, trata da

Diminuição de animais no topo da cadeia alimentar, por conta da ação humana, tem efeitos ecológicos drásticos

A falta dos grandes predadores – O acentuado declínio nas populações dos grandes predadores não é apenas uma notícia triste para quem admira animais como leões, tigres, lobos e tubarões. De acordo com estudo publicado na revista Science, a perda de espécies no topo da cadeia alimentar pode representar um dos maiores impactos da ação humana nos ecossistemas terrestres. Segundo James Estes, do Departamento de Ecologia e Biologia Evolucionária da Universidade

Decline of large predators at the top of the food chain has disrupted ecosystems across the planet

Loss of large predators caused widespread disruption of ecosystems - Decline of 'top consumers' may be humans' most pervasive influence on natural world IMAGE: Fishing alters predator patterns; when large fish are removed, corals don't fare as well. Click here for more information. The decline of large predators and other "apex consumers" at the top of the food chain has disrupted ecosystems across the planet. The finding is reported by an international

Estado espanhol: o movimento dos ‘indignad@s’ e suas perspectivas

Além das particularidades de cada país, aquilo que passa tanto no Estado espanhol como na Grécia, depois da irrupção das revoltas no mundo árabe, terá repercussões em todo o continente. Daqui resulta a importância de analisar em profundidade a realidade e o potencial destas grandes mobilizações. Esther Vivas e Josep Maria Antentas nos dão aqui sua opinião sobre o significado do movimento dos “indignad@s”. Como definiria as características centrais deste movimento? Josep

Top