Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.321, de 15/04/2011

Sementes sequestradas - É necessário apostar em outro modelo de agricultura e alimentação, artigo de Esther Vivas Serra do Cafezal: o atraso tecnológico da BR 116, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Como conciliar produção e preservação ambiental? artigo de Altemir Tortelli MG: I Caminhada Ecológica da Rede 'Nós Amamos Neves' tratada como caso de polícia Governo fez reunião para 'afinar' o discurso sobre o código florestal Entidades da agricultura

Sementes sequestradas – É necessário apostar em outro modelo de agricultura e alimentação, artigo de Esther Vivas

[EcoDebate] Quem ouviu falar alguma vez do tomate lâmpada, da berinjela branca ou da alface língua de boi? Difícil. Trata-se de variedades locais e tradicionais que ficaram à margem dos canais habituais de produção, distribuição e consumo de alimentos. Variedades em perigo de extinção. A nossa alimentação atual depende de algumas poucas variedades agrícolas e de gado. Apenas cinco variedades de arroz proporcionam 95% das colheitas nos maiores países produtores e

Serra do Cafezal: o atraso tecnológico da BR 116, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

[EcoDebate] A polêmica arrasta-se há já mais de 10 anos e a duplicação da Rodovia Régis Bittencourt no trecho paulista da cabeceira da Serra do Mar, localmente sob a denominação de Serra do Cafezal, compreendido entre os quilômetros 336 e 367, ainda está a depender do resultado de complicadas decisões judiciais ou, em uma alternativa mais virtuosa e breve, do bom senso dos empreendedores. De um lado numerosas e aguerridas organizações

Como conciliar produção e preservação ambiental? artigo de Altemir Tortelli

[EcoDebate] Ironicamente, o Brasil chega ao Ano Internacional das Florestas - declarado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para sensibilizar a sociedade sobre a importância da preservação das florestas para uma vida sustentável no Planeta, com o tema "Florestas para o Povo" - em meio a uma discussão preocupante. Desde 2008 estabeleceu-se, no âmbito da Câmara dos Deputados, um debate que pôs de um lado ruralistas e de

MG: I Caminhada Ecológica da Rede ‘Nós Amamos Neves’ tratada como caso de polícia

I Caminhada Ecológica Nós Amamos Neves é barrada por Agentes de Segurança do Presídio José Alkimim A I Caminhada Ecológica Nós Amamos Neves foi barrada pelo Grupo de Intervenções Táticas (GIT) da unidade prisional José Maria de Alkimim no último domingo (10/04/2011), em Ribeirão das Neves, MG, Brasil. Agentes de segurança da unidade - encapuzados, fortemente armados com escopeta e cães - surpreenderam e impediram a passagem de cerca de 200

Governo fez reunião para ‘afinar’ o discurso sobre o código florestal

Governo busca consenso interno sobre código florestal - O governo fez reunião ontem (14) para afinar o discurso para mais um debate no Congresso Nacional sobre o código florestal. Coordenada pelo presidente da República em exercício, Michel Temer, a base aliada traçou estratégias para aprovar o novo código. Na avaliação do ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, os pontos que podem gerar atrito são “poucos e pequenos”. Para o ministro, a

Entidades da agricultura familiar e da pesquisa agropecuária consideram mudanças no Código Florestal desnecessárias

Representantes de entidades ligadas à agricultura familiar e à pesquisa agropecuária afirmaram hoje, em reunião promovida pela Frente Parlamentar Ambientalista e pela Fundação SOS Mata Atlântica, que o atual Código Florestal não prejudica o desenvolvimento agrícola no País. Segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário, Vicente Almeida, a atual legislação pode até ser aperfeiçoada. Ele lembrou, no entanto, que atualmente já existem técnicas para fazer

Sem contribuição científica, Código Florestal será ‘desastre’, diz pesquisador da SBPC

A revisão do Código Florestal precisa ter embasamento científico e, por isso, não deveria ser aprovada rapidamente - são necessários ao menos dois anos para que sejam oferecidas importantes contribuições científicas e tecnológicas. Foi o que afirmou nesta terça-feira (5) o pesquisador Antonio Donato Nobre, durante audiência pública realizada no Senado. Ele disse que, da forma como está, a proposta que reformula o código "será um desastre". Nobre participou da

Propaganda influencia a má alimentação de jovens amazonenses

A prevalência de sobrepeso na população adolescente de Manaus, no Amazonas, pode estar ligada à propaganda de alimentos que é veiculada nas principais emissoras de TV de canal aberto da cidade. “Mesmo não sendo um pólo produtor de alimentos industrializados, a região é atingida pelas mensagens televisivas. Boa parte das propagandas veiculadas se refere a alimentos classificados no grupo dos óleos, gorduras, açucares e doces. Todos alimentos densamente calóricos”, avalia

Escola da Amazônia. Uma experiência de amor à floresta. Entrevista com Silvio Marchini

Aproximar as pessoas da vida da floresta amazônica é o objetivo do professor Silvio Marchini, criador da Escola da Amazônia, a qual tem como missão conservar o bioma amazônico por meio da educação e da comunicação, informando e sensibilizando a sociedade. Aliás, Marchini avisa que é a desinformação a grande inimiga da Amazônia. “A crise ambiental acaba sendo uma crise de valores morais e de valores éticos, e o ambientalismo

Agrotóxicos: Contaminação dos alimentos e a saúde pública

Um ditado indiano diz que a gente é aquilo que come. A alimentação sempre ocupou lugar de destaque desde as sociedades milenares. As pessoas comiam para satisfazer as necessidades do corpo, mas também da mente. A comida também se encarregou de perpetuar culturas de povos, passando receitas e costumes de geração para geração, até os dias de hoje. No entanto, se a gente é o que come, não temos muito

‘Grandes cidades das Américas sofrem cada vez mais com as consequências das mudanças climáticas’, diz membro do IPCC

A América é uma das quatro regiões mais atingidas pelo aquecimento global no mundo, e as grandes cidades são as que mais sofrem. Quem afirma isto é José Marengo, climatologista, que coordenou a reunião regional do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas), que ocorreu de 11 a 13 de abril, no INPE, em São José dos Campos (SP). “Foram identificadas quatro regiões mais vulneráveis às mudanças climáticas: Ásia (especialmente a Índia),

Top