nº 2.353, 2015 [01/08/2015]

    O crescimento da população mundial até 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Produção de húmus, artigo de Roberto Naime Amazônia: agir com sabedoria é agir a favor da terra, artigo de Egydio Schwade População mundial vai crescer, mas a do Brasil estará menor em 2100, diz a ONU País já produz 2.989,2 megawatts médios de energia eólica, o suficiente para abastecer 13 milhões de pessoas Percentual de bioenergia utilizada pelo Brasil supera em cinco

O crescimento da população mundial até 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Divisão de População da ONU divulgou, em 29 de julho de 2015, a atualização dos cenários das projeções populacionais para todos os países e regiões. Na revisão de 2010, a população mundial chegaria a 9,3 bilhões de habitantes em 2050 e de 10,1 bilhões de habitantes em 2100. Na revisão de 2012, os números foram: 9,6 bilhões em 2050 e 10,9 bilhões de habitantes em 2100. Na revisão

Produção de húmus, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Segundo dados publicados no site da Associação Brasileira de Agricultura Orgânica, a produção de húmus a partir da vermicompostagem se profissionalizou, com mercado de anelídeos. Site do Diário do Comércio e Indústria estima movimentação de algumas centenas de milhões por ano. Não é apenas na produção de substratos vegetais, mas também no uso para recuperação de áreas de diversas naturezas, e para recomposição física de solos vulnerabilizados por atividades de

Amazônia: agir com sabedoria é agir a favor da terra, artigo de Egydio Schwade

floresta amazônica

    Cada gesto que fazemos em direção à mãe-terra desencadeia um processo de conseqüências boas ou más sobre a vida no Planeta. Quando este gesto ou investimento é correto desencadeia um processo de conseqüências a favor da vida, alcançando o objetivo da ação e outros no seu caminho. Em uma estrada com declive a água das chuvas prejudica não apenas a estrada, mas causa erosão e assoreamento em todo o seu caminho

População mundial vai crescer, mas a do Brasil estará menor em 2100, diz a ONU

    A população mundial vai aumentar de 7,3 bilhões de em 2015 para 11,2 bilhões, em 2100, mas no Brasil diminuirá de 207 milhões atualmente para 200 milhões em 2.100, de acordo com o relatório Perspectivas da População Mundial, divulgado no dia 29/7 pela Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com o relatório, o encolhimento da população brasileira não ocorrerá de imediato: em 2050, o Brasil deverá ter 238 milhões de habitantes,

País já produz 2.989,2 megawatts médios de energia eólica, o suficiente para abastecer 13 milhões de pessoas

  O Brasil bateu recorde na produção diária de energia eólica. Segundo dados do Ministério de Minas e Energia, em apenas um dia (20 de julho), foram produzidos 2.989,2 megawatts médios (MWmed) de energia gerada pela força dos ventos. A energia é suficiente para o abastecimentos de cerca de 13 milhões de pessoas, levando-se em conta o consumo de energia elétrica residencial de 166 KWh/mês. O Nordeste, líder em produção de energia

Percentual de bioenergia utilizada pelo Brasil supera em cinco vezes países da OCDE

  Participação da bioenergia – etanol e biodiesel – no sistema de transportes brasileiro em 2014 atingiu 17,6%   O Brasil é um dos países que mais utiliza fontes renováveis de energia no mundo. Um exemplo disso é a participação da bioenergia (etanol e biodiesel) no sistema de transportes brasileiro em 2014, que atingiu 17,6%. O percentual é cinco vezes superior ao verificado nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico

Projeto na Câmara anula portaria que define 475 espécies aquáticas ameaçadas de extinção

Para o deputado, ao impor restrições ao exercício da atividade pesqueira, o MMA vai além das competências a ele atribuídas. Proposta em análise na Câmara dos Deputados anula a portaria do Ministério do Meio Ambiente (MMA – 445/14) que reconhece como ameaçadas de extinção as espécies de peixes e invertebrados que integram a ‘Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção – Peixes e Invertebrados Aquáticos’. A portaria proíbe

Produtores rurais que fizerem reposição florestal podem receber incentivos fiscais e creditícios

  Projeto de lei em discussão na Câmara (PL1465/15) propõe a redução do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), do Imposto de Renda, de juros e de encargos financeiros incidentes sobre as operações de crédito rural para aqueles produtores que adotarem ações ambientais.   Pela proposta, a recuperação da cobertura florestal pode ocorrer com o plantio de espécies nativas ou não, mesmo nas áreas de preservação permanente (APP) e de reserva legal

SP: Justiça Federal barra instalação de novas hidrelétricas no Rio Pardo

Empresas conseguiram licenciamento com estudos insuficientes sobre impacto ambiental; empreendimentos poderiam causar assoreamento do rio e perda de biodiversidade na região A Justiça Federal suspendeu licenças prévias e de instalação de duas usinas hidrelétricas no Rio Pardo, no oeste paulista, e proibiu que novas autorizações ambientais sejam concedidas para a construção de unidades de geração de energia no curso d'água. A decisão liminar atende a pedidos do Ministério Público Federal em

Pais influenciam mais o desempenho dos alunos do que a infraestrutura da escola, diz Unesco

    O envolvimento dos pais e o nível socioeconômico das famílias têm maior influência no desempenho dos estudantes do ensino fundamental no Brasil do que a infraestrutura das escolas e o fato de os estabelecimentos estarem localizadas no campo ou na cidade. É o que mostra o Terceiro Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Terce), lançado ontem (30) pelo Escritório Regional de Educação da Unesco para a América Latina e o Caribe. O

Top