EcoDebate: Índice da edição nº 3.231, de 28/06/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   A transição da fecundidade no Brasil e no mundo segundo as novas projeções da ONU, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A logística reversa e suas interdependências, artigo de Élcio Herbst Isenção fiscal de agrotóxicos: impactos para o meio ambiente, saúde e economia são tema de debate em audiência pública Poluição e Saúde: Má qualidade do ar aumenta risco de infartos e AVCs no inverno Sem uma visão sistêmica, a

A transição da fecundidade no Brasil e no mundo segundo as novas projeções da ONU, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

A transição da fecundidade no Brasil e no mundo [EcoDebate] A história da humanidade é a história da luta pela sobrevivência. Desde o surgimento do Homo Sapiens até o século XIX as taxas de mortalidade sempre foram altas, forçando as famílias a terem também altas taxas de fecundidade para garantir a sobrevivência da espécie. Contudo, as taxas de mortalidade começaram a cair com o avanço da produção de bens e serviços,

A logística reversa e suas interdependências, artigo de Élcio Herbst

  Logística Reversa [EcoDebate] A temática dos “resíduos sólidos” é complexa e exige uma visão sistêmica, abrangendo diferentes atores. A ausência de apenas um deles acaba por trazer prejuízos para toda a cadeia. Por esse prisma, a logística reversa também se apresenta com maior necessidade de interação de todos os envolvidos, seja o governo, indústria, comércio, fornecedor ou o consumidor final. E de pouco vale a implementação de um programa de logística reversa

Isenção fiscal de agrotóxicos: impactos para o meio ambiente, saúde e economia são tema de debate em audiência pública

    Apenas em 2018, o Brasil deixou de arrecadar pelo menos R$ 2,07 bilhões de reais com a isenção fiscal concedida aos agrotóxicos. Ao mesmo tempo, estudos mostram que cada dólar gasto com defensivos agrícolas gera um custo de até US$ 1,28 na saúde, somente para tratamento de casos de intoxicação. Desde a década de 80, foram notificados mais de um milhão de episódios de intoxicação por agrotóxicos no país. A exposição

Poluição e Saúde: Má qualidade do ar aumenta risco de infartos e AVCs no inverno

  No inverno, pessoas acima de 65 anos são mais suscetíveis a contrair doenças que podem gerar complicações Por Laura Alegre - Jornal da USP no Ar, Rádio USP Com a chegada do inverno, a exposição a baixas temperaturas pode representar riscos inclusive a indivíduos saudáveis. Se não estiverem bem agasalhados, há chances de o organismo entrar em hipotermia, condição em que não se consegue manter o próprio corpo aquecido. Para quem tem

Sem uma visão sistêmica, a urbanização das cidades se alastra como mancha de óleo

  Sem uma visão sistêmica, a urbanização das cidades se alastra como mancha de óleo. Entrevista especial com Angélica Alvim Por: João Vitor Santos | IHU Quando ocorre um vazamento de óleo, a viscosidade do líquido faz com que ele se alastre e vá sufocando tudo que encontra pela frente, seja na água, seja na terra. E, na área contaminada pelo óleo, a vida se estabelece de forma precária. Essa metáfora é ilustrativa

Apartheid climático: ‘Os ricos habitarão o norte mais frio. Os pobres, todos no calor’, alerta relator da ONU

  IHU   O mundo está galopando em direção a um cenário de “apartheid climático". Isso foi afirmado por um severo e preocupado relatório das Nações Unidas, apresentado nesta terça-feira pelo jurista australiano Philip G. Alston, relator especial da ONU sobre direitos humanos e pobreza extrema - que será formalmente discutido na próxima sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU em Genebra - os desequilíbrios causados pelo sobreaquecimento global recaem principalmente sobre os habitantes dos países mais pobres, enquanto os ricos poderão se permitir evitar

EcoDebate: Índice da edição nº 3.230, de 27/06/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Uma visão sobre agricultura familiar, saúde e meio ambiente, Parte 2/2 (Final), artigo de Roberto Naime Concentração fundiária e luta pela terra em Salto da Divisa, MG, artigo de Gilvander Moreira Uma onda de calor atinge a Europa com temperaturas que chegam a 40 graus Energia solar no deserto do Saara poderia suprir todo o consumo mundial Áreas de proteção ambiental de territórios indígenas da Amazônia estão ameaçadas por projetos

Uma visão sobre agricultura familiar, saúde e meio ambiente, Parte 2/2 (Final), artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] MOREIRA (2013) assevera que existem vários países da América Latina que têm programas de alimentação escolar, mas na maioria deles as ações públicas são pequenas ajudas, temporárias e com baixo conteúdo nutricional. Em poucos países, como Brasil, Panamá e Chile, as refeições são asseguradas durante todo o ano letivo e em caráter nacional. Mas nos dois últimos países mencionados, a alimentação não é para todos. No Chile todos os alunos desfrutam

Concentração fundiária e luta pela terra em Salto da Divisa, MG, artigo de Gilvander Moreira

Concentração fundiária e luta pela terra em Salto da Divisa, MG. Por Gilvander Moreira1 Conforme dados do Cadastro do INCRA2, a primeira e única fazenda desapropriada no município de Salto da Divisa na região do Baixo Jequitinhonha, MG, até agora foi a fazenda Monte Cristo, de 1348 hectares, que era de propriedade da Fundação Tinô da Cunha. Desapropria-se uma fazenda de uma Fundação que tem a missão de sustentar o único hospital

