Índice da edição nº 2.904, 2018 [de 16/01/2018]

    Eclipse da homeostase, artigo de Roberto Naime Estratégias de Ocupação dos Espaços Rurais Urbanos e Periurbanos como forma de Sobrevivência Socioeconômica de Comunidades Agrícolas Municipais, artigo de João de Deus Barbosa Nascimento Júnior Pesquisadores identificam como as mudanças climáticas alteram o crescimento das plantas Desmatamento recorde em Terras Indígenas de Rondônia e Mato Grosso Benefícios econômicos gerados pela mineração não revertem em desenvolvimento humano Comissão Pastoral da Terra (CPT) registra 65 pessoas assassinadas em conflitos

Eclipse da homeostase, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Vânia Luisa Spressola reflete sobre uma discussão que atravessa as disciplinas desde os primeiros antropólogos evolucionistas, passando pelas tradições norte-americana e britânica, fica suspensa no estruturalismo e vai até ramificações recentes. As primeiras abordagens se preocupavam com as origens da cultura, mas sempre com perspectiva histórica. Já a tradição estrutural-funcionalista dos ingleses e sua correlata neo-funcionalista na antropologia ecológica subestimam as contribuições da história para a compreensão da cultura. Se

Estratégias de Ocupação dos Espaços Rurais Urbanos e Periurbanos como forma de Sobrevivência Socioeconômica de Comunidades Agrícolas Municipais, artigo de João de Deus Barbosa Nascimento Júnior

    [EcoDebate] Existe no mundo um triste fenômeno que atesta o fracasso da revolução verde e de seus métodos destruidores: segundo a ONU, mais de um bilhão de pessoas estão sem acesso à alimentação mínima necessária para garantir a segurança alimentar individual e de sua família, dos quais 800 milhões estão passando fome, literalmente falando, essa endemia é a penas o início de um ciclo que leva à morte pela desnutrição.

Pesquisadores identificam como as mudanças climáticas alteram o crescimento das plantas

  Martin-Luther-Universität Halle-Wittenberg* O aquecimento global afeta mais do que apenas a biodiversidade vegetal - ele também altera a forma como as plantas crescem. Uma equipe de pesquisadores da Universidade Martin Luther Halle-Wittenberg (MLU) uniu forças com o Leibniz Institute for Plant Biochemistry (IPB) para descobrir quais processos moleculares estão envolvidos no crescimento da planta. Na edição atual da revista de renome internacional Current Biology , o grupo apresenta as últimas descobertas

Desmatamento recorde em Terras Indígenas de Rondônia e Mato Grosso

      Monitoramento mostra desmate ilegal recorde no Corredor Indígena Tupi-Mondé Área equivalente a mais de 1,7 mil campos de futebol foi ilegalmente desmatada em Terras Indígenas entre Rondônia e Mato Grosso. Garimpo, pastagens e extração de madeira para venda lideram o ciclo de destruição. Os dados foram extraídos de uma plataforma internacional e gratuita de monitoramento. Tecnologia de ponta e colaboração coletiva na troca e checagem de informações são a base do aplicativo

Benefícios econômicos gerados pela mineração não revertem em desenvolvimento humano

Benefícios econômicos gerados pela mineração não revertem em desenvolvimento humano. Entrevista especial com Heloísa Pinna Bernardo IHU A expressão “maldição da mineração” refere-se a um fenômeno observado nos municípios onde ocorre este tipo de atividade. Uma parcela do efeito positivo que decorre do incremento da economia “é absorvida pelos efeitos negativos da atividade que seriam os impactos sobre o meio ambiente e sobre a saúde das pessoas”, além de geração de subempregos e má distribuição de renda. Nas regiões

Comissão Pastoral da Terra (CPT) registra 65 pessoas assassinadas em conflitos no campo em 2017

  A Comissão Pastoral da Terra – Regional Nordeste 2 divulga o balanço da questão agrária no Brasil em 2017. Confira a análise na íntegra: O ano de 2017 começou e terminou sangrento. O contexto vivido pelos povos da Terra, das Águas e das Florestas exigiu teimosia, resistência e questionamento sobre o papel do Estado e do modelo de desenvolvimento. Também foi preciso muita reflexão e mobilização para superar as formas viciadas e

Hepatite A: saiba como se pega o vírus, quais são os sintomas e tratamentos

  ABr     Neste verão, além da habitual preocupação com doenças como a dengue, a população do Rio de Janeiro foi surpreendida com um grande número de pessoas infectadas com o vírus da Hepatite A. Um surto, com concentração especial na comunidade do Vidigal, já registrou 92 casos notificados e 75 confirmados. Ao longo de 2017, em toda a capital, foram registrados 119 casos. A hepatite é uma inflamação aguda no fígado, que pode ser

Top