Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.162, de 29/09/2014

    'Em nome de', artigo de Montserrat Martins Justiça Federal concede liminar contra a Casan por poluição da praia de Canasvieiras, em Florianópolis Agropecuária é responsável por 90% do desmatamento ilegal no Brasil Denúncia: Relatório recomenda remover aldeias e alagar área indígena para construir usinas no Tapajós Preservação dos oceanos é crucial para a segurança alimentar e a economia mundial PEC do Cerrado: uma tentativa de corrigir a omissão com

‘Em nome de’, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] O Brasil perde mais vidas humanas que países em guerra: 50 mil homicídios por ano, o maior número de mortes em números absolutos em todo o mundo. Quase 600 mil presos dos quais cerca de 70% até 29 anos de idade, quase meio milhão de jovens em presídios. Se é que mais de 30 milhões de brasileiros foram tirados mesmo da “linha da miséria” e incorporados socioeconomicamente à sociedade,

Justiça Federal concede liminar contra a Casan por poluição da praia de Canasvieiras, em Florianópolis

    Companhia tem 60 dias para adotar providências na praia de Canasvieiras e evitar multa de R$ 1 milhão A Justiça Federal concedeu liminar favorável para obter providências da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), cuja ETE (estação de tratamento de esgotos) vem causando poluição e deixando trechos da praia de Canasvieiras, no Norte da Ilha, contaminados e impróprios para banho. A decisão diz respeito ao pedido em ação civil pública do

Agropecuária é responsável por 90% do desmatamento ilegal no Brasil

  Derrubada irregular dá lugar ao gado e à soja. Grande parte dos produtos é destinada à exportação para Rússia, China, EUA e União Europeia, revela estudo. Entre 2000 e 2012, a agropecuária foi responsável por metade do desmatamento ilegal nos países tropicais. No Brasil, até 90% da derrubada ilegal da floresta neste período ocorreu para dar lugar ao gado e à soja. Os números fazem parte de um estudo

Denúncia: Relatório recomenda remover aldeias e alagar área indígena para construir usinas no Tapajós

  Por Felipe Milanez, no CIMI O Ministério de Minas e Energia adiou, no último dia 17, o leilão da Usina Hidrelétrica São Luiz do Tapajós, no Pará, alegando a necessidade de adequar estudos indígenas. Era o mínimo a ser feito, tendo em vista que, desde a construção da Usina Hidrelétrica de Balbina, em Presidente Figueiredo (AM), um projeto tão violento e ilegal contra os índios e, portanto, contra a sociedade brasileira,

Preservação dos oceanos é crucial para a segurança alimentar e a economia mundial

  Pescador na Tanzânia. Foto:ONU/M. Grant Melhorar a gestão dos recursos oceânicos do planeta é crucial para garantir a segurança alimentar global, afirmou o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, durante mesa-redonda com o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, realizada na quinta-feira (25), em Nova York. O evento, “Nosso Oceano: Próximos Passos sobre Pesca Sustentável e Áreas Marinhas Protegidas”, foi organizado como

PEC do Cerrado: uma tentativa de corrigir a omissão com os biomas brasileiros. Entrevista com Mauro Pires

  “Não é razoável que uma matéria dessa importância fique mais de 20 anos sem tramitação no Congresso Nacional”, adverte o sociólogo.  Foto: i1.r7.com A PEC do Cerrado, que tramita no Congresso há quase 20 anos, “procura sanar uma grave omissão do texto Constitucional de 1988” em relação à preservação dos biomas brasileiros, diz Mauro Pires, em entrevista por e-mail à IHU On-Line. Segundo ele, quando a Constituição foi elaborada, “a Amazônia estava literalmente em

MS: governo do Estado não cumpriu decisão judicial sobre terras indígenas

    Para MPF, o estado foi omisso ao deixar de honrar compromisso O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul não cumpriu decisões judiciais prolatadas, a pedido do Ministério Público Federal no estado (MPF/MS), que determinam a apresentação de documentos comprobatórios da cessão de área da União. Na área em questão houve a construção e posterior duplicação da rodovia MS-156, entre os municípios de Dourados e Itaporã. Na área, vivem indígenas

Governo reconhece 17 métodos alternativos ao uso de animais em pesquisas

    Resolução do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação publicada na quinta-feira (25) no Diário Oficial da União reconhece 17 métodos alternativos ao uso de animais em atividades de pesquisa no Brasil. O texto cita métodos alternativos validados por centros internacionais que tenham por finalidade a redução e a substituição do uso de animais em atividades de pesquisa, além de procedimentos mais refinados. Ainda segundo a pasta, todos os 17 métodos têm

As contradições estão aí para todos, artigo de Moysés Pinto Neto

    Infelizmente as eleições privilegiam o enfoque maniqueísta da política. A identificação inibe o debate, as bandeiras sobrepujam o pensamento e o fanatismo transforma-se em autoritarismo das certezas prontas, dos dogmas intocáveis, sem falar na agressividade das intervenções contra quem tem uma visão distinta da sua. Tenho observado excelentes teóricos que hoje em dia percebo somente como isso: excelentes teóricos, sem capacidade de se posicionar com a mínima racionalidade a fim

Uso de medicamento para deficit de atenção cresceu 775% em 10 anos

    Um projeto de lei obriga o governo a manter um programa de acompanhamento integral do TDAH para estudantes do ensino básico da rede pública e privada. Cada vez mais comum no Brasil, o transtorno do Deficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) costuma causar problemas no convívio social e familiar, e muitas vezes atrapalha o desempenho na escola. Em geral, aparece na infância - afeta de 3% a 5% das crianças. Nos últimos

Top