Uma onda de calor atinge a Europa com temperaturas que chegam a 40 graus

  Onda de calor na Europa provoca temperaturas recordes em junho Entre as áreas mais afetadas estão a Espanha, a França e países da Europa central. A massa de ar quente, procedente do Norte da África, provoca o calor. Apesar de ser verão, essas temperaturas são incomuns nesta época. A onda de calor atingiu fortemente, nessa quarta-feira (26), a Alemanha, a Polônia e a República Tcheca, que registraram temperaturas recordes para o mês

Energia solar no deserto do Saara poderia suprir todo o consumo mundial

Por Ruy Fontes - Redator O potencial elétrico da energia solar já permite a milhões de pessoas ao redor do globo gerarem a própria energia, mas um único projeto instalado no maior deserto do mundo poderia suprir todo o consumo mundial. É o que afirma o professor e PhD em matérias nucleares Mehran Moalem, em entrevista concedida para o site da revista americana Forbes, na qual calcula que apenas 1,2% do território

Áreas de proteção ambiental de territórios indígenas da Amazônia estão ameaçadas por projetos de desenvolvimento

    Iniciativas ferem as populações indígenas locais, ocasionando superlotação de áreas urbanas e aumento da pobreza Por Carolina Fioratti, Rádio USP Levantamento feito por pesquisadores de seis países mostra que 68% das áreas de proteção ambiental de territórios indígenas da Amazônia estão ameaçadas em razão de projetos de infraestrutura. Wagner Costa Ribeiro, professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, comenta os impactos sobre as populações locais e os

Compostos derivados de plantas exercem efeitos melhoradores na memória e ajudam a reduzir a ansiedade, revela estudo da Unifesp

    Pesquisa demonstra evidências inéditas de compostos ansiolíticos que não causam prejuízos na memória A rotina corrida e as pressões do dia a dia causam estresse, desgaste mental e comumente são causas para distúrbios de ansiedade e até mesmo lapsos de memória. Tais transtornos podem gerar um alto prejuízo social, profissional e também complicações nos relacionamentos interpessoais de forma geral. Diante dessa realidade, pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) estão descobrindo

EcoDebate: Índice da edição nº 3.229, de 26/06/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   O bônus demográfico no Brasil e no mundo segundo as novas projeções da ONU, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Redução da maioridade penal: um populismo que custa caro, artigo de André Szesz Em meados do século, a mudança climática aumentará a demanda por energia, mesmo com aquecimento moderado Bolsonaro, o ecocida; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp) Lei que proíbe sacolas plásticas descartáveis começa a valer

O bônus demográfico no Brasil e no mundo segundo as novas projeções da ONU, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] As transformações na dinâmica demográfica mundial foram espetaculares a partir do fim da Segunda Guerra, em meados do século passado. Primeiro caíram as taxas de mortalidade e depois as taxas de natalidade. Todos os países e regiões que passaram pela transição demográfica (TD) passaram também pela mudança da estrutura etária. No início da TD, quando as duas taxas estão altas, a pirâmide etária tem uma base larga e com

Redução da maioridade penal: um populismo que custa caro, artigo de André Szesz

[EcoDebate] De forma recorrente, o tema da maioridade penal ressurge nos debates públicos, seja com o renascimento de proposições de redução da idade mínima para a imputabilidade penal ou acompanhadas de promessas de redução das estatísticas de infrações praticadas por jovens. A mais nova proposição é a do senador Flávio Bolsonaro, que pretende reduzir a maioridade penal para 16 anos como regra geral e para 14 anos em casos de

Em meados do século, a mudança climática aumentará a demanda por energia, mesmo com aquecimento moderado

    O mundo depende da energia tanto para o bem-estar humano quanto para o desenvolvimento contínuo da sociedade. O uso de energia é, no entanto, também um dos sistemas humanos que é mais diretamente influenciado por mudanças no clima, o que torna crucial obter informações sobre os impactos das mudanças climáticas na demanda de energia. A maioria dos estudos anteriores explorou este tópico para um único país ou continente, ou para um

Bolsonaro, o ecocida; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp)

  JORNAL DA UNICAMP TEXTO LUIZ MARQUES FOTOS LEONOR CALASANS | IEA-USP EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA O mote Écrasons l’infâme, com o qual Voltaire assinava suas cartas, exprimia sua indignação contra o obscurantismo e o desprezo pela ciência. No Brasil de hoje, a infâmia chama-se Bolsonaro, agente de anomia social e, acima de tudo, um ecocida que está acelerando exponencialmente a trajetória de nossas sociedades em direção a um colapso socioambiental. É preciso que

Lei que proíbe sacolas plásticas descartáveis começa a valer no Rio de Janeiro

  Os supermercados do Rio de Janeiro estarão proibidos, a partir de hoje (26), de oferecer sacos ou sacolas plásticas descartáveis aos clientes. De acordo com a Lei Estadual nº 8.006/18, publicada no dia 25 de junho do ano passado, os estabelecimentos deverão oferecer sacolas confeccionadas com materiais recicláveis ou biodegradáveis. A determinação começa a valer nesta quarta-feira para grandes empresas. As pequenas e micro terão mais seis meses para se

Top