MPF recomenda órgãos ambientais a combater extração ilegal de madeira na Amazônia Legal

    Principal medida requerida é a fiscalização nos locais onde a vegetação é suprimida O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou, na última semana, recomendação aos órgãos ambientais responsáveis pela expedição de autorização para exploração em planos de manejo na Amazônia Legal. O objetivo é combater extração ilegal de madeira na região. Segundo o MPF, indícios encontrados durante as apurações do Inquérito Civil Público nº 1.00.000.003670/2013-55, em tramitação na Procuradoria da República no Distrito

MPF/DF fixa prazo de 180 dias para Anvisa concluir sobre riscos do herbicida 2,4-D

    CTNBio deve aguardar reavaliação toxicológica da agência para decidir sobre a liberação comercial de sementes transgênicas resistentes ao agrotóxico O Ministério Público Federal no DF (MPF/DF) recomendou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que conclua, em até 180 dias, a reavaliação toxicológica do herbicida 2,4-D, utilizado para combater ervas daninhas de folha larga. Recomendou, ainda, à Comissão Técnica Nacional de Biodiversidade (CTNBio), que adie, pelo mesmo prazo, qualquer decisão sobre

Políticas de curto prazo para eficiência energética, artigo de Rodrigo Aguiar

    [Correio Braziliense] As alterações no clima do planeta são concretas e o grande responsável pelo cenário é o setor de energia no mundo, por meio das emissões de gases do efeito estufa (GEE). As consequências vão de panoramas catastróficos a moderados, com perturbações que afetam e afetarão muito a vida do planeta. No Brasil, segundo especialistas, comprometerão sobretudo a agricultura, a saúde, a habitação, a economia e a segurança energética. As

Mapa interativo online mostra evolução de desmatamento no mundo

  Estudo na revista 'Science' foi feito a partir de dados gerados por nova ferramenta   Um novo mapa de alta resolução das florestas – online e interativo – foi criado com ajuda do site Google Earth. A ferramenta online Clique está disponível gratuitamente na internet e permite uma aproximação detalhada de até 30 metros. O mapa online coleta dados desde 2000, o que significa que é possível verificar como a cobertura florestal mudou

‘2013 é o pior ano da Reforma Agrária’, diz João Paulo Rodrigues, da coordenação nacional do MST

    Por Luiz Felipe Albuquerque Da Página do MST O ano de 2013 não deixará saudades aos Sem Terra de todo o país. No que tange a luta pela terra, o balanço é positivo, já que as mobilizações, marchas e ocupações de terras e prédios públicos aconteceram praticamente durante o ano inteiro. Mas no que se remete à política de Reforma Agrária, quase nada se fez, sendo que em muitos casos o governo teve

Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.984, de 23/12/2013

    Viva o Rio! artigo de Montserrat Martins Um ser existencial: do Infinito para o Infinito, artigo de Gilmar Passos União cede 2 mil hectares de terras para uso de comunidades tradicionais em MG Uso das reservas extrativistas divide opiniões de acrianos Projetos de carbono no Acre ameaçam direito à terra Municípios em áreas de desmatamento na Amazônia sofrem mais com a violência, diz Ipea Ministério Público Federal quer sistema de

Viva o Rio! artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] “Ouçam o que eu estou falando, o Rio Tietê ainda receberá uma Olimpíada. É um rio limpo e cristalino que hoje orgulha os paulistanos e brasileiros” – assim começa o artigo “Rio”, de Fábio Porchat, no Estadão. Seguido de algumas explicações: “São alguns pontos que recebem o despejo de esgoto ilegal, mas que a prefeitura e o governo já estão tomando as medidas legais para sanar esse tipo de

Um ser existencial: do Infinito para o Infinito, artigo de Gilmar Passos

    [EcoDebate] Considerando que antes da vida, habitávamos o Infinito e o universo era um imenso caos, e sabendo que o espaço físico o qual habitamos atualmente, era um grande caos somos levados a crer que não estamos aqui por acaso. O ser humano não é fruto do acaso, não está aqui para se findar no nada ou viver no caos, na desordem. O ser humano existe para algo, para alguma coisa.

União cede 2 mil hectares de terras para uso de comunidades tradicionais em MG

    Termo de Autorização de Uso Sustentável é o primeiro já firmado em Minas Gerais e concede direito de uso coletivo a 30 famílias de vazanteiros e pescadores artesanais A Secretaria de Patrimônio da União (SPU), por meio de seu superintendente em Minas Gerais, assinou nesta sexta-feira, 19 de dezembro, um Termo de Autorização de Uso Sustentável (TAUS) em favor da Associação dos Vazanteiros e Pescadores Artesanais da Ilha da Capivara e

Uso das reservas extrativistas divide opiniões de acrianos

    Vinte e cinco anos depois do assassinato de Chico Mendes, as reservas extrativistas idealizadas por ele são um diferencial de áreas preservadas em meio a desmatamentos e longos pastos para a criação de gado. O modo de vida nesses locais não mudou muito: a simplicidade é a característica mais marcante. Inspiradas no modelo das terras indígenas, que pertencem a União, as reservas extrativistas têm o objetivo de manter a floresta em

