Índice da edição nº 1.158, de 13/08/2010

Re-ge(ne)ração: a geração azul, artigo de José Eustáquio Diniz Alves As empresas e a Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/2010, artigo de Antonio Silvio Hendges Invasores de sonhos, artigo de Américo Canhoto Um viveiro para repovoar Bonsucesso, por Itaan P. Santos As mutações éticas da Responsabilidade Social, artigo de Gilberto Barros Lima Brasil tem quase 14 mil focos de queimadas nesta quinta-feira, 12/08 Grandes incêndios florestais atingem Mato Grosso e Tocantins Pesquisa da USP analisa impactos

Re-ge(ne)ração: a geração azul, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Imagem: Stockxpert [EcoDebate] As gerações passadas - nossos ascendentes - ajudaram a construir o mundo atual. Muitas conquistas se devem ao esforço de nossos antepassados, não só em termos de linguagem, cultura, grandes monumentos, infraestrutura, etc. Por exemplo, a mortalidade infantil, no mundo, atingia 152 crianças que morriam antes de completar um ano, para cada mil nascidos vivos, em 1950. Em 2010, a mortalidade infantil mundial tinha caído para 47 por

As empresas e a Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/2010, artigo de Antonio Silvio Hendges

[EcoDebate] A Lei 12.305/2010 sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos vai influenciar decisivamente a atuação e o planejamento necessários ao setor empresarial. A responsabilidade pós consumo é um dos princípios básicos da logística reversa, uma das ferramentas fundamentais da gestão compartilhada dos resíduos entre fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, poderes públicos e consumidores. Os pactos setoriais serão fundamentais às atividades e informações para um fluxo reverso adequado das sobras de

Invasores de sonhos, artigo de Américo Canhoto

[EcoDebate] Na atualidade, a mídia tornou-se uma fábrica de sonhos que invade a mente das pessoas para colocar seus produtos através de uma política de marketing extremamente invasiva. O desastre era inevitável; os sonhos alheios se reproduzindo como uma praga mata a esperança; em teoria: a última que não poderia morrer. Manipular os sonhos alheios envolve riscos incalculáveis para o futuro de todos; tanto dos manipuladores quanto dos que deixam invadir

Um viveiro para repovoar Bonsucesso, por Itaan P. Santos

[EcoDebate] Nos dias 24 e 25 de julho o Fórum Carajás promoveu a penúltima oficina do projeto (nome) no povoado Bonsucesso (Mata Roma). A orientação do professor Itaan Santos, teve como objetivo referendar a parceria que o Fórum Carajás vem estabelecendo com o Centro de Ciências Agrárias (CCA) / UEMA via o seu Laboratório de Extensão Rural (LABEX). Em Bonsucesso já haviam sido realizadas várias oficinas desse projeto, incluindo uma que

As mutações éticas da Responsabilidade Social, artigo de Gilberto Barros Lima

[EcoDebate] Buscando dar respostas aos problemas sociais, a Responsabilidade Social (RS) continua em franca ascensão, bem como, vem cumprindo importante influência na marcha dos acontecimentos, alguns fenômenos experimentaram profundas mutações na história, essa pluralidade de eventos ocasionou uma nova visão para implementar a racionalidade global para enfrentar esse período difícil que o mundo vem passando. Diante de um complexo cenário global, incorporar a RS no mundo corporativo tem sido

Brasil tem quase 14 mil focos de queimadas nesta quinta-feira, 12/08

Os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registram 13.823 focos de queimadas em todo o país hoje (12), não só em áreas de floresta. A maioria está concentrada nas regiões Norte e Centro-Oeste. A estiagem e a baixa umidade relativa do ar aumentam o risco de incêndios. Em Mato Grosso, há 4.284 focos de queimadas. No norte do estado, o município de Marcelândia foi atingido por um incêndio que

Grandes incêndios florestais atingem Mato Grosso e Tocantins

Foto: PrevFogo/Ibama O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) registra dois grandes incêndios florestais no país ontem (12), no norte de Mato Grosso e no Tocantins. Nesta quinta-feira, os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registraram, em todo o país, cerca de 14 mil focos de queimadas. No norte de Mato Grosso, o Ibama, a Defesa Civil, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade

Pesquisa da USP analisa impactos ambientais da pecuária na Amazônia

Impactos ambientais negativos da atividade que cresce na região poderiam ser diminuídos com a exploração de produtos regionais, indica estudo feito na FSP-USP O incessante aumento do consumo de carne bovina no mundo contribuiu para que a pecuária assumisse um papel central na economia da Amazônia, com impactos ambientais negativos. Em determinadas regiões, a exploração de produtos alternativos poderia atrair os produtores para outras atividades, limitando a criação de gado e

Acampamento Terra Livre Regional e Carta-manifesto de Altamira

Nesta quinta feira, 12, terminou em Altamira o Acampamento Terra Livre (ATL) Regional Amazônia, evento que reuniu cerca de 400 indígenas - das etnias Juruna, Xipaya, Arara da Volta Grande, Kuruaia e Xicrin da região de Altamira, Guajajara, Gavião, Krikati, Awa Guajá, Kayapó, Tembé, Aikeora, Suruí, Xavante, Karintiana, Puruborá, Kassupá, Wajapi, Karajá, Apurinã, Makuxi, Nawa AC, Mura do AM, Tupaiu, Borari, Tapuia, Arapiuns, Pataxó, Tupiniquim, Javaé, Kaingang, Xucuru, Marubu, Maiuruna

1ª turma de Agentes Agroflorestais Indígenas do Acre recebe diplomação

Comissão Pró-Índio do Acre, enquanto organização não-governamental, é pioneira na formação técnica-profissional intercultural em gestão territorial no Brasil Indígena. Aconteceu ontem, às 18:00hs, no Centro de Formação Povos da Floresta da Comissão Pró-Índio do Acre, a formatura da 1ª turma de Agentes Agroflorestais Indígenas do Estado do Acre - AAFIs. Dos 126 AAFIs que estão em formação pela CPI, 30 indígenas entre Kaxinawa, Katukina e Manchineri, dos municípios de Tarauacá, Santa

Estudo do Ipea indica que municípios mais ricos concentram cada vez mais renda

Estudo do Ipea indica que poucos municípios brasileiros respondem pela maior parte do Produto Interno Bruto. Os técnicos apontam que a desigualdade na distribuição de renda era menor em 1920, quando 1% dos municípios mais ricos concentravam 21% da riqueza. Hoje, eles detêm 47% Poucos municípios brasileiros respondem pela maior parte do Produto Interno Bruto (PIB), informou ontem (12) o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Os dados estão no comunicado

Top