Gestão Estratégica dos Recursos Hídricos no contexto do bioma Caatinga, artigo de João Suassuna

    O setentrional nordestino, que há seis anos vem enfrentando situações de seca, está em “estado de emergência”. Muitos dos municípios da região, como Campina Grande, na Paraíba, que tem aproximadamente 355 mil habitantes, e Caruaru, em Pernambuco, com 300 mil habitantes, enfrentam problemas de abastecimento de água para o consumo de suas populações e, se não chover os volumes esperados para o atual período das águas, “não há um plano

Caatinga: beleza e diversidade reveladas, artigo de Ana Cecília da Cruz Silva

Caatinga: beleza e diversidade reveladas Ana Cecília da Cruz Silva Biológa e mestre em Ecologia e Conservação pela Universidade Federal de Sergipe Professora de Ciências e Biologia do Colégio Estadual Armindo Guaraná em Sergipe Resumo A Caatinga tem sido descrita nos livros como um bioma com poucas espécies e de moderado valor biológico. Porém, estudos recentes mostram que existe uma impressionante quantidade de espécies da flora e da fauna, adaptadas as condições adversas do clima,

Ibama embarga 180 hectares na caatinga e emite 35 autos de infração no entorno de hidrelétricas do rio São Francisco

    Operação de combate a irregularidades ambientais no entorno de hidrelétricas licenciadas pelo Ibama ao longo do Rio São Francisco resultou no embargo de 180 hectares de caatinga e na emissão de 35 autos de infração, que totalizam R$ 10 milhões. Um trator e oito metros cúbicos de madeira nativa foram apreendidos. As infrações verificadas causam impactos diretos na quantidade e qualidade da água disponível nos reservatórios da região. A Operação Velho

Nova plataforma auxilia no monitoramento da cobertura vegetal da Caatinga e fornece alertas sobre a seca

  Sistema aberto ao público inclui informações sobre ocorrência de chuvas e gera mapas mensais com dados sobre solo     A nova plataforma aberta ao público SimaCaatinga – Sistema de Monitoramento e Alerta para a Cobertura Vegetal da Caatinga – vai facilitar o monitoramento da cobertura vegetal da Caatinga e fornecer alertas sobre a seca. O projeto foi lançado pelo Instituto Nacional do Semiárido (Insa) e o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite da

Estudo aponta fragilidade da caatinga devido a desertificação

  Por Maíra Menezes (IOC/Fiocruz) Na Bahia, quase a metade das cidades da caatinga no entorno do Rio São Francisco têm alto risco de sofrer danos provocados pelas mudanças climáticas nos próximos 25 anos. A conclusão é de um estudo realizado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que mapeou a vulnerabilidade às alterações do clima em 84 municípios que fazem parte da bacia hidrográfica do Velho Chico e estão localizados na

Conviver com a seca, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A caatinga é um bioma brasileiro embora pareça estranho assim ser denominada. O indivíduo que habita na caatinga tem que se tornar um agente que presta um serviço ambiental ao preservar e se integrar a este bioma como uma própria estratégia de convivência com a seca. Como assevera Francisco Campelo, secretário nacional de combate à desertificação, não é lícito pensar que se chega no Alasca, ou na Groenlândia ou local

Animais e plantas da Caatinga também têm suas estratégias de convivência com o Semiárido

    Resistência da Caatinga também é uma característica do povo da região onde o bioma está presente. Práticas agroecológicas são uma forte estratégia de preservação do bioma. Por Catarina de Angola - Asacom Recife - PE Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro. | Foto: Romário Henrique No dia 28 de abril foi comemorado o dia Caatinga, bioma exclusivamente brasileiro, presente na região semiárida, e corresponde a 12% do território nacional. Caatinga vem do tupi-guarani e

A Caatinga pede Socorro, artigo de Davi Calado

  A Caatinga pede Socorro. Extração Ilegal de madeira deste Bioma, usado como Matriz Energética... [EcoDebate] Diariamente dezenas de caminhões abarrotados de Madeira extraída irregularmente da Caatinga, cortam a principal via de ligação do estado de Pernambuco (BR 232). Semanalmente são centenas de caminhões empilhados de madeiras da vegetação nativa como: Melanoxylon brauna (Braúna), Poincianella bracteosa (Catingueira), Zizyphus Joazeiro (Juazeiro ou juá), Caesalpinea ferrea (Jucazeiro), Anadenanthera colubrina (Angico), Spondiastuberosaarruda (Umbuzeiro), Platycyamus regnellii

Águas de Dezembro, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Chuvas gerais tem caído sobre o sertão nordestino. “Rios correndo, as cachoeiras tão zoando...”, como escrevia Zé Dantas em sua música com Gonzaga, chamada Riacho do Navio. O ciclo das chuvas é essencial para o ciclo da vida. Todas as espécies de vida da caatinga – mais de 1200 só vegetais -, seus animais endêmicos e trazidos de fora, reagem à chegada das chuvas e a vida explode em sua

Apenas 7,5% da Caatinga está protegida em Unidades de Conservação (UCs)

  Bioma do semiárido nordestino é o mais sensível à interferência humana e às mudanças climáticas, alertam pesquisadores em conferência do BIOTA Educação (Eraldo Peres/MMA)   A Caatinga é considerada por especialistas o bioma brasileiro mais sensível à interferência humana e às mudanças climáticas globais. Apesar disso, apenas 7,5% de seu território está protegido em Unidades de Conservação (UCs) e apenas 1,4% dessas reservas são áreas de proteção integral. O alerta foi feito pelo

Bendita é entre as florestas: Caatinga, artigo de Cristiano Cardoso Gomes

  [EcoDebate] Quando se fala em florestas, a maioria das pessoas logo lembra a Amazônia, outras veem a memória a Mata Atlântica, alguns o Cerrado e um ou outro, se lembra da Caatinga. Não é raro questionar se a Caatinga é floresta ou mata. Não é difícil ver pessoas surpreendidas quando se diz que a Caatinga é uma floresta. A Caatinga é Mata sim. Inclusive na própria epistemologia do nome, quando os reais

A Caatinga é o bioma semiárido mais biodiverso do mundo. Entrevista com João Arthur Seyffarth

  Trata-se de um bioma adaptado às condições semiáridas e se localiza nos nove estados do Nordeste e no norte de Minas Gerais, ocupando 11% do território nacional Por: Thamiris Magalhães “A Caatinga é o bioma semiárido mais biodiverso do mundo, sendo extremamente distinto em espécies animais, vegetais, em paisagens e sob o ponto de vista genético”, frisa o biólogo João Arthur Seyffarth, em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line. E continua:

Top