Desconfiança da população nos políticos e autoridades cresce a cada ano e já atinge mais de 80%

A credibilidade dos parlamentares e das instituições governamentais, diante dos recentes escândalos de corrupção, parece estar no fundo do poço. Prova disso é o crescente aumento da desconfiança da população nas autoridades brasileiras. Desde 1993, a porcentagem de pessoas que não confiam nos políticos vem crescendo. Naquele ano, 82% da população não acreditavam; em 1999, mais de 85% e em 2005, cerca de 87% não confiavam na classe política. Em

Exército retoma as obras de transposição do São Francisco

Após impasse judicial, 350 homens se concentram no trecho do Rio São Francisco em Pernambuco. Sem mais impasses judiciais ou protestos que impeçam a transposição do Rio São Francisco, 350 homens do Exército retomaram ontem as obras nos pontos de captação em Cabrobó e Floresta, em Pernambuco, que irão levar água através dos eixos Norte e Leste. O eixo Norte, saindo de Cabrobó, levará água para Paraíba, Rio Grande do

Testemunho acerca do bispo Dom Cappio

" O jejum de D. Luiz Flávio Cappio não foi em vão. Nem misturou fé e política. Seu móvel era ético-espiritual, mas sua argumentação era estritamente política e, se quiserem também técnica (qual é o melhor projeto que mais beneficia pessoas com custos menores). Dos 8 pontos apresentados por ele e seu grupo numa difícil negociação na CNBB 6 foram acolhidos, materiais que circulam pela internet e me dispenso de

Mata pode não estar sumindo, diz inglês. Inpe vai mapear recuperação de floresta pós-corte na Amazônia

Estudo analisou dados das Nações Unidas e concluiu que não há tendência clara a declínio de florestas tropicais no mundo. Para cientista, regeneração pode até mesmo compensar perda por desmatamento, mas estimativas oficiais não deveriam basear pesquisas. Por Caludio Angelo, Editor de Ciência, publicado pela Folha de S.Paulo, 08/01/2007. 987

Alimentos contra o câncer

Trabalho que associa o consumo de folhas, vegetais e frutas com a prevenção do câncer de colo uterino é premiado no 3º Encontro de Pesquisa e Pós-graduação da Faculdade de Saúde Pública da USP. Por Thiago Romero, da Agência FAPESP, 08/01/2008 986

Alemanha vai explorar força dos ventos no Mar do Norte

A previsão para 2020 é que a Alemanha chegue a 45 mil MW de energia elétrica gerada pelos ventos O mar é a nova fronteira da energia eólica. A gigante alemã E ON Energie está investindo 300 milhões de euros num cabo de transmissão submarino de 125 quilômetros no Mar do Norte para trazer ao continente energia produzida em um parque eólico off-shore. Serão mais 75 quilômetros em terra e uma

Top