Projetos de carbono no Acre ameaçam direito à terra

  Famílias de seringais nos rio Purus e Valparaiso sofrem restrições no manejo tradicional de agricultura para que latifundiários vendam créditos de carbono Por Verena Glass*, da Agência de Notícias Repórter Brasil. Bacia dos rios Purus e Juruá – Uma das principais bandeiras da luta de Chico Mendes, a consolidação do direito dos seringueiros do Acre a seus territórios, continua sendo uma questão espinhosa 25 anos após a sua morte, completados neste domingo

Municípios em áreas de desmatamento na Amazônia sofrem mais com a violência, diz Ipea

    Um estudo publicado na sexta-feira (20) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) concluiu que os municípios localizados em áreas de desmatamento da Amazônia sofrem mais com a violência do que outras cidades com o mesmo tamanho e importância econômica. Segundo a pesquisa, a média da taxa de homicídios nos 46 municípios que mais desmatavam em 2010 era 48,8 por 100 mil habitantes naquele ano. A taxa é quase o

Ministério Público Federal quer sistema de alerta nacional para emergências climáticas

    Chuvas fortes, inundações, tempestades e outras catástrofes climáticas que afetam a vida de milhares de pessoas devem ser avisadas rapidamente à população com apoio de meios de comunicação como redes de telefonia móvel, rádios e televisão. A recomendação foi expedida pelo Ministério Público Federal (MPF) aos ministérios das Comunicações e da Integração Nacional e ainda à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O objetivo da recomendação é regulamentar o sistema nacional de

Eventos extremos do clima: Decisões urgentes que nos faltam, artigo de Washington Novaes

  Enchente em Manaus, 16/05/2012. Foto ABr   [O Estado de S.Paulo] Na semana passada, grande parte da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, Baixada Fluminense e região serrana voltou a ser atingida pelas chuvas muito intensas, que desalojaram milhares de pessoas e mataram algumas. E, depois de dois anos de seca, há uns dez dias a água de uma chuva de 130 milímetros - volume usual na região para um

Fraturamento hidráulico (fracking): como é viver próximo a poços de gás de xisto

    Náuseas, dores de cabeça e hemorragias nasais, cheiros químicos desagradáveis, barulhos de perfuração constantes, os preços dos imóveis caindo – seja bem-vindo a Ponder, no Texas, onde o método conhecido como “fracking”, fraturamento hidráulico, tomou conta da cidade. Tendo o primeiro ministro britânico anunciado, na semana passada, incentivos fiscais para empresas de perfuração, poderá o Reino Unido estar enfrentando os mesmos problemas? A reportagem é de Suzanne Goldenberg, publicada no jornal

Tema em debate: Viver mais é uma benção ou uma maldição?

  Terceira idade. Foto: Marcos Santos/USP Imagens     A proporção de jovens e idosos está mudando dramaticamente; a razão é simples, ao menos no mundo desenvolvido: temos cada vez menos filhos e vivemos cada vez mais. Entrevista publicada no The New York Times e reproduzida pelo UOL Notícias. À medida que a expectativa de vida aumenta e a taxa de natalidade cai, as populações cada vez mais velhas colocam em cheque noções e políticas

Fogos de artifício: 10 recomendações ARCA Brasil para minimizar o sofrimento dos animais domésticos

  Fogos de artifício. Foto de Wilson Dias/ABr   1. Coloque coleira e plaqueta de identificação (RGA) com o número do seu telefone (residência e celular). Esse pode ser o ‘bilhete de volta pra casa’ no caso de fugas. A coleira do gato deve ser elástica, para evitar enforcamentos ao se prender a galhos ou outro objeto. O microchip é uma identificação perfeita e definitiva, mas não elimina o uso da plaqueta. 2. Verifique

Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.983, de 20/12/2013

    O Pico do Petróleo e o aumento do Preço dos Alimentos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A paternidade suposta, artigo de Valdeci Pedro da Silva Marajó - mundo de águas, açaizais e escravidão, por Rogério Almeida Comunidades Quilombolas e biodiversidade no maranhão, por Mayron Régis Justiça Federal rejeita pedido de inconstitucionalidade de regulamentação de terras quilombolas Relatório Final da Pesquisa 'O Censo Quilombola' e relatórios específicos dos Quilombos de

O Pico do Petróleo e o aumento do Preço dos Alimentos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “A eficiência energética do petróleo é, até hoje, inigualável: três colheres contêm o equivalente à energia média de oito horas de trabalho humano. O crescimento demográfico e econômico do século 20 teria sido impossível sem esse escravo barato” (Ricardo Abramovay, 11/06/2011)     [EcoDebate] Existe uma alta correlação entre o preço do petróleo e o preço da comida. Quando o preço da energia sobe, em geral, aumenta também o preço dos alimentos. Ao longo do século XX

A paternidade suposta, artigo de Valdeci Pedro da Silva

    Historicamente, a paternidade foi, para o homem, uma hipótese, com grau de certeza variável conforme diversos fatores: época, localidade, etc. Mesmo assim, devido a impossibilidade, até as últimas décadas do século XX, de comprovar cientificamente a paternidade, a Lei se mantém, até agora, seguindo os costumes tradicionais: considerando pai biológico de filho gerado, o homem que esteja casado e coabitando com uma mulher que gerou o filho, ou, simplesmente, coabitando

Top