Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.335, de 06/05/2011

Animais Bioindicadores, artigo de Roberto Naime Impacto e espetáculo, artigo de Montserrat Martins Galinheiro da Web Lascada, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Manifesto da sociedade civil sobre votação do Código Florestal Belo Monte: Movimentos sociais de Altamira descartam participação no Comitê Gestor do PDRS Xingu Carta aberta à sociedade e às autoridades públicas sobre o Comitê Gestor do PDRS/Xingu Representantes do MP e estudiosos criticam construção da Usina de Belo

Animais Bioindicadores, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] Muitos animais e plantas tem sido usados como bioindicadores. Ou seja, como entes vivos que indicam condições do meio físico, do próprio meio biológico ou das condições de vida para o meio antrópico. Para entender de uma forma bem simples o que são bioindicadores basta exemplificar. Todo mundo sabe que um peixe respira oxigênio através das brânquias. Se a água for limpa e tiver oxigênio o peixe respira e

Impacto e espetáculo, artigo de Montserrat Martins

[EcoDebate] Notícia de impacto, sem dúvida, a morte de Bin Laden deve render meses de especulações para satisfazer a curiosidade do público. É o típico impacto que se transforma em show, desde o aspecto dramático das vítimas do terrorismo, até o espetáculo de suspense que são as múltiplas versões que veremos para cada detalhe da descoberta de seu esconderijo e de sua morte (sem falar, ainda, nas “correntes”

Galinheiro da Web Lascada, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

[EcoDebate] Não sei mais em que pé anda o debate sobre a internet pública, mas aí está um tema de extremo interesse do povo brasileiro. Quando mudei de casa descobri que não havia internet banda larga no novo bairro. Liguei para a operadora e disseram que naquela rua era impossível. Fiquei desesperado, afinal, sem internet hoje meu modo de trabalho é praticamente impossível. Fui obrigado a comprar um serviço 3G. Apesar da

Manifesto da sociedade civil sobre votação do Código Florestal

Enquanto o desmatamento volta a crescer depois de seis anos sob controle, dando sinais claros de aumento no Amazonas, Rondônia e Mato Grosso, a Câmara dos Deputados aprova urgência para votação de anistias e isenções para grandes desmatadores. O Deputado Aldo Rebelo apresentou nesta segunda feira (02 de maio) um novo texto para o código florestal resultado de negociações com o Governo Federal. No dia seguinte, terça feira, o Ministro da

Belo Monte: Movimentos sociais de Altamira descartam participação no Comitê Gestor do PDRS Xingu

Quarenta organizações lançam documento anunciando a não-participação no Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRS) Xingu. A decisão se baseia na negativa do governo de dialogar sobre denúncias de violações e irregularidades no licenciamento da usina, apresentados anteriormente. Movimentos sociais de Altamira, convocados pelo governo a indicar nomes compor o Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRS Xingu), não irão compor a entidade

Carta aberta à sociedade e às autoridades públicas sobre o Comitê Gestor do PDRS/Xingu

Nós, movimentos sociais e entidades da sociedade civil, abaixo assinados, tornamos pública nossa posição a respeito do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRS Xingu). Especialmente, sobre a criação e processo de seleção de entidades que participarão de seu Comitê Gestor. De início, consideramos equivocada a posição da Secretaria-Geral da Presidência da República em encaminhar para o Movimento Xingu Vivo para Sempre (MXVPS) uma convocatória para a seleção de entidades

Representantes do MP e estudiosos criticam construção da Usina de Belo Monte

Para uma plateia de comunidades indígenas que serão afetadas pelas obras da Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará, representantes do Ministério Público Federal no estado e estudiosos apresentaram ontem (5) no Senado uma série de críticas ao empreendimento, um das principais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos, o procurador da República no Pará Bruno Soares Valente defendeu a suspensão

Acadêmicos acusam estudos oficiais de subestimar impactos de Belo Monte

Os impactos ambientais e sociais da construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, estariam sendo subestimados. Esta foi a principal crítica dos acadêmicos que participaram, nesta quinta-feira (5), de audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). As restrições ao empreendimento constam do Painel de Especialistas de Belo Monte, que envolveu 40 professores das áreas de Ciências Humanas, Biológicas e Médicas e Engenharia na avaliação

Construção da usina hidrelétrica de Belo Monte é criticada durante audiência no Senado

A polêmica sobre a usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, foi a tônica da audiência pública ocorrida nesta manhã na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH). A reunião aconteceu a pedido da senadora Marinor Brito (PSOL-PA), que é contra o empreendimento. Uma das críticas feitas por ela e pelos outros participantes do debate - representantes de comunidades indígenas, da Justiça e especialistas de universidades -

Banco Santander suspende financiamento para polêmica hidrelétrica brasileira no rio Madeira

O maior banco da Europa, o Banco Santander, suspendeu o financiamento para a controversa barragem de Santo Antônio no Brasil, baseado em preocupações ambientais e sociais. A decisão é um duro golpe para o projeto, parte de uma série de barragens planejadas para a Amazônia que geraram protestos no Brasil e no mundo. Em fevereiro deste ano, três líderes indígenas da Amazônia viajaram para a Europa para protestarem contra as barragens. Santo

Governo discute regras para descarte adequado e reciclagem do lixo industrial

O Ministério do Meio Ambiente e representantes do setor empresarial e da sociedade civil retomaram ontem (5) o debate a respeito das regras que deverão nortear o descarte e a reutilização de resíduos industriais. Inicialmente, serão definidas normas para coleta, separação e reaproveitamento ou destinação adequada de cinco grupos de produtos: eletroeletrônicos, remédios, lâmpadas fluorescentes, embalagens em geral e recipientes e sobras de óleo lubrificantes. A expectativa do ministério é que

Top