Coordenador vê relação entre madeira apreendida e grupos organizados no Pará

Brasília - O chefe substituto de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Alex Lacerda, que coordena a operação Guardiões da Amazônia, denunciou, no dia 20/02, a existência de "quadrilhas organizadas" na região do município de Tailândia, no nordeste do Pará, para roubo de madeira. Matéria de Gilberto Costa, da Rádio Nacional da Amazônia, publicada pelo EcoDebate, 22/02/2008. 515

Governo identifica líderes de madeireiros na Amazônia

Brasília (AE) - O governo identificou quem são os líderes de madeireiros e fazendeiros que desmatam, ilegalmente, a Amazônia e que têm incitado a população a atacar agentes da Polícia Federal (PF) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na véspera da deflagração da Operação Arco de Fogo, nome dado à grande mobilização repressiva planejada para a região para os próximos dias. Os nomes

Apesar de protestos, Pará vai manter ação contra desmatamento

SÃO PAULO - Depois da ocorrência de violentos protestos de madeireiros em Tailândia, município no nordeste do Pará, a governadora Ana Júlia Carepa (PT) suspendeu a operação de retirada de grande volume de madeira apreendida, mas avisa: vai executar a medida e leiloar o material apreendido, como previsto. Por Carmen Munari, Agência Reuters, publicada pelo Estadao.com.br, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008, 16:09. 513

Pesquisadora considera adição de 2% de biodiesel insuficiente para reduzir poluentes

A pesquisadora Magaly Fonseca Medrano, do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília (UnB), afirma que, na área ambiental, a mistura obrigatória de 2% de biocombustível no diesel comum até 2013 não representa redução significativa das emissões de gases perigosos para a atmosfera. Matéria de João Porto, da Rádio Nacional da Amazônia, publicada pelo EcoDebate, 22/02/2008 511

Sociobiodiversidade carece de política integrada de ministérios, afirma técnico. Política nacional integrada para biodiversidade sai ainda este ano, diz coordenador

O estabelecimento de políticas públicas e a identificação de lacunas e dificuldades existentes hoje nas cadeias produtivas da sociobiodiversidade são o principal objetivo do seminário promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e outras instituições, que terminou ontem (21) no Rio de Janeiro. Matéria de Alana Gandra, da Agência Brasil e publicada pelo EcoDebate, 22/02/2008. 509

O nascimento da indústria das secas no Brasil, artigo de João Abner Guimarães Jr.

[EcoDebate] Nesses dias - em que a Transposição do Rio São Francisco é apresentada como uma política de Governo que remonta à época do Império do Brasil voltada para solucionar a problemática da seca no Brasil - é apropriado resgatar-se o grande humanista Euclides da Cunha que há 100 anos no seu extraordinário livro “Os Sertões", na parte inicial que trata da Terra, discutiu com profundidade a problemática do semi-árido

Expansão agrícola e desmatamento, artigo de Guilherme C. Delgado

[Correio da Cidadania] Entrou efetivamente na agenda midiática nacional e internacional a questão do desmatamento em território amazônico. A questão é associada ao efeito-estufa que provavelmente tal prática provocaria, além de outros efeitos sócio-ambientais predatórios. Esta nova situação gera, a intervalos regulares provocados pela divulgação dos dados de desmatamento captados por satélite, uma verdadeira guerra de informação. De um lado, os ambientalistas, com justas preocupações e escasso apoio oficial. Do

Top