Manejo florestal melhora vida de mil famílias e reduz pressão de desmatamento no semiárido

  Na Serra do Araripe, entre Ceará, Pernambuco e Paraíba, lenha é retirada de forma sustentável.     Por Pauleinir Constâncio, MMA O manejo florestal representa renda adicional que está mudando a vida de mil famílias no semiárido nordestino e reduzindo a pressão do desmatamento sobre os processos de desertificação. Na Serra do Araripe, região entre os estados do Ceará, Pernambuco e Paraíba, em pouco menos de três anos pequenos produtores rurais e assentados do

Programa na Caatinga promoverá uso florestal sustentável

  Desmatamento para fins energéticos é o principal vetor da degradação ambiental e da intensificação do processo de desertificação     Quase 1.500 municípios brasileiros se encontram em processo de desertificação, o que corresponde a 16% da área do território brasileiro. Tal situação desafia os gestores de políticas públicas a promover ações estruturantes para convivência sustentável com a semiaridez e o efetivo combate à desertificação. Diante deste cenário, foi lançado na última sexta-feira (30), em

Travada no Congresso, PEC torna Caatinga e Cerrado patrimônio nacional

    Os dois biomas abrangem 14 estados brasileiros e abrigam 30% da população do país. Organizações sociais pressionam a aprovação da proposta; e apontam que interesses do agronegócio tem barrado o avanço da pauta. Dois dos principais biomas do Brasil, o Cerrado e a Caatinga podem se tornar patrimônio nacional. É o que querem organizações sociais que pressionam o Congresso Nacional pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que trata da

Animais e plantas da Caatinga também têm suas estratégias de convivência com o Semiárido

    Resistência da Caatinga também é uma característica do povo da região onde o bioma está presente. Práticas agroecológicas são uma forte estratégia de preservação do bioma. Por Catarina de Angola - Asacom Recife - PE Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro. | Foto: Romário Henrique No dia 28 de abril foi comemorado o dia Caatinga, bioma exclusivamente brasileiro, presente na região semiárida, e corresponde a 12% do território nacional. Caatinga vem do tupi-guarani e

A Caatinga pede Socorro, artigo de Davi Calado

  A Caatinga pede Socorro. Extração Ilegal de madeira deste Bioma, usado como Matriz Energética... [EcoDebate] Diariamente dezenas de caminhões abarrotados de Madeira extraída irregularmente da Caatinga, cortam a principal via de ligação do estado de Pernambuco (BR 232). Semanalmente são centenas de caminhões empilhados de madeiras da vegetação nativa como: Melanoxylon brauna (Braúna), Poincianella bracteosa (Catingueira), Zizyphus Joazeiro (Juazeiro ou juá), Caesalpinea ferrea (Jucazeiro), Anadenanthera colubrina (Angico), Spondiastuberosaarruda (Umbuzeiro), Platycyamus regnellii

Águas de Dezembro, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Chuvas gerais tem caído sobre o sertão nordestino. “Rios correndo, as cachoeiras tão zoando...”, como escrevia Zé Dantas em sua música com Gonzaga, chamada Riacho do Navio. O ciclo das chuvas é essencial para o ciclo da vida. Todas as espécies de vida da caatinga – mais de 1200 só vegetais -, seus animais endêmicos e trazidos de fora, reagem à chegada das chuvas e a vida explode em sua

Apenas 7,5% da Caatinga está protegida em Unidades de Conservação (UCs)

  Bioma do semiárido nordestino é o mais sensível à interferência humana e às mudanças climáticas, alertam pesquisadores em conferência do BIOTA Educação (Eraldo Peres/MMA)   A Caatinga é considerada por especialistas o bioma brasileiro mais sensível à interferência humana e às mudanças climáticas globais. Apesar disso, apenas 7,5% de seu território está protegido em Unidades de Conservação (UCs) e apenas 1,4% dessas reservas são áreas de proteção integral. O alerta foi feito pelo

Exploração predatória ameaça caatinga, único bioma exclusivamente brasileiro

    Único bioma exclusivamente brasileiro, a caatinga vê sua riqueza ambiental dilapidada pelo uso predatório dos recursos naturais, que ameaça espécies como o tatu-bola, a mascote da Copa do Mundo de 2014. Por Maria Vitoria Velez, da AFP, no Yahoo Notícias. O alerta foi feito por um especialista que há 15 anos estuda este ecossistema, às vésperas do Dia Nacional da Caatinga, comemorado neste domingo. "A caatinga é o patinho feio dos biomas

Estudo investiga eficiência da Caatinga na absorção de gás carbônico

  É o que pesquisadores do Instituto Nacional do Semiárido, ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, querem provar. Para isso, instalaram duas estações micrometeorológicas em Campina Grande, na Paraíba, para monitorar o dióxido de carbono absorvido pelas plantas da região (Foto: Otávio Nogueira / Creative Commons)   A vegetação da Caatinga pode ser proporcionalmente mais eficiente do que as florestas úmidas para absorver o gás carbônico presente na atmosfera, em um

Serviço Florestal Brasileiro,: no NE, 94% da lenha é ilegal, cortada e queimada sem qualquer tipo de controle

  Carvão ilegal. Foto de arquivo MMA No calor da indústria do gesso, a ruína da caatinga no Nordeste - Em toda a região, 30% das empresas usam lenha como fonte de energia; adesão a planos de manejo ainda é baixa No Araripe, na divisa de Pernambuco com Piauí, está o maior polo gesseiro do país. Com o incentivo à construção civil, as fábricas estão a pleno vapor e respondem por 95% da

Bendita é entre as florestas: Caatinga, artigo de Cristiano Cardoso Gomes

  [EcoDebate] Quando se fala em florestas, a maioria das pessoas logo lembra a Amazônia, outras veem a memória a Mata Atlântica, alguns o Cerrado e um ou outro, se lembra da Caatinga. Não é raro questionar se a Caatinga é floresta ou mata. Não é difícil ver pessoas surpreendidas quando se diz que a Caatinga é uma floresta. A Caatinga é Mata sim. Inclusive na própria epistemologia do nome, quando os reais

A Caatinga é o bioma semiárido mais biodiverso do mundo. Entrevista com João Arthur Seyffarth

  Trata-se de um bioma adaptado às condições semiáridas e se localiza nos nove estados do Nordeste e no norte de Minas Gerais, ocupando 11% do território nacional Por: Thamiris Magalhães “A Caatinga é o bioma semiárido mais biodiverso do mundo, sendo extremamente distinto em espécies animais, vegetais, em paisagens e sob o ponto de vista genético”, frisa o biólogo João Arthur Seyffarth, em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line. E continua:

Top